/

Puigdemont em liberdade, mas com proibição de sair da Sardenha

Olivier Hoslet / EPA

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu, esta sexta-feira, deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont. Enquanto decorrer o processo judicial, não pode sair da ilha italiana.

Carles Puigdemont saiu em liberdade esta sexta-feira, depois de ter sido detido pelas autoridades italianas na Sardenha, na quinta-feira. O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu que o ex-presidente catalão deve permanecer sob custódia enquanto a justiça italiana decide sobre o mandado de detenção europeu pedido pelo Supremo Tribunal.

Enquanto decorrer o processo judicial, Puigdemont não pode sair da ilha italiana, noticia o Jornal de Notícias.

Puigdemont encontrava-se refugiado em Bruxelas desde 2017, depois de ter fugido das autoridades espanholas na sequência da sua participação no referendo ilegal da independência de Catalunha.

O líder catalão viajou para a ilha italiana para assistir ao Aplec Internacional Adifolk, um encontro para promover a cultura catalã na cidade de Alguer. Foi detido assim que chegou ao aeroporto.

O ex-presidente catalão é considerado um fugitivo pela Justiça espanhola desde 2017 depois de ter sido condenado pelo Supremo Tribunal de Justiça do país pelos crimes de sedição e desvio de dinheiros públicos.

Em março, o Parlamento Europeu decidiu retirar a imunidade a Puigdemont, uma decisão que o Tribunal Geral da União Europeia (TGUE) acabou por confirmar, considerando que não havia o risco de o ex-presidente catalão ser detido no exercício das suas funções enquanto eurodeputado.

Agora, a justiça italiana vai decidir se entrega, ou não, Puigdemont à justiça espanhola.

  Liliana Malainho, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE