“A profissionalização é fundamental”. Este ano já morreram quatro bombeiros, todos voluntários

Rodrigo Antunes / Lusa

Nos incêndios deste ano já morreram quatro bombeiros. O último ano tão mortífero foi 2013, em que sete bombeiros perderam a vida. Em comparação, nos incêndios de 2019, não se registaram vítimas mortais entre esses profissionais.

Como noticiou o Expresso na terça-feira, o bombeiro Carlos Carvalho, de 40 anos, voluntário de Cuba, no Baixo Alentejo, foi apanhado a 13 de julho num incêndio em Castro Verde, no qual mais quatro colegas ficaram feridos. Ficou com queimaduras em mais de 90% do corpo, acabando por morrer.

Este ano já morreram outros três bombeiros, todos voluntários: um no combate ao fogo, um num acidente de automóvel durante as operações e outro que se sentiu mal durante um fogo. Já nos fogos de 2017 em Pedrógão e na região centro morreram dois bombeiros.

“É difícil responder sem os resultados dos inquéritos que já foram abertos pelas autoridades”, disse o presidente da Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários, João Marques. “Às vezes é simplesmente azar, outras vezes excesso de confiança ou má preparação. Não quero estar a avançar com uma explicação sem saber em concreto o que aconteceu”, acrescentou.

João Marques indicou que “os números são, de facto, surpreendentes” e que não têm uma explicação óbvia. “Espero que fiquem por aqui. Para nós o desejável é que não morresse um único bombeiro. Estamos obviamente preocupados e já enviámos um ofício à secretária de Estado, juntamente com os bombeiros profissionais, para discutirmos o tema, mas ainda não tivemos resposta”.

“A profissionalização é fundamental”, admitiu João Marques. “Apesar de eu ser presidente de uma associação que representa os bombeiros voluntários, defendo que os profissionais têm de ser a primeira resposta no combate aos incêndios ou em outras emergências. As situações mais difíceis exigem mais treino, e um voluntário que tem outra profissão não tem a disponibilidade e o treino de um profissional”.

“A excelência atinge-se com mais treino e mais formação. O contrário é que seria de estranhar”, concluiu João Marques.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. E a profissionalização cria algum escudo protector aos bombeiros? Já fizeram contas, com a profissionalização quantos bombeiros são precisos? Sempre houve e continuará a haver grandes incêndios, e não é com a profissionalização que deixam de haver. Alterem o dispositivo de combate, onde seja o bombeiro que vai ao encontro do fogo, e não, o bombeiro ficar na estrada à espera que o fogo aí chegue.

  2. E porque não acabar com os incendiários?. Aumentar as penas para 25 anos de prisão efectiva?.
    Aposto que se acabarem com os incendiários, não haverá mais mortes.
    Experimentem.

  3. E a prevenção musculada onde está, os incendiários quem os, ataca a sério, por que razão as nossas tropas não fazem vigia por todo o país durante os meses críticos, por que razão não se organiza a floresta de uma vez por todas, por que razão continuamos a viver de promessas e mentiras, por que razão, governos e Assembleia da República não atuam em conformidade com a gravidade da situação? CHEGA!

RESPONDER

Encontrado o primeiro planeta que sobreviveu à morte da sua estrela

Uma equipa internacional de astrónomos relatou o que pode ser o primeiro planeta intacto encontrado a orbitar uma anã branca, as densas sobras de uma estrela semelhante ao Sol, apenas 40% maior do que Terra. O …

Os sinais de vida em Marte podem ter sido "apagados" por ácidos

Fluidos ácidos podem ter destruído há muito as evidências de vida biológica passada dentro da argila marciana - possivelmente explicando, assim, por que é tão difícil encontrar evidências de vida antiga no Planeta Vermelho. Em pouco …

Faca feita de fezes entre os vencedores deste ano dos prémios Ig Nobel

Uma faca feita com fezes congeladas e um jacaré a arrotar são alguns dos vencedores dos prémis Ig Nobel, que distinguem as invenções mais incomuns. Os prémios Ig Nobel – uma paródia dos prémios atribuídos pelas …

O hemisfério norte teve o verão mais quente de que há registo (e isso é um sinal de alerta para a Terra)

O hemisfério teve em 2020 o verão mais quente de que há registo. No geral, o Planeta Terra teve três dos meses mais quentes, e o mês de agosto foi o segundo mais quente que …

Há uma nova explicação para o naufrágio do Titanic: Uma fantástica Aurora Boreal

Todos conhecemos a história do Titanic. Também todos sabemos que o seu naufrágio aconteceu após o grande navio ter embatido num iceberg. Contudo, um investigador americano põe novas hipóteses em cima da mesa. E se …

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …