Mãe de Daniel fica em liberdade indiciada por tráfico de pessoas

ramsey everydaypants / wikimedia

-

A mulher detida por suspeita de envolvimento no desaparecimento do filho durante três dias em janeiro, no concelho da Calheta (Madeira), ficou hoje em liberdade, com termo de identidade e residência, indiciada pelo crime de tráfico de pessoas.

A decisão foi anunciada após Lídia Freitas ter sido ouvida durante a tarde pela juíza de instrução criminal, no Tribunal Judicial do Funchal. ”A arguida está indiciada pela prática de um crime de tráfico de pessoas”, refere o documento entregue à comunicação social pelo tribunal.

A mesma nota informa que a mãe de Daniel “foi restituída à liberdade, aguardando os ulteriores termos do processo sujeita às seguintes medidas de coação: termo de identidade e residência, obrigação de apresentação bissemanal a efetuar às terças e sextas-feiras, na esquadra da PSP da área da sua residência, e proibição de se ausentar da Região Autónoma da Madeira”.

Lídia Freitas abandonou as instalações do tribunal, tendo saído pela porta traseira do edifício.

A mãe do menino foi detida no sábado pela Polícia Judiciária (PJ), no Funchal, seis meses depois do desaparecimento da criança, na sequência de diligências desencadeadas na sexta-feira, despoletadas por desavenças entre os pais do menino e que incluíram interrogatórios ao casal e a outra pessoa – não identificada – sobre este caso.

A arguida esteve estes últimos dois dias no estabelecimento prisional da Cancela e foi também ouvida hoje pelo procurador do Ministério Público na comarca da Ponta do Sol, sendo depois transportada para o Funchal.

Lídia Freitas chegou algemada às instalações da Polícia Judiciária, transportada num veículo ligeiro da força de segurança, tendo sido ouvida depois das 14:00 pela juíza de instrução criminal.

Daniel, agora com dois anos, desapareceu a 19 de janeiro, durante um convívio em casa de familiares, e foi encontrado três dias depois na floresta, naquela localidade da zona oeste da Madeira.

Segundo os médicos que observaram na altura a criança, esta “estava clinicamente bem”, apenas mostrado sinais de queimaduras devido ao frio, num caso que consideraram “intrigante”.

O desaparecimento do pequeno Daniel em janeiro na Madeira pode ter sido uma “encenação” dos pais para depois venderem o menor, disse à agência Lusa fonte da Polícia Judiciária.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais cinco mortes e 899 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta sexta-feira, mais cinco mortes e 899 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quinta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

Governo de Bolsonaro bate recorde de aprovação durante a pandemia

A aprovação do Governo brasileiro, presidido por Jair Bolsonaro, subiu para 40%, a maior percentagem desde o início do seu mandato, iniciado em janeiro de 2019, segundo uma sondagem do Instituto Ibope divulgada na quinta-feira. A …

Número de casos baixa nos EUA. Na Bélgica, deixa de ser obrigatório usar máscara na rua

A pandemia tem assolado toda a população mundial, mas há países que têm sofrido mais com o aumento de número de infetados e com mortes. Apesar de serem um dos países mais afetados, os EUA …

Seis enfermeiros infetados e cirurgias canceladas no hospital de Beja

O hospital de Beja detetou esta quinta-feira seis enfermeiros do bloco operatório infetados com Covid-19 e cancelou algumas cirurgias programadas por questões de segurança, disse à agência Lusa a presidente da Unidade Local de Saúde …

Reformas na função pública subiram para 43% (e um quinto são professores)

Mais de 6.500 trabalhadores das administrações públicas aposentaram-se na primeira metade deste ano, o que representa um crescimento de 43% face ao mesmo período de 2019. A maioria das saídas deriva de áreas como a …

“Arma de diagnóstico”. Teste que distingue covid-19 de outras infeções respiratórias chega a Portugal

A Unilabs vai disponibilizar um teste que permite “diferenciar o novo coronavírus de outros tipos de infeções respiratórias sazonais”, auxiliando os clínicos a realizarem diagnósticos mais precisos. “A ideia era tentarmos ter uma ferramenta de diagnóstico …

Jovem de 23 anos morre baleada em ação da PSP. Polícias vão alegar legítima defesa

Uma jovem de 23 anos morreu, na madrugada de quinta-feira, na sequência de ferimentos causados por uma arma de fogo, após uma intervenção policial em São João da Madeira. A mulher, de 23 anos, morreu na …

PS recua nas petições e propõe 7.500 assinaturas para ultrapassar veto de Marcelo

O PS vai avançar com uma proposta de alteração que coloca nos 7.500 o número de assinaturas necessário para que uma petição seja discutida na Assembleia da República.  O objetivo do PS é contornar o veto …

Rui Rangel endividava-se, teve execuções fiscais e contas penhoradas

Rui Rangel teve vários processos de execução fiscal por falta de pagamentos de impostos e até contas penhoradas. Era o seu alegado testa-de-ferro que o ajudava a regularizar os pagamentos. Era comum o ex-juiz Rui Rangel …

Todos os dias, 500 famílias pedem à EDP para pagarem a luz em prestações

Desde o início da pandemia até ao fim de agosto, 500 famílias pediram diariamente ajuda à EDP para pagarem a fatura da luz em prestações. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia …