Puigdemont não quer Catalunha no “clube de países decadentes”

Olivier Hoslet / EPA

O ex-presidente do governo da Catalunha, Carles Puigdemont

Carles Puigdemont, presidente destituído da Generalitat, defende outro referendo na Catalunha, desta vez para catalães decidirem se querem ligação ao “clube de países decadentes”, que é a União Europeia.

Nas sondagens, a lista de Puigdemont, a Junts per Catalunya, surge em quarto lugar nas intenções de votos da população catalã. No mesmo dia, o ex-presidente volta a atacar Madrid e desta vez também União Europeia.

Em entrevista a Henrique Cymerman, jornalista luso-israelita, para o canal Kan 11, replicada pelo La Vanguardia, Puigdemont referiu-se à União Europeia como um “clube de países decadentes, obsolescentes, no qual poucos ordenam, ainda por cima com ligações a interesses económicos cada vez mais discutíveis”.

A UE “do senhor Juncker e do senhor Tajani” é “tão insensível ao atropelo dos direitos humanos, dos direitos democráticos de uma parte do território só porque uma direita pós-franquista tem interesse que seja assim”, considerou.

Carles Puigdemont considerou-se europeísta e a favor da moeda única, mas diz-se de tal modo agastado com Bruxelas que defende a auscultação dos catalães no que toca à possível saída do espaço político comum.

“Os espanhóis e os europeus continuam a dizer que estaremos fora da UE, mas quem deve tomar essa decisão são os cidadãos da Catalunha, tal como os outros cidadãos da Europa deveriam tomá-la livremente. Vamos ver o que as pessoas da Catalunha dizem“.

A declaração unilateral de independência, que proclamou no dia 27 de outubro, afinal, “não é a única solução”: “Talvez possa ser um Estado que tenha uma relação confederal, federal, associado a Espanha ou independente”.

Explica que “não teve outra opção” porque, lamenta, o governo central recusou-se a reconhecer o problema catalão criado em 2010 com o veto do novo estatuto autonómico pelo Tribunal Constitucional, a pedido do Partido Popular de Mariano Rajoy. “Não é aceitável que se negue o problema”.

Sobre os desenvolvimentos da consulta popular sobre a independência da região, o nacionalista revelou que a sua família tem recebido ameaças de morte.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. alem de traidor á constituiçao que jurou defender quando foi eleito…… tornou se num arrogante , convencido cheio de superioridade esquecendo se que apenas com aliança de um partido minoritario de arruaceiros e extremistas o levou ao poder , conspirando contra o antigo presidente artur mas.
    este traidor arrogante é um foragido da lei…e so a uniao europeia que ele insulta lhe permite ainda continuar a dizer disparates. para quando um baixo assinado ao parlamento europeu para a prisao efetiva deste terrorista tao prejudicial a toda a europa como ate a propria espanha?

RESPONDER

Trabalhadores remotos estão a encher pequenas cidades (que agora têm os problemas das grandes)

A pandemia de covid-19 está a levar a um novo fenómeno: a migração para "comunidades de passagem" - pequenas cidades próximas a grandes terras e estações de esqui - à medida que mais pessoas começam …

EUA vão retirar Sudão da "lista negra" de países apoiantes do terrorismo

O Sudão vai ser retirado da lista de países apoiantes do terrorismo, anunciou na segunda-feira o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, numa medida que permitirá ao país africano voltar a ter acesso a …

Trump testou positivo à covid-19 e Fauci não ficou nada surpreendido

Anthony Fauci, o principal especialista norte-americano em doenças infeciosas, revelou esta semana que não ficou nada surpreendido com o facto de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter testado positivo à covid-19.  Em entrevista ao …

Benfica castigado com um jogo de interdição da Luz

O Benfica foi punido com um jogo de interdição do Estádio da Luz e uma multa de 10.200 euros pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), por apoio a claques não …

Homem muda a matrícula do carro para ficar "invisível", mas acaba com multas pendentes de 12 mil dólares

Um especialista em segurança cibernética norte-americano, conhecido como Droogie, trocou a matrícula do seu carro e pôs em prática um plano para tentar tornar o veículo indetetável nos leitores de matrículas e sistemas de bilhetes. …

Fenprof diz que já são mais de 330 as escolas com casos positivos

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou que já são mais de 330 as escolas em que confirmou existirem casos de covid-19 e acusou o Ministério da Educação de “esconder informação” solicitada a este propósito. Os …

Boeing 737 Max novamente seguro para voar, diz regulador europeu

O 737 Max da Boeing, avião suspenso desde março de 2019 devido a dois acidentes que resultaram na morte de 346 pessoas, é novamente seguro para voar, afirmou o diretor executivo da Agência Europeia para …

Nenhum deputado quis fazer o parecer sobre lei da Stayaway Covid

A comissão de Assuntos Constitucionais viveu esta terça-feira momentos de boa disposição quando nenhum deputado se voluntariou para fazer um parecer sobre a proposta de lei do Governo para tornar obrigatória a aplicação Stayaway Covid. Apesar …

Instagram investigado na Irlanda pela gestão de dados dos utilizadores menores de idade

A comissão que regula a proteção de dados irlandesa abriu em setembro dois inquéritos à rede social Instagram, com base na gestão de dados dos utilizadores menores de idade daquela rede social. A Comissão de Proteção …

PCP vai votar contra proposta de referendo sobre a eutanásia

O PCP vai votar contra a proposta de referendo sobre a eutanásia na Assembleia da República, na sexta-feira, disse à agência Lusa fonte dos comunistas. Tradicionalmente, o PCP, que é contra a morte medicamente assistida, tem …