PSD-Madeira e Marcelo de costas voltadas (e o culpado é António Costa)

Homem de Gouveia / Lusa

O PSD-Madeira e Marcelo Rebelo de Sousa estão de costas voltadas e a causa do mau estar é a mesma: António Costa.

Três vezes em 2016, duas em 2017 e mais três em 2018: os dedos de uma mão já não são suficientes para contar as vezes que Marcelo Rebelo de Sousa visitou a Madeira desde que chegou a Belém. Em todas elas, foi evidente a cumplicidade entre o governo madeirense. No entanto, esse estado de graça de Marcelo no arquipélago parece ter chegado ao fim, adianta o Público esta quinta-feira.

No final de janeiro, Miguel Albuquerque deu uma entrevista ao mesmo jornal na qual ficou bem patente o seu descontentamento, sublinhando as queixas insistentes de que o primeiro-ministro, António Costa, estaria a utilizar o aparelho do Estado para se intrometer na política do arquipélago em benefício do PS local.

O matutino questionou o chefe do executivo madeirense e presidente do PSD-Madeira sobre se estas preocupações teriam sido levadas a Marcelo Rebelo de Sousa, ao que Miguel Albuquerque respondeu: “o Presidente da República não chegou à política anteontem. É um político experiente que sabe exactamente o que se passa“.

No encerramento do XVII Congresso Regional social-democrata, Albuquerque reiterou o desencanto do partido para com Marcelo, referindo que é tempo de o Presidente da República tomar uma posição sobre “esta pouca vergonha”.

“Nós votamos para o Presidente da República, não para tirar selfies, mas para salvaguardar as instituições democráticas”, afirmou, pedindo a Marcelo para fazer cumprir a Constituição da República. “Os madeirenses merecem ser considerados e tratados como portugueses de corpo inteiro”.

É intolerável e é inaceitável que, por razões de ordem política, este Governo das esquerdas continue a discriminar os madeirenses. É inaceitável e é eticamente reprovável que este Governo, por razões partidárias, continue a confundir as suas funções institucionais com funções partidárias”, criticou Albuquerque.

O financiamento do novo hospital; a revisão do subsídio social de mobilidade; os juros da dívida contraída pela região junto do Estado; a continuidade territorial por via marítima: são estes os assuntos para os quais o PSD madeirense esperava uma mãozinha de Belém.

Aliás, temas que o governo regional e o PSD acusam António Costa de estar a bloquear em Lisboa, para fragilizar Miguel Albuquerque em ano de eleições regionais.

O mau estar piorou recentemente. Para comemorar os 600 anos da descoberta do arquipélago, a Madeira tinha a expectativa de que as comemorações do 10 de junho decorressem na região. A Assembleia Legislativa da Madeira formalizou o pedido a Marcelo no início de janeiro, mas Belém quis falar primeiro com Costa antes de decidir.

A decisão recaiu numa divisão entre Portalegre e Cabo Verde, o que não deixou Funchal contente. A Madeira viu nesta decisão mais uma interferência de Costa e uma concessão de Belém ao primeiro-ministro.

“O Presidente da República, uma vez por outra, pense que a Madeira também faz parte de Portugal”, reagiu uns dias depois José Prada, secretário-geral do PSD-Madeira. “Quanto ao Presidente da República já nada me espanta” afirmou, acusando Marcelo de estar mais preocupado em “passear de camião” e andar em “jogos de bastidores” a pensar na reeleição, do que com a Madeira.

Era bom, pediu, que o Presidente visitasse a região autónoma para “comemorações”, em vez de só nas “desgraças”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …

Vem aí um novo filme da saga Matrix

O quarto filme da saga "Matrix" será realizado e produzido por Lana Wachowski e deverá começar a ser rodado no início do próximo ano. A saga cinematográfica "The Matrix" vai ter um novo filme, anunciaram na terça-feira …

Em momento "de vida ou morte" da empresa, Huawei tenta evitar despedimentos

O fundador da Huawei, Ren Zhengfei, escreveu na segunda-feira um comunicado interno no qual admite que a empresa está "num momento de vida ou morte" e pediu aos funcionários que não estão com muito trabalho …

Honduras. Ex-primeira dama condenada por desviar verbas quando marido era Presidente

Um tribunal hondurenho condenou a ex-primeira dama Rosa Elena Bonilla por desviar cerca de 600 mil dólares (540 mil euros) em dinheiro do Governo (2010-2014), quando o marido, Porfirio Lobo, era Presidente. Segundo informou esta quarta-feira …

Maduro confirma conversações ao mais alto nível com EUA

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, confirmou esta quarta-feira que membros do seu governo mantêm contactos de alto nível com funcionários da administração norte-americana de Donald Trump. "[Donald] Trump disse que os Estados Unidos [EUA] dialogam …

Pardal Henriques desmente Marinho e Pinto. Recebeu convite mas ainda não é candidato

O presidente do Partido Democrático Republicano (PDR) anunciou que o porta-voz do SNMMP é candidato às legislativas de outubro. Pardal Henriques confirmou o convite mas diz que ainda não tomou uma decisão. "Pardal Henriques vai ser …

Desemprego registado cai em julho para o valor mais baixo desde 1991

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego em Portugal continua a diminuir. O desemprego registado cai em julho para o valor mais baixo desde 1991. É o chamado desemprego registado que, depois de em …

Nova acusação contra Plácido Domingo. Jornalista espanhola diz que o tenor se aproximou “mais do que devia”

A jornalista espanhola Karmele Marchante acusou o tenor Plácido Domingo de se ter aproximado "mais do que devia com cara de quero, posso e mando". É um dos desenvolvimentos mais recentes do caso Plácido Domingo e …