Professores pedem a Marcelo melhores condições de testagem à covid-19 nas escolas

Manuel de Almeida / Lusa

A Associação Sindical de Professores Licenciados enviou uma carta ao Presidente da República a pedir maior abrangência da testagem dos que contactaram com alunos infetados.

A Associação Sindical de Professores Licenciados (ASPL) pediu ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que intervenha junto do Governo para que sejam melhorados aspetos fundamentais relativamente à testagem e isolamento de casos suspeitos e positivos de covid-19 nas escolas.

Numa carta aberta enviada no domingo ao Presidente, a ASPL diz estar preocupada com algumas situações que se vivem nas escolas e pede a Marcelo a sua intervenção junto do Governo por forma a melhorar aspetos fundamentais na estratégia de prevenção e mitigação da pandemia da covid-19. A ASPL refere-se à testagem e isolamento profilático dos casos suspeitos e dos positivos, para além do distanciamento físico.

“Relativamente à testagem e ao isolamento profilático, não se compreende como apenas são testados os alunos que estão sentados mais próximos (ao lado, e imediatamente à frente e atrás do(a)s aluno(a)s que testaram positivo ou são claramente suspeitos de estarem infetados)”, sublinha.

A Associação considera que seria mais avisado que, pelo menos, os contactos mais próximos, como sejam os restantes alunos das respetivas turmas e os seus professores, assim como os assistentes operacionais que com eles convivem, fossem para isolamento profilático e fossem testados.

“Lamentavelmente, não é o que acontece em muitas situações, continuando alunos, professores e assistentes operacionais, a frequentar a escola, como se nada tivesse acontecido!”, frisa. Por isso, a ASPL entende que “está na hora do Governo fazer a parte que lhe compete, caso contrário este esforço hercúleo” de todos “será posto em causa”.

“E se há lugar onde a identificação dos contactos é mais fácil e célere fazer é a escola, dado os alunos estarem organizados por turma e terem espaços atribuídos, estando sob a responsabilidade dos seus professores e/ou assistentes operacionais!”, é referido na carta.

No entendimento dos professores e educadores, “não é suficiente afirmar que ‘o regresso às escolas decorreu de forma impecável’ e que ‘os casos existentes são residuais’, quando não existe informação oficial sobre o número de casos já identificados”.

“Nem vimos nas escolas as autoridades de saúde a atuarem com critérios claros e objetivos que permita a toda a comunidade escolar continuar a trabalhar em segurança, tendo confiança que esses mesmos procedimentos acautelam, tanto quanto é possível, a sua saúde e a saúde dos seus alunos”, é sublinhado.

A associação diz ainda ter enviado em julho passado e ao longo do mês de setembro ao Ministério da Educação os contributos da ASPL e alertas para uma série de situações e omissões que foram constatando, mas sem sucesso, tendo por isso remetido mais recentemente informação à ministra da Saúde, Marta Temido, e ao primeiro-ministro, também sem resposta.

Na carta, a ASPL mostra-se disponível para em cooperação com o Governo para melhorar a situação nas escolas.

No sábado, após o Conselho de Ministro extraordinário para analisar medidas para conter a propagação do vírus, o primeiro-ministro disse que são residuais – tendo em conta a população escolar – o número de casos de covid-19 detetados de alunos ou docentes ou não docentes infetados nas escolas.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …