Mão Morta: Rússia aperfeiçoa a arma que garante o apocalipse

A Rússia está a aperfeiçoar o sistema de defesa apocalíptico ‘Mão Morta’, que em caso de uma Guerra Termonuclear Global consegue disparar automaticamente todas as armas nucleares russas de uma só vez – mesmo que não haja ninguém para carregar no botão vermelho.

Segundo o jornal britânico Daily Star, a Rússia está a aperfeiçoar a “arma do apocalipse”, um sistema de defesa que garante que caso seja atacada e destruída por um ataque nuclear, os seus inimigos não ficam vivos para contar.

O sistema Perimetr, conhecido no Ocidente como Mertvaya Ruka, “Mão Morta” em russo, é um sistema automatizado de controle de uma resposta massiva a um golpe nuclear, elaborado na União Soviética durante a Guerra Fria como último recurso para se defender de um agressor.

Em entrevista ao jornal britânico, o especialista em desarmamento Bruce Blair explica que o sistema não só ainda funciona, mas que até está a ser aperfeiçoado, e que será capaz de garantir a destruição total de qualquer inimigo da Rússia que lance um ataque.

O sistema, que estará baseado num bunker subterrâneo próximo de Moscovo, foi pensado para assegurar que a Rússia tem capacidade de resposta mesmo que a sua hierarquia militar tenha sido destruída por um primeiro ataque nuclear dos Estados Unidos.

O Mertvaya Ruka funciona com sensores que detectam detonações nucleares nas proximidades da Rússia e identificam que a cadeia de comando militar russa foi eliminada. Então o sistema assume o comando e lança um míssil que atravessa o país, enviando um sinal que activa todos as ogivas nucleares russas e ordena o lançamento dos mísseis.

Contudo, apesar de a ideia de um sistema de defesa que garante a destruição do planeta ser assustadora, para o especialista em desarmamento o Perimetr na realidade contribui para a redução do risco de uma guerra nuclear, sendo “um meio acessível e ético de prevenir uma guerra nuclear”.

A 1 de março deste ano, o presidente russo Vladimir Putin anunciou um leque de novas armas invencíveis que a Rússia começou a produzir recentemente, incluindo novas armas hipersónicas, mas detalhou que o país apenas pondera um dia usar armas nucleares como medida de retaliação.

“A existência da Mão Morta significa que o Ocidente vai pensar duas vezes se quiser usar armas nucleares” contra a Rússia, diz Blair. Mas o especialista considera que o aperfeiçoamento do sistema surge principalmente para evitar um golpe americano de “decapitação” da liderança da Rússia.

Blair realça que o maior problema é que se o Perimetr for vulnerável a ciberataques, vai representar uma nova ameaça à segurança mundial – que cai fora do controle de qualquer governo.

E atendendo a que já só faltam 2 minutos para o fim do mundo, resta saber se o aperfeiçoamento da arma russa vai adiantar ou atrasar o famoso Relógio do Apocalipse.

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. A enorme ignorância dos dos humanos em geral, leva-os a pensar, que têm o poder, se quiserem, de destruir o Planeta, no sentido de destruir toda a vida humano, nele existente. O ser humano, não foi “Creado” pelo ser humano, nem foi o ser humano, que se auto-creou no Planeta terra. Os planos divinos para o nosso planeta, são extraordinários, e nada, actualmente,fará com que esse plano Divino não seja concretizado. Os “Arquitectos” destes plano, não permitirão, que uma só arma nuclear, seja disparada, abortando-a logo na origem. O mesmo acontecerá, com qualquer avião de combate, que levante, com o intuito de disparar qualquer tipo de arma nuclear. DISSO, PODERÃO TER A CERTEZA.

