/

PS dividido entre Manuel Pizarro e José Luís Carneiro para a Câmara do Porto

1

Mário Cruz / Lusa

Depois da desistência de Eduardo Pinheiro, o PS volta a estar indeciso entre Manuel Pizarro e José Luís Carneiro para a candidatura à Câmara Municipal do Porto.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Pouco mais de 24 horas depois de ter sido escolhido e convidado a ser o cabeça de lista socialista à Câmara do Porto, Eduardo Pinheiro, secretário de Estado da Mobilidade, desistiu da candidatura.

“Recebi com orgulho o convite do presidente da federação distrital do Porto do PS para encabeçar a candidatura à Câmara Municipal do Porto, contudo, após reflexão cuidada, declinei hoje o convite que me foi endereçado”, afirma Eduardo Pinheiro num breve comunicado.

A sua escolha não foi vista com bons olhos internamente. As estruturas locais do PS terão sido apanhadas de surpresa com a notícia de que seria Eduardo Pinheiro a liderar a lista do partido à Câmara do Porto.

Sem Eduardo Pinheiro, o PS volta-se para duas opções que já tinham sido debatidas anteriormente: Manuel Pizarro e José Luís Carneiro.

Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia e vice-presidente da federação distrital do PS-Porto, garante, ao JN, que Pizarro é “a solução natural e óbvia” para o Porto e que “estão reunidas as condições” para avançar.

Fonte da distrital diz ao matutino estarem “em curso contactos e reuniões para se apresentar um candidato nos próximos dias”.

Tanto a concelhia como a distrital do partido consideram que José Luís Carneiro não tem um “vínculo suficientemente forte à cidade e à população” para liderar a lista do partido ao Porto, mas Costa pode querer promover o seu braço direito.

No entanto, o jornal Público escreve que o secretário-geral adjunto do PS pode ser a solução para a autarquia.

Esta quinta-feira, o presidente da federação distrital do Porto, Manuel Pizarro, o líder da concelhia, Tiago Barbosa Ribeiro, e o secretário-geral adjunto do PS, José Luís Carneiro, estiveram reunidos para tentar uma alternativa a Eduardo Pinheiro.

“Há um movimento dentro do PS que estará disponível para apoiar José Luís Carneiro que oferece o mínimo de confiança para fazer uma campanha digna”, declarou ao Público um dirigente nacional.

A nível do secretariado distrital, há outras figuras que entendem que a “escolha deve ser feita entre Manuel Pizarro e Tiago Barbosa Ribeiro“.

Numa reunião da Comissão Política em abril, marcada para aprovar o perfil do próximo cabeça de lista autárquico na batalha contra Rui Moreira, o nome de Tiago Barbosa Ribeiro ganhou força. Ficou decidido que o candidato terá de ter identidade e ligação à cidade.

  Daniel Costa, ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.