PSP instaura processo a agente que vendeu fotos da criança desaparecida na Madeira

(dr)

-

O Comando Regional da Madeira da PSP vai averiguar as circunstâncias e o comportamento do agente suspeito de vender fotos tiradas quando a criança de 18 meses foi encontrada, na Calheta, após três dias desaparecida, disse fonte da polícia.

“Considerando as recentes publicações [na comunicação social] sobre uma foto em que um elemento policial está com a criança reaparecida da Calheta – Madeira, decidiu o Comando Regional da Madeira instaurar um processo de averiguações”, adiantou hoje à agência Lusa fonte oficial da Direção Nacional da PSP.

O Diário de Notícias escreve hoje que o polícia “registou as fotos do momento” em que a criança, de 18 meses, foi encontrado, acrescentando que o agente policial “vendeu as fotos” a órgãos de comunicação social, o que, segundo o jornal pode tratar-se de uma “infração disciplinar grave” e configurar crimes de exposição de menor e fotografia ilícita.

De acordo com o jornal, o polícia, que desempenha funções na Esquadra da PSP da Calheta, disse que o dinheiro da venda das fotografias “era para a família” da criança.

As fotografias do elemento policial com a criança foram publicadas num semanário madeirense e numa revista nacional. Segundo o DN, no primeiro caso o polícia afirmou que “ofereceu” as fotografias ao jornal, assumindo no entanto que as que saíram na revista “foram vendidas”.

O desaparecimento do Daniel

O menino de 18 meses desapareceu na tarde de domingo, 19 de janeiro, durante um convívio familiar, da casa dos padrinhos, no sítio dos Reis Acima, Estreito da Calheta, na zona alta do concelho da Calheta.

A criança foi encontrada três dias depois, na manhã de quarta-feira, por um levadeiro (profissional responsável pela distribuição de água de rega na Madeira), numa levada nas proximidades da casa de onde desapareceu.

Foi, então, transportado para o Hospital do Funchal, tendo os médicos considerado que estava “clinicamente bem”, apresentando apenas “sinais de frio”.  O menino ficou internado e, no dia seguinte, as análises clínicas realizadas “revelaram algum grau de sofrimento muscular”, pelo que a equipa médica decidiu prolongar o internamento.

A criança teve esta segunda-feira alta hospitalar, segundo o Serviço Regional de Saúde.

O coordenador da Polícia Judiciária na Madeira, Eduardo Nunes, admitiu na ocasião à agência Lusa, na sequência das diligências feitas, estar-se perante “um crime de rapto”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

EUA ponderam retirada militar total no Afeganistão, mas pedem “garantias“

Os EUA põe a hipótese de uma retirada militar no Afeganistão. Contudo, Anthony Blinken assumiu que está preocupado com a possibilidade de os taliban aproveitarem a retirada de tropas na NATO e dos Estados Unidos …

Santos Silva diz que notícia sobre “despesas supérfluas” da presidência da UE é “ridícula“

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros considera “ridícula” a notícia avançada na quinta-feira pelo jornal Politico que dava conta de “despesas supérfluas e contratos de patrocínio” durante a presidência portuguesa do Conselho da União …

UE tem de libertar-se da "má vontade" e negociar entre iguais, diz Reino Unido

A União Europeia (UE) deve libertar-se da sua má vontade e construir uma boa relação com o Reino Unido como soberanias iguais, disse no domingo o conselheiro do Governo britânico David Frost, prometendo defender os …

Acordo com Groundforce falha por acionista maioritário ter ações penhoradas

O acordo entre a TAP e a Pasogal, acionista da Groundforce, falhou, porque as ações do acionista já estão penhoradas e, assim, não podem ser dadas como garantia, disse à Lusa fonte oficial do Ministério …

Apenas 24 países têm mulheres no poder. Igualdade de género alcançada somente "em 130 anos"

Menos de 500 milhões de pessoas dos cerca de 7,8 mil milhões que constituem a população mundial têm atualmente uma mulher Presidente ou chefe de governo, avançou a ONU Mulher. "Ao ritmo atual, a igualdade de …

Império de Cristiano Ronaldo mudou-se para Portugal (na pista dos benefícios fiscais)

Após ter dissolvido a CRS Holding no Luxemburgo, Cristiano Ronaldo passou a sede de uma das suas principais empresas para Lisboa renomeando-a CR7 Lifestyle Unipessoal. Nesta altura, o craque já tem seis empresas instaladas em …

Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para "dar conforto" aos portugueses durante a pandemia de covid-19. "Quando eu li nas notícias sobre a situação …

Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia.  Segundo o Eurostat e a Agência …

PS exige "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro

As federações do PS de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria, Oeste, Santarém e Viseu exigiram este domingo a "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro de Portugal (TCP) e a convocação de eleições …

“Opaco” e “mal estruturado”. Pilotos criticam plano de adesão voluntária da TAP

Esta segunda-feira, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) definiu o programa de medidas voluntárias da TAP como “mal estruturado”, “absolutamente opaco” e com “deficiências de informação”. A direção de recursos humanos da companhia “revela-se …