    • Eh lá!… deve estar enganado; isto não é a IURD!…
      Não brinque com coisas sérias!!
      Se os desgraçados da Síria (ou de todas as guerras até agora) estivessem à espera do “plano divino” estavam bem servidos!…
      E, caso tenha estado “invernado” nos últimos 70 anos, fica a saber já foram disparadas armas nucleares sobre Hiroshima e Nagasaki onde fizeram mais de 200 mil mortos!!
      Realmente foi um “pano divino extraordinário”, não haja duvidas!…

  2. A Russia na sua história recente já foi invadida resultando daí milhões de mortes da sua população, e perdas irreparáveis tanto a nível demográfico como economico, e como a história se repete, os inimigos nazis da Nãe Russia sabem que a Russia nunca se encontrará desarmada…talvez o grande erro dos inimigos da Russia se tenham esquecido desse pormenor..

  3. Antes era todos os dias na informação COREIA DO NORTE !!
    agora é a RÚSSIA !!
    tem que haver informação se não – não há dinheiro para viver !!

RESPONDER

Esta é a cidade com mais Alzheimer do mundo (e a culpa é de uma estranha mutação genética)

Na Colômbia, os habitantes da cidade de Yarumal parecem estar condenados a uma maldição que os faz esquecerem-se da sua vida, morrendo pouco tempo depois do início dos sintomas. Milhares de pessoas, pertencentes a apenas 25 …

Idosa de 93 anos recuperou de Covid-19 (e há 6 crianças em estado grave no Dona Estefânia)

Uma mulher de 93 anos que esteve internada em Lisboa, com Covid-19, recuperou da infecção ao cabo de 11 dias. Enquanto isso, há seis crianças com idades entre 4 meses e 17 anos que estão …

"Grande erro" da Europa é não usar máscaras, considera especialista chinês

George Gao, diretor dos Centros de Controlo e Proteção de Doenças da China (CDC), considera que o "grande erro" da Europa no combate à pandemia de covid-19 é o facto de as pessoas não usarem …

Obama critica Trump. "Cada um de nós deve exigir mais dos nossos líderes"

O ex-Presidente norte-americano, Barack Obama, considerou esta terça-feira que o seu sucessor, Donald Trump, ignorou os avisos sobre os riscos de uma pandemia do novo coronavírus, e recordou o mesmo comportamento quanto às alterações climáticas, …

Covid-19. Hotel cinco estrelas na Austrália vai acolher sem-abrigo

A Austrália vai levar a cabo um projeto piloto que visa retirar das ruas alguns sem-abrigo e transferi-los para hotéis de luxo, protegendo-os assim do novo coronavírus oriundo da China (Covid-19).  O projeto, Hotels With Heart, …

Red Bull equacionou infeção voluntária dos seus pilotos

Um responsável da Red Bull admitiu que propôs aos pilotos da marca austríaca, que participa no Mundial de Fórmula 1, uma estratégia de infeção voluntária de covid-19, visando ficarem imunes no início da temporada. Helmut Marko …

TAP avança com lay-off para 90% dos trabalhadores (e reduz atividade para cinco voos semanais)

Numa mensagem enviada aos seus funcionários, a TAP revelou que vai mesmo avançar com um processo de 'lay-off' para 90% dos trabalhadores e com a redução do período normal de trabalho em 20% para os …

Estado vai devolver 3 mil milhões em reembolsos do IRS

O Estado vai devolver 3 mil milhões de euros aos contribuintes em reembolsos do IRS, cuja entrega arranca esta quarta-feira e se estende até 30 de junho. A informação foi avançada pelo ministro de Estado, …

Há quatro infetados no sistema prisional. Estão todos em isolamento domiciliário

O Ministério da Justiça revelou esta terça-feira que aumentou para quatro o número de infetados com covid-19 no sistema prisional e que estão todos em isolamento domiciliário segundo indicação da saúde pública. Em comunicado, o Ministério …

Sousa Cintra diz que Rafael Leão "não ficou no Sporting porque foi apertado"

Sousa Cintra, ex-líder da SAD do Sporting no tempo da Comissão de Gestão, lamenta a rescisão do jogador Rafael Leão, considerando que "ele não continuou porque foi apertado". O jovem jogador foi, recentemente, condenado a …