Governo garante que “PRR transformará o rosto da saúde em Portugal”. OM tem dúvidas

Diogo Serras Lopes abriu o sexto debate Expresso/Deloitte sobre o Plano de Recuperação e Resiliência para 2021-2026 com o anúncio de novos centros de saúde mais proativos e resolutivo.

“O Plano de Recuperação e Resiliência transformará claramente o rosto da saúde em Portugal”, disse o secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, na abertura do debate “PRR: um motor de transformação do sector da saúde?” promovido na terça-feira pelo Expresso em parceria com a Deloitte.

O governo português propõe alocar €1.383 milhões só para o reforçar a capacidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Segundo o Expresso, as prioridades de investimento incluem €463 milhões para cuidados de saúde com mais respostas; €300 milhões para transição digital na saúde; €205 milhões para rede nacional de cuidados continuados integrados e rede nacional de cuidados paliativos; €196 milhões para equipamento dos hospitais de Seixal, Sintra, Lisboa; €89 milhões para fortalecimento do serviço regional de saúde da Madeira; €85 milhões para conclusão da reforma da saúde mental; €30 milhões para o hospital digital dos Açores e ainda €15 milhões para digitalização da saúde na Madeira.

No documento pode ler-se ainda que o maior investimento será nos centros de saúde, reforçando a capacidade de diagnóstico precoce de cancros e outras doenças, alargando a carteira de serviços prestados, investindo na construção e requalificação das instalações e  apostando em respostas de proximidade, através das teleconsultas e telemonitorização de doenças crónicas.

Foram ainda apresentadas outras oportunidades que o PRR traz para o sector público e privado, incluindo as empresas integradas no chamado “ecossistema” da saúde.

“Tem de se colocar ‘os pontos nos is“

Por sua vez, o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, alerta que as verbas previstas para a saúde no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) não valem mais do 2% da despesa pública anual em saúde.

O PRR “é para executar durante cinco anos, o que na prática significa cerca de €277 milhões por ano”, esclareceu o bastonário durante o debate. “Pode parecer que é uma coisa bombástica em termos de investimento, mas tem de se colocar ‘os pontos nos is’ relativamente ao valor que vamos ter”.

O bastonário da Ordem dos Médicos alertou para o “caminho muito grande” que o sector ainda tem por percorrer em termos de digitalização, escreve o Expresso.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …

Parlamento aprovou Constitucional em Coimbra (mas PS ainda pode chumbar a saída de Lisboa)

O Parlamento aprovou, na generalidade, a proposta do PSD para transferir o Tribunal Constitucional (TC) e o Supremo Tribunal Administrativo (STA) de Lisboa para Coimbra. Mas a mudança só poderá ser concretizada depois da votação …

Concluídas obras de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame em Paris

A fase de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame, em Paris, quase destruída num incêndio há mais de dois anos, terminou, dando lugar à etapa de restauro, anunciaram este sábado as autoridades. Em 15 de …

Certificados de vacinação emitidos por países terceiros reconhecidos para viagens aéreas

Os certificados de vacinação e de recuperação emitidos por países terceiros passam a ser reconhecidos para viagens aéreas, deixando de ser exigido teste negativo e quarentena quando esta seja aplicável em função da respetiva origem, …

Rui Costa, Benfica

Acções do Benfica com comissão milionária a Carlos Janela. Em AG muito quente, sócios gritaram, mas não puderam votar

A Assembleia-Geral (AG) Extraordinária do Benfica de sexta-feira à noite foi muito quente, com cânticos, protestos e pedidos de demissão dos sócios. Enquanto isso há novos dados sobre o negócio de venda das acções do …

"Não tem passado de figurante". Fenprof diz que sistema educativo bloqueava se dependesse do ministro

O secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), Mário Nogueira, considerou, esta sexta-feira, que sistema educativo em Portugal já tinha bloqueado se dependesse do trabalho do ministro da Educação e do Governo, realçando que o …

País "esqueceu-se de que existe engenharia". Especialistas criticam recomendação da DGS para ventilação nas escolas

Recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a ventilação nas escolas ficam aquém do que seria necessário, dizem especialistas. Tendo em conta que a covid-19 se transmite por aerossóis, é importante que exista uma boa ventilação …

O "ar salazarento" dos ministros na campanha do PS. Temido usou carro do Governo e pode ter cometido crime

A presença de ministros na campanha dos candidatos socialistas às autárquicas está a causar polémica, sobretudo no Porto, com Rui Moreira a criticar "o ar salazarento de chapelada" do PS. Marta Temido, ministra da Saúde, …