Agente da PSP impedido de trabalhar por estar com um pólo escuro. Devia ser claro

Desde 1 de agosto, os polícias estão obrigados a usar novas fardas, cujos pólos continuaram a ser azuis, mas claros.

Um agente da PSP foi impedido de entrar ao serviço por estar a usar um pólo azul escuro. A peça de vestuário ostentava as insígnias da corporação, contudo, fazia parte do antigo fardamento.

De acordo com uma informação escrita elaborada pelo agente e colocada nas redes sociais, pode ler-se que o polícia se preparava para efetuar um serviço gratificado quando o seu comandante lhe disse que não podia trabalhar vestido com a cor errada.

“Alegou que não podia entrar de serviço com o pólo de meia manga que trajava em virtude de este ser azul escuro”, conta, explicando que ainda tentou mostrar ao superior hierárquico um comprovativo de que tinha encomendado a peça da nova farda a 8 de julho, mas que esta ainda não tinha chegado.

O superior hierárquico “respondeu que não queria saber, tendo ainda afirmado que a única maneira de entrar ao serviço seria arranjar um pólo azul claro”. Segundo o jornal Público, o agente da PSP voltou para casa, tendo perdido os 55 euros que ia ganhar nesse dia.

Armando Ferreira, presidente do Sindicato Nacional de Polícia (Sinapol), disse ao matutino que é expectável que surjam mais situações destas nos próximos dias. A empresa de Braga responsável pelo fornecimento das fardas através de uma plataforma digital, a têxtil Latino, não tem conseguido entregar todos os uniformes necessários a tempo e horas.

O líder sindical lamenta que o Ministério da Administração Interna e a direção nacional da PSP não tomem medidas para acabar com esta situação. O responsável adiantou ainda que a Sinapol está a reunir queixas dos seus associados para desencadear uma ação judicial contra a empresa têxtil.

Em dois meses, este sindicato contabilizou cerca de duas centenas de queixas, e os atrasos na entrega não são o único motivo de descontentamento.

“Até já foram fornecidos pólos com o brasão da PSP de pernas para o ar, enquanto noutros casos foram colocados brasões nas duas mangas. O fardamento da PSP tornou-se uma negociata. Resta saber para quem”, disse Armando Ferreira ao Público.

O líder sindical teme que seja aberto um processo disciplinar ao seu colega de Vila Nova de Gaia, por ter aparecido com o pólo de cor errada na esquadra e ter falhado o serviço.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

      • Aprecio a sua ironia. Mas, ambos sabemos que, não sendo impossível, é menos provável uma situação destas ocorrer no privado. Desde logo, porque mesmo faltando o bom senso da chefia, no privado é a entidade patronal quem fornece o fardamento quando este é obrigatório! Não tem de ser o funcionário a comprá-lo. Ou estou enganado?
        E não estou a defender o privado. Longe disso!

RESPONDER

Há investigações a acidentes com comboios pendentes há mais de dez anos

A TSF avança esta terça-feira que há investigações a acidentes com comboios pendentes há mais de dez anos por causa da falta de pessoal. De acordo com a rádio, o Gabinete de Prevenção e Investigação de …

Cientistas "acordam" bactérias com 100 milhões de anos

Os micróbios e as bactérias estavam presentes em argilas enterradas no fundo do mar do oceano Pacífico e são apontados como os organismos vivos mais antigos do planeta Terra. Uma equipa de cientistas, dos Estados Unidos …

PSD e PS lesaram o Estado nos contratos dos aviões C-295 da Força Aérea

O Tribunal de Contas (TdC) concluiu que o Estado português perdeu 9,25 milhões de euros de compensação pelo incumprimento das contrapartidas na compra de 12 aviões C-295 à Airbus Defense and Space (ADS), num relatório …

Sob suspeita, Juan Carlos exila-se na República Dominicana (via Porto)

O rei emérito de Espanha, Juan Carlos, viajou este fim-de-semana para a República Dominicana, depois de decidir viver noutro país face à repercussão pública das investigações sobre os seus alegados fundos em paraísos fiscais. O destino …

É possível inativar o novo coronavírus no leite materno. Basta pasteurizá-lo

Uma equipa de cientistas da Universidade de Toronto e da Sinai Health, no Canadá, realizou uma pesquisa que comprovou que pasteurizar o leite materno inativa o vírus Sars-CoV-2. Uma nova investigação, cujo artigo científico foi recentemente …

Cientistas tornam a luz invisível visível pela primeira vez

Uma equipa de cientistas da Vrije Universiteit Brussel e de Harvard conseguiu, pela primeira vez, tornar visível a luz de campo próximo. Existem vários tipos de luz, alguns visíveis e outros invisíveis ao olho humano. Os …

Estrela morta emite cocktail de radiação nunca antes visto

Um grupo internacional de cientistas explorou o potencial do telescópio espacial de raios gama da Agência Espacial Europeia (ESA) - e outros telescópios e instrumentos - para detetar um cocktail de radiação inédita de uma …

Ator francês Dieudonné banido do Facebook por comentários antissemitas

O ator francês foi banido definitivamente do Facebook e do Instagram por causa dos comentários sobre as vítimas do Holocausto marcados por termos e expressões "desumanizantes contra os judeus". O anúncio do afastamento permanente de Dieudonné …

Última temporada de "La Casa de Papel" terá filmagens em Portugal

A rodagem da quinta temporada da série espanhola "La Casa de Papel", de Álex Pina, começa esta segunda-feira e terá filmagens em Portugal, revelou a plataforma Netflix. Em comunicado, na última sexta-feira, a Netflix explica que …

Janelas com vista para o Espaço. Virgin Galactic revela interior de nave espacial para turistas

A Virgin Galactic acaba de revelar o luxuoso design do interior da cabine do primeiro veículo SpaceshipTwo - o VSS Unity - que permitirá a astronautas e entusiastas explorar o Espaço com conforto. A Virgin Galactic, …