Professores querem voltar à mesa de negociações

Rodrigo Antunes / Lusa

Esta segunda-feira, os professores entregaram uma carta aberta na qual manifestam total disponibilidade para a reabertura de negociações com a tutela.

A plataforma das dez organizações sindicais de professores que promovem a greve às avaliações entregou esta segunda-feira uma carta aberta manifestando “total disponibilidade” para a reabertura de negociações com a tutela para a recuperação do tempo de serviço.

“Nós entregámos a carta porque o ministro tem repetido que está disponível para negociar. Nós também estamos”, disse Mário Nogueira, porta-voz da plataforma das 10 estruturas sindicais, depois de entregar a carta a uma assessora de Tiago Brandão Rodrigues.

Mário Nogueira sublinhou ainda que o ministro “tem mandado recados pela comunicação social e diz na Assembleia da República que quer negociar, mas depois esquece-se que tem de enviar uma convocatória, que é um ato indispensável para o arranque das negociações”.

Os professores querem voltar à mesa de negociações e voltar a colocar em cima da mesa a questão da contagem do tempo de serviço para efeitos de progressão na carreira, exigindo a contabilização dos nove anos, quatro meses e dois dias em que tiveram a carreira congelada.

Do lado contrário, o do Governo, a proposta não chega aos três anos e recuperação de tempo de serviço.

Mas os sindicatos não ficam por aqui e querem ainda negociar regras específicas de aposentação dos docentes, assim como medidas que permitam rejuvenescer a profissão e conferir estabilidade aos precários. A regularização dos horários de trabalho e a garantia de “concursos justos e transparentes” são outras das matérias que pretendem discutir.

Três semanas depois de greve às avaliações, com uma adesão que tem ultrapassado os 90%, os professores iniciam hoje mais uma semana de greve, marcada agora pela definição de serviços mínimos para as reuniões dos 9.º, 11.º e 12.º anos de escolaridade.

O colégio arbitral decidiu decretar serviços mínimos para estes três anos de escolaridade, tal como pedido pelo ministério, que justificou a sua necessidade com o facto de estes alunos realizarem provas ou exames nacionais e precisarem, por isso, das notas internas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Nova ponte sobre o Douro não vai estar concluída em 2022

As câmaras do Porto e Gaia admitiram esta quinta-feira que a nova ponte sobre o rio Douro "dificilmente" vai estar pronta em 2022, como estava previsto, apontando para 2020 o lançamento do concurso público. O ponto …

Tribunais com luz verde para aceder a dados escolares de menores. Governo ignora alerta sobre Protecção de Dados

A Justiça vai ter acesso directo e automático às informações escolares de menores por via da "desmaterialização da informação" prevista no Simplex. A medida foi aprovada numa nova portaria conjunta dos ministérios da Justiça e …

"Ridícula". Donald Trump critica escolha de Greta Thunberg para Personalidade do Ano

O Presidente norte-americano, Donald Trump, comentou esta quinta-feira, a escolha da Greta Thunberg como “Personalidade do Ano” pela revista Time, aconselhando a jovem sueca a controlar a “raiva” e ir ao cinema. A ativista já …

Bruno de Carvalho sabia que o plantel "não estava com ele", diz Podence em tribunal

O futebolista Daniel Podence disse em tribunal, esta quinta-feira, que o antigo presidente do Sporting sabia "perfeitamente que o plantel não estava com ele", na altura da invasão à academia do clube, em Alcochete. Na 12.ª …

"É o que dá ser novata". Líder parlamentar do PAN engana-se no tema do debate

A líder parlamentar do PAN, Inês Sousa Real, protagonizou um momento caricato na Assembleia da República, esta quinta-feira, quando subiu à tribuna e começou a sua intervenção sobre pessoas sem-abrigo quando o debate era sobre …

Pelo menos um morto e 25 feridos na explosão em prédio na Alemanha

Pelo menos uma pessoa morreu e 25 ficaram feridas esta sexta-feira na sequência de uma explosão num edifício residencial em Blankenburg, na Alemanha. Uma explosão num prédio de habitação na cidade de Blankenburg, região da Sáxonia, …

Infarmed retira do mercado 7 cremes para crianças da Wells, Barral e Dermosense

O Infarmed detetou irregularidades em sete produtos cosméticos hidratantes para crianças, ordenando a retirada do mercado de dois cremes de rosto para bebé, da Barral e da Wells, e a retirada voluntária de dois outros …

Ninguém sabe o que fazer com duas estátuas de Salazar

Nem o Estado, nem a Câmara Municipal de Santa Comba Dão parecem saber o que fazer com duas estátuas de António de Oliveira Salazar. Haveria planos para as exibir no Museu Salazar, mas como o …

Tancos. Principal suspeito vai ser libertado em janeiro

João Paulino, o principal suspeito do roubo de material militar dois paióis de Tancos, e mais sete suspeitos vão ser libertados a 28 de janeiro. A informação é avançada esta sexta-feira pela revista Sábado, que dá …

Filhos de imigrantes nascidos em Portugal podem ser portugueses desde que um progenitor seja residente

A Assembleia da República aprovou, esta quinta-feira, na generalidade, as alterações à lei da nacionalidade do PAN e do PCP, e rejeitou, com os votos do PS, o projeto do Livre. Horas antes da votação em …