PSP instaura processo a agente que vendeu fotos da criança desaparecida na Madeira

(dr)

-

O Comando Regional da Madeira da PSP vai averiguar as circunstâncias e o comportamento do agente suspeito de vender fotos tiradas quando a criança de 18 meses foi encontrada, na Calheta, após três dias desaparecida, disse fonte da polícia.

“Considerando as recentes publicações [na comunicação social] sobre uma foto em que um elemento policial está com a criança reaparecida da Calheta – Madeira, decidiu o Comando Regional da Madeira instaurar um processo de averiguações”, adiantou hoje à agência Lusa fonte oficial da Direção Nacional da PSP.

O Diário de Notícias escreve hoje que o polícia “registou as fotos do momento” em que a criança, de 18 meses, foi encontrado, acrescentando que o agente policial “vendeu as fotos” a órgãos de comunicação social, o que, segundo o jornal pode tratar-se de uma “infração disciplinar grave” e configurar crimes de exposição de menor e fotografia ilícita.

De acordo com o jornal, o polícia, que desempenha funções na Esquadra da PSP da Calheta, disse que o dinheiro da venda das fotografias “era para a família” da criança.

As fotografias do elemento policial com a criança foram publicadas num semanário madeirense e numa revista nacional. Segundo o DN, no primeiro caso o polícia afirmou que “ofereceu” as fotografias ao jornal, assumindo no entanto que as que saíram na revista “foram vendidas”.

O desaparecimento do Daniel

O menino de 18 meses desapareceu na tarde de domingo, 19 de janeiro, durante um convívio familiar, da casa dos padrinhos, no sítio dos Reis Acima, Estreito da Calheta, na zona alta do concelho da Calheta.

A criança foi encontrada três dias depois, na manhã de quarta-feira, por um levadeiro (profissional responsável pela distribuição de água de rega na Madeira), numa levada nas proximidades da casa de onde desapareceu.

Foi, então, transportado para o Hospital do Funchal, tendo os médicos considerado que estava “clinicamente bem”, apresentando apenas “sinais de frio”.  O menino ficou internado e, no dia seguinte, as análises clínicas realizadas “revelaram algum grau de sofrimento muscular”, pelo que a equipa médica decidiu prolongar o internamento.

A criança teve esta segunda-feira alta hospitalar, segundo o Serviço Regional de Saúde.

O coordenador da Polícia Judiciária na Madeira, Eduardo Nunes, admitiu na ocasião à agência Lusa, na sequência das diligências feitas, estar-se perante “um crime de rapto”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Herdeiros e casais têm até hoje para pedir alteração no Adicional ao IMI

Os casais e os beneficiários de heranças indivisas têm até esta terça-feira para entregar no Portal das Finanças o pedido de alteração à forma como foram tributados no Adicional ao Imposto Municipal sobre os Imóveis …

Tribunal de Contas trava medicamento "essencial" no Hospital de Guimarães

O Tribunal de Contas (TdC) recusou o visto a um contrato, no valor de 2,9 milhões de euros, celebrado pelo Hospital de Guimarães para aquisição de um medicamento considerado “essencial” para a prestação de cuidados …

Francisco Rodrigues dos Santos não se quer eternizar "na cadeira de presidente do CDS"

"À medida que as pessoas se vão eternizando nos lugares, começam a confundir o interesse público com o interesse particular". Por isso, Francisco Rodrigues dos Santos não se quer eternizar no CDS-PP. Em entrevista à TVI, …

Menos 115 deputados. Itália realiza referendo para reduzir Parlamento

A Itália organiza em 29 de março um referendo sobre a alteração da Constituição e a redução do número de deputados, uma data esta proposta pelo Governo de coligação entre o Movimento Cinco Estrelas (M5S) …

Flamengo chega a acordo com o Inter por Gabigol

Flamengo e Inter de Milão já chegaram a acordo para a transferência definitiva de Gabigol, jogador que esteve durante a última temporada na equipa brasileira por empréstimo. Segundo o portal brasileiro Globo Esporte, os dirigentes do …

Espanha quer "assaltar" o lugar de Centeno no Eurogrupo

Nadia Calviño, a número dois do Governo Espanhol, assume-se como favorita para assumir a presidência do Eurogrupo, caso o ministro das Finanças português, Mário Centeno, decida não entrar na corrida. A notícia é avançada esta terça-feira …

Dívidas de hospital de Lisboa travam compra de dois medicamentos para cancro

As dívidas do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte, que inclui os hospitais de Santa Maria e Pulido Valente, levaram o Tribunal de Contas (TdC) a chumbar a compra de dois medicamentos para um cancro …

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões da Sonangol para uma empresa de Isabel dos Santos

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões das contas da petrolífera estatal Sonangol no private banking do Eurobic, em Lisboa, para uma empresa de Isabel dos Santos, avança o Correio da Manhã esta terça-feira. …

Livro de John Bolton pode prolongar julgamento de Donald Trump

  Ao segundo dia de defesa dos advogados da Casa Branca no julgamento do impeachment de Donald Trump, caiu uma "bomba" no Senado. O livro escrito por John Bolton, ex-conselheiro de segurança nacional do Presidente dos …

Afinal, Bruno Fernandes pode rumar ao Barcelona (e fazer escala no Valência)

Afinal, o futuro do internacional português Bruno Fernandes pode passar por Espanha e não por Inglaterra, onde foi dado como quase certo. O negócio envolve dois emblemas espanhóis e o avançado ex-Benfica Rodrigo Moreno. De …