O PS está adormecido e Pedro Marques é um candidato sozinho no terreno

Mário Cruz / Lusa

O Partido Socialista está adormecido na pré-campanha para as eleições europeias de 26 de maio. Pedro Marques, o cabeça-de-lista do partido, está sozinho no terreno.

Este domingo, Pedro Marques entregou as assinaturas para a lista do PS ao Parlamento Europeu, mas, ao que parece, é um candidato sozinho no terreno. Ao Público, uma fonte da campanha de Pedro Marques revela que se observa uma “total ausência de combate político” por parte do Partido Socialista.

Todas as “provocações” de Rui Rio, Paulo Rangel, Assunção Cristas ou Nuno Melo mantêm-se sem qualquer resposta do PS. Ao matutino, a fonte da campanha de Pedro Marques diz esperar que a sondagem da Aximage, que diminui as esperanças dos socialistas nas eleições, sirva para que os dirigentes do partido “acordem” e tenham um “sobressalto”.

No seu entender, é preciso que o partido inverta aquela que tem sido uma tendência de “ausência do PS” nestes primeiros dias de pré-campanha para as eleições para o Parlamento Europeu.

A questão vai mais além do que acompanhar o candidato. Todas as questões políticas diariamente colocadas pela oposição não têm merecido resposta por parte dos dirigentes do PS. “Ou o PS se mexe e começa a apontar as contradições da campanha do PSD e do CDS ou, se isso não acontecer, arriscamo-nos a ter uma votação baixa”, diz ao diário a mesma fonte.

A polémica das nomeações familiares no Governo parecem ter abalado o PS, mas a falta de apoio por parte dos dirigentes nacionais é também considerada um fator de perturbação da campanha.

António Costa faz frente a Rio, Rangel e Cristas, mas só aos fins-de-semana. Nos dias úteis, Pedro Marques é um homem sozinho no terreno.

A campanha do cabeça-de-lista do PS começou cedo, em meados de fevereiro, e tem sido muito ativa. No entanto, Pedro Marques não conta com uma participação frequente do partido e das figuras com mais peso dentro dele. Além disso, mesmo nos momentos em que consegue ganhar alguma notoriedade, Pedro Marques não é feliz.

Carnaval de Torres

Na passada terça-feira estive no Carnaval de Torres Vedras, o Carnaval "mais português de Portugal" que este ano decorreu sob o tema "Made in Portugal", com o Carlos Bernardes.#SomosEuropa #ee2019 #europa2019

Publicado por Pedro Marques em Sexta-feira, 8 de março de 2019

Como conta o Público, o principal exemplo aconteceu no período de Carnaval. Numa altura em que os políticos fogem das ruas, o cabeça-de-lista do PS arriscou e resolveu ir fazer campanha no meio da folia carnavalesca de Loulé e Torres Vedras.

Desta sua visita, destaca-se um vídeo partilhado na Internet em que Pedro Marques dançava ao lado de matrafonas em Torres Vedras, um momento pouco feliz que tornou o candidato num alvo fácil dos mais diversos programas de humor e que, ainda hoje, é a imagem mais marcante da pré-campanha de Marques.

LM, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica 2-0 Vitória SC | "Águia" vence e adia festa do Porto

Não foi esta terça-feira que o FC Porto festejou o 29º título de campeão nacional. Na recepção ao Vitória Sport Clube, o Benfica venceu por 2-0, num embate relativo à 32ª jornada da Liga NOS, …

Elon Musk lança concurso para ver quem consegue bater um caracol

O multimilionário, através da sua empresa especializada em construção de túneis, lançou um concurso mundial para ver quem é capaz de bater um caracol. De acordo com o jornal Daily Mail, Elon Musk lançou um concurso …

Covid-19. Tóquio quer pagar até quatro mil euros a bares que fiquem fechados

As autoridades de Tóquio, no Japão, estão a ponderar pagar um subsídio, que pode chegar aos quatro mil euros, aos bares que se mantenham fechados para conter a propagação da covid-19 na cidade. De acordo com …

Médicos franceses detetaram primeiro caso de bebé infetado no útero

Médicos em França pensam ter identificado aquele que será o primeiro caso confirmado de um bebé infetado com covid-19 no útero materno. De acordo com o site Business Insider, a equipa médica conta que a …

17 anos depois, Estados Unidos voltam a aplicar a pena capital a nível federal

Os Estados Unidos procederam, esta terça-feira, à primeira execução federal de um prisioneiro no "corredor da morte" em 17 anos, através de uma injeção letal. Daniel Lewis Lee, 47 anos, natural de Yukon (Oklahoma), foi executado …

Com o pretexto de paz, "senhor da guerra" vai ganhando poder na República Centro-Africana

O "senhor da guerra" Ali Darassa foi pago pelo presidente da República Centro-Africana e já influenciou a demissão de um ministro numa tentativa de manter a paz no país. A República Centro-Africana é um país atormentado …

Ministério Público acusa 25 arguidos pela queda do BES

O Ministério Público deduziu acusação, esta terça-feira, contra 25 arguidos, 18 pessoas singulares e sete pessoas coletivas, no âmbito do processo sobre a queda do Universo Espírito Santo. "O Ministério Público do Departamento Central de Investigação …

Agora, até o Toyota Corolla é um crossover

O Toyota Corolla Cross é o mais recente SUV da marca japonesa. Apesar de a marca estar a reforçar a sua gama de SUV, Portugal terá de esperar mais um pouco. Na semana passada, a Toyota …

Da Escócia à Grécia, Kleon pedalou durante 48 dias para regressar a casa

Um jovem grego, "preso" na Escócia devido ao cancelamento dos voos por causa da pandemia de covid-19, decidiu pedalar durante 48 dias consecutivos para conseguir regressar a casa. De acordo com a CNN, Kleon Papadimitriou, de …

Após fugirem da Venezuela, milhares foram obrigados a regressar por causa da pandemia (mas não é assim tão fácil)

Desde 2016, quase cinco milhões de venezuelanos deixaram o país, fugindo da pobreza e dos serviços sociais e de saúde em colapso. Agora, a pandemia de covid-19 forçou-os a regressar à Venezuela - se o …