Dia D no PSD: Rio faz-se de “lorpa”, mas está pronto para “comprar guerra”

Fernando Veludo / Lusa

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio

As eleições directas para a liderança do PSD são disputadas neste sábado, com Rui Rio a dizer que “está disponível para comprar uma guerra” interna, Luís Montenegro a apontar ao lugar de primeiro-ministro e Miguel Pinto Luz a pedir “recato” ao actual líder do partido. 

Rui Rio, Luís Montenegro e Miguel Pinto Luz são os três candidatos que disputam, neste sábado, a presidência do PSD em eleições directas.

O presidente do PSD e recandidato ao cargo, Rui Rio, disse, no Porto, que “está disponível para comprar uma guerra“, avisando que se vencer as directas não vai admitir ter distritais a “boicotar” o partido.

No discurso de encerramento da campanha, o líder do maior partido da oposição deixou claro que, muitas vezes, “se faz de lorpa”, mas que sabe que houve concelhias que quiseram boicotar o desenvolvimento do partido.

“Há distritais neste país que funcionaram bem, que procuraram chamar as pessoas para o Conselho Estratégico Nacional. Há outras que gostariam de ter funcionado bem, mas desligadas que estão da sociedade, não conhecem sequer pessoas para poder chamar”, afirmou.

“E há outras – as tais em que eu me fiz de lorpa – em que manifestamente nada fizeram e até boicotaram para evitar que venha gente cá para dentro atrapalhar aquilo que é o controlo que eles hoje têm no partido”, continuou.

Se foi assim neste primeiro mandato, no próximo, na eventualidade de ser reeleito, não será, garantiu o actual líder, afirmando estar disponível para comprar uma guerra.

“No próximo mandato, é evidente que não pode ficar assim e, portanto, eu estou disponível para comprar a guerra. Aliás, costumo comprar guerras com facilidade, porque aproveito todos os saldos e vou logo comprar uma guerra desde que ela esteja a preço de saldo. E, portanto, eu compro a guerra”, assegurou.

Montenegro diz que é dia de escolher sucessor de Costa

Já Luís Montenegro disse em Aveiro, que este sábado é o dia para escolher o sucessor do primeiro-ministro, António Costa, numa farpa a Rio que tinha dito que se não chegar a primeiro-ministro, quer fazer emergir o seu “sucessor”.

Não é o dia para eleger alguém que vai preparar o seu sucessor, porque já está a pensar que vai perder as próximas eleições. Amanhã é o dia de escolher o sucessor do doutor António Costa e é para isso que eu cá estou. É para isso que eu quero que o PSD lute. É para isso que eu quero que o PSD se organize”, afirmou Montenegro.

No regresso ao distrito por onde sempre foi eleito como deputado da Assembleia da República durante 16 anos, Montenegro referiu ter visto “mais entusiasmo, mais chama, mais alma” nesta campanha interna do que na última campanha do PSD para as eleições legislativas.

Perante uma plateia de centenas de pessoas, o antigo líder parlamentar dos sociais-democratas reiterou que o seu adversário é António Costa, adiantando que está preparado para ser primeiro-ministro depois das próximas eleições legislativas e “para fazer melhor do que ele, para dar a Portugal mais condições para criar riqueza e a poder redistribuir”.

Num discurso de pouco mais de meia hora, o candidato à liderança do PSD criticou o Governo PS, considerando que é o que “mais impostos cobrou até hoje” e o que “oferece menos serviços públicos”, apontando várias injustiças e desigualdades em diversas áreas, como a saúde, educação e transportes.

No plano interno do partido, o candidato disse que é preciso saber conviver democraticamente dentro do PSD, respeitando todos os que pensam de forma diferente.

“É preciso dizer que aqueles que pensam diferente de nós não devem sair do nosso partido. Devem colaborar com as suas ideias e enriquecer o debate interno para fortalecer as nossas propostas junto da sociedade”, defendeu.

Pinto Luz insiste que Rio deveria ter “um maior recato”

Miguel Pinto Luz insistiu esta sexta-feira, em Lisboa, na ideia de que  Rui Rio deveria ter “um maior recato”, pedido que estendeu a todas as candidaturas.

“Disse no passado e volto a dizer que Rui Rio tem de ponderar antes de falar“, afirmou Miguel Pinto Luz, quando questionado pelos jornalistas sobre como encara a decisão do presidente do PSD em comunicar ao Conselho de Jurisdição Nacional (CJN) a quebra de disciplina de voto pelos deputados do PSD/Madeira no Orçamento de Estado de 2020 na Assembleia da República.

