Puigdemont não quer Catalunha no “clube de países decadentes”

Olivier Hoslet / EPA

O ex-presidente do governo da Catalunha, Carles Puigdemont

Carles Puigdemont, presidente destituído da Generalitat, defende outro referendo na Catalunha, desta vez para catalães decidirem se querem ligação ao “clube de países decadentes”, que é a União Europeia.

Nas sondagens, a lista de Puigdemont, a Junts per Catalunya, surge em quarto lugar nas intenções de votos da população catalã. No mesmo dia, o ex-presidente volta a atacar Madrid e desta vez também União Europeia.

Em entrevista a Henrique Cymerman, jornalista luso-israelita, para o canal Kan 11, replicada pelo La Vanguardia, Puigdemont referiu-se à União Europeia como um “clube de países decadentes, obsolescentes, no qual poucos ordenam, ainda por cima com ligações a interesses económicos cada vez mais discutíveis”.

A UE “do senhor Juncker e do senhor Tajani” é “tão insensível ao atropelo dos direitos humanos, dos direitos democráticos de uma parte do território só porque uma direita pós-franquista tem interesse que seja assim”, considerou.

Carles Puigdemont considerou-se europeísta e a favor da moeda única, mas diz-se de tal modo agastado com Bruxelas que defende a auscultação dos catalães no que toca à possível saída do espaço político comum.

“Os espanhóis e os europeus continuam a dizer que estaremos fora da UE, mas quem deve tomar essa decisão são os cidadãos da Catalunha, tal como os outros cidadãos da Europa deveriam tomá-la livremente. Vamos ver o que as pessoas da Catalunha dizem“.

A declaração unilateral de independência, que proclamou no dia 27 de outubro, afinal, “não é a única solução”: “Talvez possa ser um Estado que tenha uma relação confederal, federal, associado a Espanha ou independente”.

Explica que “não teve outra opção” porque, lamenta, o governo central recusou-se a reconhecer o problema catalão criado em 2010 com o veto do novo estatuto autonómico pelo Tribunal Constitucional, a pedido do Partido Popular de Mariano Rajoy. “Não é aceitável que se negue o problema”.

Sobre os desenvolvimentos da consulta popular sobre a independência da região, o nacionalista revelou que a sua família tem recebido ameaças de morte.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. alem de traidor á constituiçao que jurou defender quando foi eleito…… tornou se num arrogante , convencido cheio de superioridade esquecendo se que apenas com aliança de um partido minoritario de arruaceiros e extremistas o levou ao poder , conspirando contra o antigo presidente artur mas.
    este traidor arrogante é um foragido da lei…e so a uniao europeia que ele insulta lhe permite ainda continuar a dizer disparates. para quando um baixo assinado ao parlamento europeu para a prisao efetiva deste terrorista tao prejudicial a toda a europa como ate a propria espanha?

RESPONDER

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …