Existência de projeto “Novitchock” confirmada por cientista russo

Um cientista russo contrariou Moscovo e afirmou que o projeto de armas químicas “Novitchok” existe. “Novitchok não é uma substância, é todo um sistema de armas químicas”

Um cientista russo, citado esta segunda-feira pela agência estatal Ria-Novosti, disse que trabalhou no projeto de armas químicos “Novitchok”, implicado no envenenamento de Sergei Skripal, contrariando a posição de Moscovo de que este programa não existia.

“Novitchok não é uma substância, é todo um sistema de armas químicas”, disse o cientista e um dos criadores deste programa Leonid Rink, em entrevista à Ria-Novosti.

O agente neurotóxico Novitchok foi apontado por Londres como sendo a fonte do envenenamento do ex-agente duplo russo e da sua filha. “Ainda estão vivos, o que significa que ou não era o sistema Novitchok ou estava preparado de forma errada“, disse Rink.

O químico russo Vil Mirzayanov, agora refugiado nos Estados Unidos, revelou a existência do programa e a sua fórmula química. Segundo o químico, estes agentes de máxima eficácia foram desenvolvidos na década de 1980 por cientistas soviéticos.

Após as acusações de Londres, Moscovo negou a existência de qualquer programa de desenvolvimento de armas químicas chamado “Novitchok”, tanto no tempo da URSS como na atual Rússia.

“Um grande grupo de especialistas estava a desenvolver o Novitchok em Moscovo e Chikhany: técnicos, toxicólogos, bioquímicos… Conseguimos um resultado muito bom”, afirmou Rink. Durante o período soviético este sistema foi designado por “Novitchok-5“. “Este nome nunca foi usado sem o número que lhe estava associado”, disse.

Na entrevista, Rink deixou claro que não acredita que a Rússia esteja por trás do envenenamento de Sergei Skripal, porque sabe que o uso deste agente neurotóxico pode ser rastreado. “Disparar num indivíduo, que não apresenta qualquer interesse, um míssil deste calibre e depois fazê-lo sem alcançar o objetivo é o auge da estupidez”, defendeu.

De acordo com o químico, a tecnologia do projeto “Novitchok” é acessível “para qualquer estado desenvolvido” ou grande empresa farmacêutica.

Depois desta entrevista polémica, o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo foi questionado hoje pela Agência France Presse, e manteve a sua posição. “Não havia qualquer programa de pesquisa e desenvolvimento sob o nome Novitchok”.

O caso levou já a primeira-ministra britânica a anunciar a “suspensão de contactos bilaterais” com Moscovo e a expulsão de 23 diplomatas russos, aos quais foi dado o prazo de uma semana para deixarem o Reino Unido. Depois disso, a Rússia reagiu e anunciou a expulsão de 23 diplomatas britânicos e o fim das atividades do British Council no país.

Numa entrevista à BBC, o ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Boris Johnson, disse no domingo que Londres tem “evidências” de que a Rússia “desenvolveu e armazenou” o Novichok.

Os chefes de diplomacia da União Europeia condenaram na segunda-feira o envenenamento do ex-espião russo e da sua filha e admitiram considerar altamente provável o envolvimento da Rússia, como defende o governo britânico.

Em comunicado, os ministros dos Negócios Estrangeiros dos 28 consideraram que “a vida de muitos cidadãos foi ameaçada por este ato impiedoso e ilegal” e assumiram levar “extremamente a sério” a avaliação do Governo do Reino Unido de que é “altamente provável” que a Rússia seja responsável pelo envenenamento dos Skripal.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “O químico russo Vil Mirzayanov, agora refugiado nos Estados Unidos”. Será preciso dizer mais? para bom entendedor (e há muito poucos…) meia palavra basta!

  2. claro, até porque os russos são uns anjinhos não é?
    é com cada um… sempre com olhos tapados a defenderem o indefensável!!!

    • Penso que o seu comentário foi dirigido a mim, portanto “responderei” como se de tal se tratasse. NUNCA disse que os russos são “anjinhos”. Nem de longe nem de perto! Apenas quis dizer que AGORA ele acusa, quando tem as costas quentes e protegido pelos outros “anjinhos” que são os americanos.
      Mas… Indefensável? MAs tem assim tanta certeza? é verdade que os russos não são “anjinhos” mas negar qualquer defesa (mesmo que vã) aos russos, acha correcto? Parece (segundo as autoridades britânicas) que o veneno é de fabrico russo. Vamos partir do princípio que é. Então isso culpabiliza imediatamente os russos? Isso é o mesmo que dizer que quem usa as M16 americanas para matar quem quer que seja, é culpa imediata dos americanos? Quando se usa os Mirage para bombardear pessoas, isso é culpa dos franceses? Quando se mata com uma espada samurai isso é culpa dos japoneses? Não!
      Mas… Ainda pode dizer: “Mas este veneno era desnvolvido secretamente pelos russos, por isso só os russos o poderiam usar…” Errado! Com as voltas que este Mundo já deu, você não acha que a “receita” do dito veneno já não viajou meio mundo? Inclusivé até à Grã-Bretanha?
      Está a ser preconceituosa e parcial. Está a partir do principio que a Grã-Bretanha está a dizer a verdade (e até pode) não dando qualquer hipótese de defesa aos russos (mesmo que sejam culpados!). Isso é muito feio e fica-lhe muito mal… Isso sim é indefensável!
      Nota: Já agora… Não acha de uma enorme estupidez o Putin arriscar-se a ser envolvido numa trama destas nas vésperas de uma eleição? Não acha de uma enorme estupidez o Putin “assassinar” um traidor com um veneno russo? Pois, claro que seria óbvio (na sua concepção) que a “nacionalidade” do dito veneno daria o responsável. Ora… O Putin pode ser muitas coisas, (e a maioria más) mas burro não é…
      Não seja tão tapadinha, Ana Isabel…
      PS: Caso o comentário não seja para mim, peço desculpa e retiro tudo o que lhe disse (embora a minha opinião se mantenha)

RESPONDER

Termina hoje o prazo para validar faturas para apresentar no IRS

Os contribuintes têm até esta quinta-feira para validar e verificar as faturas de 2020 no Portal e-fatura e que vão servir de base no cálculo das deduções no IRS. Há já vários anos que as deduções …

“Foi torturada”. Princesa Latifa escreve carta à polícia a pedir que investigue desaparecimento da irmã

Latifa escreveu à polícia britânica em 2019. O caso da sua irmã Shamsa, raptada em Inglaterra há mais de vinte anos, tem muitas semelhanças com o drama agora vivido pela princesa. A princesa Latifa, filha do …

Pelo menos oito mortos após golpe de Estado em Myanmar. ONG pedem embargo ao fornecimento de armas

Pelo menos oito pessoas morreram em Myanmar, como resultado da violência desencadeada após o golpe de Estado realizado pelos militares a 1 de fevereiro, segundo a Associação de Assistência aos Prisioneiros Políticos (AAPP). Até agora, o …

24 mil milhões até 2025 e 100% renovável até 2030. Eis o novo plano estratégico da EDP

A EDP apresenta esta quinta-feira o seu novo plano estratégico, comprometendo-se a investir 24 mil milhões de euros até 2025 na transição energética e anunciando o objetivo de até 2030 se tornar 100% verde. Na nota …

Manchester United e Liverpool querem Raphinha, ex-Sporting

Raphinha, antigo jogador do Sporting CP e do Vitória SC, está a ser sondado pelo Manchester United e pelo Liverpool. O brasileiro tem estado em destaque na Premier League, ao serviço do Leeds. Manchester United e …

50 deputados e menos de 100 pessoas na sala. Posse de Marcelo segue modelo do 25 de Abril

Marcelo Rebelo de Sousa vai tomar posse como Presidente da República, no parlamento, no dia 9 de março, numa cerimónia em que apenas estarão presentes 50 dos 230 deputados e menos de 100 pessoas no …

Depois de um conselho nacional tenso, líder do CDS reúne-se com a bancada parlamentar

O líder do CDS vai reunir-se, esta quinta-feira, com os cinco deputados centristas para dialogarem sobre a articulação entre a direção e a bancada parlamentar. Tal como recorda o jornal Público, esta reunião de trabalho acontece depois …

Enquanto Flamengo afasta regresso de Jorge Jesus, o "Galo" vem ao ataque

O treinador benfiquista afasta o cenário de uma saída precoce do Estádio da Luz. O Flamengo rejeita o regresso de Jorge Jesus, enquanto o Atlético Mineiro manifesta o seu interesse. Jorge Jesus foi categórico: "Não vou …

"Ihor gritava como um cão atropelado". Seguranças contam nova versão em tribunal

O segurança Manuel Correia testemunhou esta quarta-feira que “ouviu gritos” de Ihor Homeniuk vindos de uma sala do SEF no aeroporto de Lisboa e que encontrou um dos inspetores com um pé em cima da …

Dos pés de Cancelo para a cabeça de Bernardo Silva. City ganha na Champions com um golo 100% português

Os internacionais portugueses João Cancelo e Bernardo Silva foram fundamentais para a vitória do Manchester City sobre o Borussia Monchengladbach (2-0), na primeira mão dos oitavos da Liga dos Campeões, com ação direta nos dois …