“Os militantes do PSD hoje têm uma escolha, não tinham essa escolha e a escolha é clara entre o passado, mais do mesmo, e o futuro“, afirmou o candidato, antes de um encontro com militantes e apoiantes.

Questionado também sobre qual será a relação futura com o PSD/Madeira caso vença as eleições internas, o também vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais referiu que será “de profundo respeito pela autonomia” dessa estrutura regional.

Miguel Pinto Luz recusou, contudo, comentar o diferendo interno sobre quantos militantes podem votar na Madeira, explicando que “o recato também cabe a todos os candidatos” à liderança do partido. O candidato vincou que “o cinzentismo ficou para trás” e apelou para o voto dos militantes.

“Estou convencido de que a partir de amanhã muita coisa mudará no PSD”, finalizou.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Se o sr. Rio for eleito para liderar o Partido Social Democrata (PSD) terá uma oportunidade única para romper e aniquilar o nefasto e sombrio legado daqueles que se apoderaram do partido e destruíram a sua verdadeira essência democrática, republicana, laica, e social-democrata.

    Se o sr. Rio vencer estas eleições para a liderança do partido e expulsar de vez os neoliberais e o clericalismo, e toda a corja da laia de Aníbal Silva, Pedro Lopes, José Barroso, e Pedro Coelho, terá o total apoio dos cidadãos Portugueses.

RESPONDER

Novo lay-off conta apenas com 1% das adesões do simplificado

O sucedâneo do lay-off simplificado conta apenas com 1.268 adesões nas primeiras duas semanas. Este valor é apenas 1% do número de empresas que acederam ao primeiro apoio. Nas primeiras duas semanas desde a sua implementação, …

Trump promove falsa teoria de que Kamala Harris não nasceu nos EUA (e que não será elegível para vice)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que ouviu que Kamala Harris, candidata democrata à vice-presidência da Casa Branca, não era elegível para o cargo, com base num boato que sugeria que pode não …

"Avante!". Pede-se máscara obrigatória, mas PCP só dá ouvidos à DGS

Vários peritos pedem o uso obrigatório de máscara na Festa do Avante!, mas o PCP só atende às recomendações feitas pela Direção-Geral da Saúde. Depois de muita contestação, a Festa do Avante! vai mesmo realizar-se, entre …

Coreia do Sul com maior número de casos desde março. Seul reforça medidas restritivas

A Coreia do Sul endureceu este sábado as medidas restritivas para conter a pandemia de covid-19 em Seul e arredores após registar o número mais elevado de novos casos diários em cinco meses. As regras, que …

Cavani tem viagem marcada para fechar acordo com o Benfica

Vários órgãos de informação avançam que Edinson Cavani tem viagem marcada para a Europa, onde deverá assinar com o SL Benfica dentro dos próximos dias. Depois de várias semanas de negociações, Edinson Cavani está praticamente garantido …

Novo Banco. Gama Life garante não ter relação com Greg Lindberg (mas GNB mudou-se para a sua morada)

O fundo da Apax Partners que assumiu o controlo da GNB Vida depois da compra ao Novo Banco “mudou-se” para a mesma morada de empresas do multimilionário Greg Lindberg em Londres, apesar da seguradora garantir …

Ministra admite que não leu relatório sobre Reguengos (e desvaloriza surtos em lares)

A ministra da Segurança Social admitiu, em entrevista ao semanário Expresso, que não leu o relatório sobre Reguengos de Monsaraz, mas considerou que a dimensão dos surtos de covid-19 em lares “não é demasiado grande …

Calvário no Barcelona. Setién de saída, Messi faz ultimato e Piqué fala em "vergonha"

O Barcelona foi esmagado (8-2) pelo Bayern Munique, nos quartos de final da Liga dos Campeões. Setién está de saída, Messi fez um ultimato e Piqué falou em "vergonha". Foi a noite mais negra de sempre …

Antonoaldo Neves quer receber mais para sair da TAP (mas Governo não paga "nem mais um cêntimo")

Quando foi anunciado o acordo de saída de David Neeleman da TAP, o Governo anunciou também que Antonoaldo Neves, CEO da companhia, seria substituído. No entanto, ainda não se chegou um acordo para a saída. …

Explosão em Beirute terá sido causada por trabalhos de manutenção

A explosão no porto de Beirute, no Líbano, que matou 171 pessoas, feriu mais de 6 mil e deixou um rasto de destruição na cidade, poderá ter sido causada por trabalhos de manutenção num armazém. …