Psiquiatra não conseguiu apurar motivo que levou professora a matar o filho recém-nascido

O psiquiatra que observou uma professora da Palhaça, Oliveira do Bairro, que há mais de cinco anos matou um filho recém-nascido, disse esta quarta-feira, no Tribunal de Aveiro, não ter conseguido apurar qual a motivação para o crime.

“Este episódio não deixa de ser uma surpresa na biografia da senhora“, disse o psiquiatra João Alcafache Ferreira, na primeira sessão da repetição do julgamento ordenada pelo Supremo Tribunal de Justiça após o recurso da defesa.

O médico que elaborou o relatório pericial pedido pelo tribunal, para esclarecer a motivação da arguida bem como o seu estado emocional e psíquico durante a gravidez e o parto, disse ainda que não encontrou nenhum sinal de alerta, em termos de personalidade, que justificasse um ato destes.

“Não percebi nenhum sintoma psicótico”, adiantou o psiquiatra, em resposta ao advogado de defesa, acrescentando que nos dados a que teve acesso não viu sintomas de psicose puerperal (uma perturbação mental que pode ocorrer após o parto).

O coletivo de juízes ouviu ainda a médica obstetra que atendeu a arguida quando esta se deslocou à Urgência do Hospital de Aveiro, que se mostrou surpreendida com a situação, afirmando que não quis acreditar que aquilo pudesse ser possível.

“Confrontei-a porque era muito evidente a situação. Fiz várias vezes a pergunta onde estava o bebé, mas ela negou sempre. A única coisa que chamou a atenção foi uma certa apatia e um diálogo pouco emotivo”, relatou.

O caso remonta a 11 de maio de 2011, quando a mulher entrou em trabalho de parto na casa de banho da escola onde lecionava, no concelho de Vagos.

Segundo a acusação, a mulher deu à luz “um feto de idade gestacional superior a 37 semanas, sem quaisquer malformações orgânicas ou disfuncionais”.

Depois de cortar o cordão umbilical do recém-nascido, a arguida colocou-o na bagageira do carro, dentro de dois sacos de plástico – onde permaneceu dois dias, acabando por morrer.

O cadáver do menino só veio a ser descoberto por mero acaso, pela namorada do irmão da arguida, quando se deslocou à garagem da residência para ir buscar umas cadeiras de transporte de criança.

Em 2014, a mulher foi condenada pelo Tribunal de Vagos a 13 anos e meio de prisão por um crime de homicídio qualificado e outro de profanação de cadáver.

No entanto, o Supremo Tribunal de Justiça entendeu que o motivo do crime nunca foi esclarecido e decidiu anular o acórdão de primeira instância e determinar a repetição do julgamento.

“Nada disto implica qualquer suposição de inimputabilidade ou imputabilidade diminuída da recorrente ou ter ela agido sob a influência perturbadora do parto. O que se pretende é evitar que o crime, com a matéria de facto fixada pelas instâncias, permaneça na sombra da incompreensibilidade”, refere o acórdão.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Teoria sugere que os OVNIs são pilotados por humanos que viajam no tempo

https://vimeo.com/386497718 Objetos voadores não identificados (OVNIs) capturaram a atenção do público ao longo das décadas. Uma teoria defende que os pilotos dos OVNIs podem ser os descendentes dos humanos que viajam para o passado para estudar …

Vitória SC 1-2 FC Porto | "Dragão" vence com final louco

O FC Porto venceu o Vitória de Guimarães na Pedreira por 2-1 e é finalista da Taça da Liga portuguesa, marcando encontro com o Sporting de Braga (que venceu o Sporting na terça-feira) na final …

Empresa norte-americana quer recuperar o transmissor do Titanic que lançou as chamadas de socorro

A empresa privada norte-americana RMS Titanic Inc quer remover o equipamento de rádio da empresa Marconi que está entre os destroços do Titanic. A empresa pretende levar a cabo a "remoção cirúrgica" dos aparelhos de …

Luigi di Maio deixa liderança do Movimento 5 Estrelas

O líder do Movimento 5 Estrelas (M5S) demitiu-se da liderança, esta quarta-feira, e apelou a uma refundação do partido italiano, que atravessa uma crise interna e uma série de maus resultados em eleições regionais. Luigi Di …

Nova técnica combina injeções geladas e salgadas para combater a gordura

Uma equipa de cientistas, da Universidade de Harvard e do Hospital Geral de Massachusetts, testou um novo tratamento que derrete a gordura da barriga. A nova técnica, desenvolvida por investigadores da Universidade de Harvard e do Hospital …

Jogadores "imploraram pela vida" em Alcochete

O lateral esquerdo Lumor e o guarda-redes Salin foram ouvidos, esta quarta-feira, na 21.ª sessão do julgamento da invasão à academia leonina. Lumor, que está emprestado pelo Sporting ao Maiorca, de Espanha, foi ouvido através do …

Mais de metade dos jovens escolhe os mesmos empregos

Mais de metade dos adolescentes portugueses querem ter os mesmos empregos e, a nível internacional, muitos jovens escolhem carreiras que exigem qualificações académicas, mas para as quais não pretendem estudar. O maior inquérito que avalia o …

Salvador Sobral entra no filme de Will Ferrell sobre a Eurovisão

Salvador Sobral vai aparecer no filme "Eurovision" e já gravou uma cena com Will Ferrell. O vencedor da Eurovisão em 2017 vai cantar uma canção no filme da Netflix e ainda contracenar com o ator …

Para evitar a desertificação, há uma cidade a vender casas a 1 euro

A cidade de Bisaccia, em Itália, está a vender 90 imóveis por apenas um euro. O compromisso é que os compradores renovem as habitações. A cidade italiana de Bisaccia, no sul da Campânia, em Itália, está …

Daniel Podence a caminho do Wolverhampton

Daniel Podence deverá ser anunciado em breve como novo reforço dos Wolves, equipa inglesa orientada por Nuno Espírito Santo e na qual já jogam outros sete portugueses. De acordo com o jornal O Jogo, Daniel Podence …