Promulgado aumento extra das pensões e mais proteção social para recibos verdes

José Sena Goulão / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Esta sexta-feira, a Presidência anunciou que Marcelo Rebelo de Sousa promulgou o aumento extraordinário das pensões e medidas para reforçar a proteção social de trabalhadores independentes.

O Presidente da República promulgou, esta sexta-feira, o aumento extraordinário das pensões, de seis ou de 10 euros, a partir de agosto, bem como as medidas para reforçar a proteção social dos trabalhadores independentes, anunciou a Presidência.

Segundo uma nota no site oficial da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa promulgou o diploma do Governo que regulamenta a atualização extraordinária das pensões prevista no Orçamento do Estado para 2018.

Assim, em agosto, os pensionistas com pensões de valor igual ou inferior a 1,5 vezes o Indexante de Apoios Sociais (IAS) – 643,35 euros – terão um acréscimo mínimo de seis ou 10 euros, consoante tenha ou não existido atualização da pensão entre 2011 e 2015, “deduzidos do valor da atualização das pensões ocorrida a 01 de janeiro” deste ano.

Esta medida terá um impacto anualizado de 82 milhões de euros, sendo que neste ano será de cerca de 35 milhões de euros.

Este aumento extraordinário abrangerá as pensões de invalidez, velhice e sobrevivência atribuídas pela Segurança Social e as pensões de aposentação, reforma e sobrevivência do regime de proteção social convergente atribuídas pela Caixa Geral de Aposentações (CGA).

O Presidente da República promulgou também o diploma do Governo que altera os regimes jurídicos de proteção social nas eventualidades de doença, desemprego e parentalidade para os trabalhadores a recibos verdes.

Entre as medidas, passa a ser considerado um período de 10 dias para o processamento do subsídio de doença, quando até aqui os trabalhadores independentes só tinham proteção 30 dias após o atestado de incapacidade para o trabalho.

Na proteção ao desemprego, é reduzido para metade o prazo de garantia por cessação de atividade (de 720 dias de descontos para 360 dias) e passam a “relevar, apenas para efeito de prazo de garantia, os períodos cumpridos no âmbito do regime dos trabalhadores independentes e cumulativo aos períodos cumpridos no regime de trabalhadores por conta de outrem”, explicou anteriormente o ministro do Trabalho e Segurança Social.

Isto quer dizer que “um trabalhador independente que, por exemplo, transforme a sua relação de trabalho numa relação de trabalho por conta de outrem e ela finaliza por motivo de desemprego tem direito, para o subsídio de desemprego, contar a totalização do tempo que esteve a descontar, incluindo como trabalhador independente, coisa que hoje não era possível”, explicou o ministro.

O diploma promulgado introduz também uma alteração ao regime de proteção no desemprego dos empresários em nome individual, no conceito de redução do volume de negócios, que passa de 60% para 40%.

O Conselho de Ministros aprovou também alterações na dimensão da parentalidade, através do alargamento do direito a subsídio de assistência a filhos e a netos dos trabalhadores independentes, à semelhança do que acontece com os trabalhadores dependentes, o que não estava previsto no regime anterior.

Por fim, Marcelo Rebelo de Sousa promulgou também as alterações à regulamentação do Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial de Segurança Social.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Aumentam a miséria de 6 ou 10 euros às pensões para algumas delas caírem no escalão superior e assim terem de pagar mais IRS… Enquanto isso, os pançudos do regime são aumentados em centenas, milhares de euros… E depois dizem que o fosso entre ricos e pobres é cada vez maior…

RESPONDER

Novos documentos. Donald Trump terá falado com Michael Cohen para silenciar Stormy Daniels

Documentos legais que acabam de ser divulgados reforçam ideia de que Donald Trump, ao contrário do que garante, participou em contactos com o advogado na altura em que este, durante a campanha presidencial, tratou dos …

Estação espacial chinesa cai hoje na Terra

Uma estação espacial chinesa está prestes a voltar à Terra. Esta sexta-feira, a Tiangong-2 deverá queimar durante uma reentrada controlada na atmosfera terrestre. Com um punhado de detritos, a estação deverá cair no Oceano Pacífico Sul …

Depois de os EUA sancionarem Ancara, Rússia está disponível para vender caças à Turquia

A Rússia anunciou estar disponível para vender a Ancara caças Sukhoi Su-35, aproveitando o crescente fosso entre os Estados Unidos (EUA) e a Turquia. A disponibilidade surgiu um dia depois de o Presidente Donald Trump ter …

Nova Lei de Bases da Saúde aprovada. PPP só na próxima legislatura

A maioria de esquerda aprovou esta quinta-feira uma nova Lei de Bases da Saúde, proposta pelo Governo socialista, em votação final global na Assembleia da República, contemplando o primado da gestão pública. As bancadas de PS, …

Itália. Eleição de Ursula Von der Leyen para a UE ameaça romper Governo

Quase todos os dias os dois chefes aliados, Luigi Di Maio, do Movimento 5 Estrelas (M5S), e Matteo Salvini, da Liga, atacam-se diretamente. Dentro de uma aliança de contrários, os dois partidos mobilizam as suas …

Homem descobriu a sua perna amputada na imagem de um maço de tabaco

Um albanês descobriu que uma fotografia da sua perna amputada foi usada, sem autorização, na parte da frente dos maços de tabaco. Um homem de 60 anos descobriu que uma fotografia da sua perna amputada foi …

Ilhan Omar promete continuar a ser o "pesadelo" de Donald Trump

"O pesadelo dele é ver uma refugiada imigrante somali a ascender ao Congresso. Vamos continuar a ser um pesadelo porque as suas políticas são um pesadelo para nós", disse Ilhan Omar. Esta quinta-feira, Ilhan Omar classificou …

Benfica confirma saída de Salvio para o Boca. "Chorei como um bebé"

O extremo Eduardo Salvio transferiu-se do Benfica para o Boca Juniors, na Argentina, num negócio esta quinta-feira oficializado pelo clube da Luz, que não revelou os valores envolvidos. O argentino esteve oito temporadas no Benfica, as …

"É preciso reduzir os impostos às pessoas, nomeadamente aos salários, e taxar o carbono"

Para António Guterres, a "vontade política esmoreceu" depois do Acordo de Paris aprovado em 2015. Entre medidas propostas em prol do clima, o Secretário-Geral das Nações Unidas fala em "acabar com subsídios aos combustíveis fósseis". António …

Costa: Marcelo não se recandidatar seria "incompreensível para 80% dos portugueses"

O secretário-geral do PS, António Costa, declarou esta sexta-feira que uma eventual não recandidatura presidencial de Marcelo Rebelo de Sousa seria "incompreensível para 80% dos portugueses" e adiantou que Eduardo Ferro Rodrigues voltará a ser …