PSP instaura processo a agente que vendeu fotos da criança desaparecida na Madeira

(dr)

-

O Comando Regional da Madeira da PSP vai averiguar as circunstâncias e o comportamento do agente suspeito de vender fotos tiradas quando a criança de 18 meses foi encontrada, na Calheta, após três dias desaparecida, disse fonte da polícia.

“Considerando as recentes publicações [na comunicação social] sobre uma foto em que um elemento policial está com a criança reaparecida da Calheta – Madeira, decidiu o Comando Regional da Madeira instaurar um processo de averiguações”, adiantou hoje à agência Lusa fonte oficial da Direção Nacional da PSP.

O Diário de Notícias escreve hoje que o polícia “registou as fotos do momento” em que a criança, de 18 meses, foi encontrado, acrescentando que o agente policial “vendeu as fotos” a órgãos de comunicação social, o que, segundo o jornal pode tratar-se de uma “infração disciplinar grave” e configurar crimes de exposição de menor e fotografia ilícita.

De acordo com o jornal, o polícia, que desempenha funções na Esquadra da PSP da Calheta, disse que o dinheiro da venda das fotografias “era para a família” da criança.

As fotografias do elemento policial com a criança foram publicadas num semanário madeirense e numa revista nacional. Segundo o DN, no primeiro caso o polícia afirmou que “ofereceu” as fotografias ao jornal, assumindo no entanto que as que saíram na revista “foram vendidas”.

O desaparecimento do Daniel

O menino de 18 meses desapareceu na tarde de domingo, 19 de janeiro, durante um convívio familiar, da casa dos padrinhos, no sítio dos Reis Acima, Estreito da Calheta, na zona alta do concelho da Calheta.

A criança foi encontrada três dias depois, na manhã de quarta-feira, por um levadeiro (profissional responsável pela distribuição de água de rega na Madeira), numa levada nas proximidades da casa de onde desapareceu.

Foi, então, transportado para o Hospital do Funchal, tendo os médicos considerado que estava “clinicamente bem”, apresentando apenas “sinais de frio”.  O menino ficou internado e, no dia seguinte, as análises clínicas realizadas “revelaram algum grau de sofrimento muscular”, pelo que a equipa médica decidiu prolongar o internamento.

A criança teve esta segunda-feira alta hospitalar, segundo o Serviço Regional de Saúde.

O coordenador da Polícia Judiciária na Madeira, Eduardo Nunes, admitiu na ocasião à agência Lusa, na sequência das diligências feitas, estar-se perante “um crime de rapto”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …

Antigos maias construíram filtros de água sofisticados (capazes de funcionar nos dias de hoje)

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Cincinnati (UC), os antigos maias da cidade de Tikal construíram sofisticados filtros de água através do uso de materiais naturais importados. Os investigadores da UC descobriram evidências de …

Como é que as pandemias acabam? A História sugere que as doenças vêm para ficar (durante milénios)

Uma combinação de esforços de saúde pública para conter e mitigar a pandemia veio ajudar a controlá-la. No entanto, epidemiologistas acreditam que as doenças infeciosas, como é o caso da covid-19, nunca desaparecem.  Ao longo dos …

ONG identifica entidades norte-americanas como "cúmplices" da destruição da Amazónia

Seis instituições financeiras norte-americanas são apontadas como "cúmplices" da destruição ambiental na Amazónia brasileira, assim como da violação dos direitos das comunidades indígenas da região, segundo um relatório de organizações não-governamentais (ONG). Um estudo elaborado pela …

OE2021. Uma morte anunciada da geringonça e o temor das coligações negativas

Já há confirmação de que a proposta do Orçamento do Estado para 2021 vai ser aprovada na generalidade, esta quarta-feira. O primeiro-ministro já só pensa na discussão na especialidade, na qual se avizinham os maiores …

Mulheres foram despidas em aeroporto do Catar para ver se tinham dado à luz recentemente

Várias passageiras australianas foram submetidas a um exame ginecológico após ter sido descoberto um bebé recém-nascido abandonada na casa de banho do Aeroporto Internacional de Hamad, em Doha, no Catar. O voo da Qatar Airways deveria …

Memória ou glorificação? Discurso escrito à mão por Hitler vendido na Alemanha por 34.000 euros

Um discurso que o ditador Adolf Hitler escreveu em 1939 foi vendido em leilão, na semana passada, na Alemanha, por 34.000 euros, noticia a agência noticiosa AP. De acordo com a revista norte-americana Vice, que cita …