Produção na Autoeuropa “está completamente parada” devido à greve

Dave Pinter / Flickr

Fábrica Volkswagen em Dresden

A fábrica de automóveis da Autoeuropa, em Palmela, “está completamente paralisada em todas as secções” devido à greve que decorre, esta quarta-feira, até ao final do dia contra o trabalho obrigatório ao sábado, disse à agência Lusa fonte sindical.

“Tal como prevíamos, está a haver uma forte adesão à greve. Isto prova que os trabalhadores se identificam com os motivos que levaram a esta paralisação”, disse Eduardo Florindo, do Sitesul, Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Sul.

“Há centenas de trabalhadores em greve que estão concentrados aqui à entrada da empresa”, acrescentou Eduardo Florindo, salientando que os sindicatos continuam a aguardar uma resposta ao pedido de reunião que fizeram à administração.

Os trabalhadores da Autoeuropa iniciaram na manhã de quarta-feira o segundo turno de greve contra o trabalho aos sábados que teve início às 23h30 de terça-feira e termina à meia noite de quinta-feira.

Os cerca de três mil trabalhadores que participaram nos plenários realizados na segunda-feira aprovaram uma resolução a confirmar a rejeição dos novos horários, particularmente pela imposição do trabalho aos sábados.

De acordo com o sindicato Sitesul, com os novos horários que a empresa pretende implementar, cada trabalhador só teria direito a gozar dois dias de folga consecutivas de três em três semanas, quando, a juntar ao dia de folga fixa, domingo, a folga rotativa fosse ao sábado ou à segunda-feira.

A administração da Autoeuropa só vai pronunciar-se depois da greve, que termina à meia noite de quinta-feira.

// Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Sindicatos e comissão de trabalhadores manobrados pelo PCP, já sabíamos que eram irresponsáveis.
    Agora ficamos a saber que o governo Costa, pela sua inacção, é igualmente irresponsável.
    O WV T-Roc vai ser deslocalizado para um país onde haja gente e governo mais espertos, Portugal perde 2.000 postos de trabalho e a Auto Europa fica mais perto de fechar. Nesse dia as culpas do PCP serão todas do patronato.
    O PCP continua a ter um objectivo. A destruição da economia do país e o aumento da pobreza, pois é nesse contexto que o partido ganha adesão.

  2. Que argumentação balofa, ridicula e sem sentido “”um país onde haja gente e governo mais espertos”* será concerteza o Bangladesh o Sri Lanka o Burkina Faso ou a China, locais para onde os amigos patrões deslocalizam, por norma, a produção. Esteja quem quiser á vontade para emigrar para esses “paraísos na terra” onde os governos e as gentes são muito espertos.
    Quanto ao PCP, que, sem estar no governo, tem permitido juntamente com o Bloco, a governação do P S, sendo portanto co-responsável pelo maior crescimento económico do pais das ultimas décadas, pela descida acentuada do desemprego, por um dos melhores défices de sempre e prepara-se agora para ajudar a fazer e aprovar uma nova tabela de IRS que irá beneficiar uma grande parte dos contribuintes portugueses.
    Os factos desmentem portanto o preconceito ideológico bafiento e a critica sem fundamento.

    • E pelo maior massacre em incêndios neste país (trocou responsáveis em vésperas de “época” de fogos- jobs, boys) e pela maior dívida em valor absoluto do país (todos devemos mais ao estrangeiro) e pelo mais baixo investimento de sempre (incluindo o estado novo) e pelo regresso à censura de livros (só para citar os mais recentes…), etc. etc.

RESPONDER

Tribunal rejeita providência cautelar requerida pela Ordem dos Enfermeiros contra ministério

O Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa rejeitou a providência cautelar pedida pela Ordem dos Enfermeiros (OE) contra o Ministério da Saúde no processo de sindicância à OE, anunciou esta segunda-feira o Governo. Em comunicado, o …

Paraísos fiscais. Portugal transferiu 672 milhões em 2018

Os bancos a operar em Portugal transferiram 672 milhões de euros no ano passado para territórios que constavam das listas de offshores problemáticos da União Europeia. Em 2018, os bancos a operar em Portugal transferiram 672 …

Discurso da Rainha. Entre crime, saúde e imigração, o Brexit foi destaque

Várias propostas de lei relacionadas com o Brexit destacam-se no programa do governo britânico para os próximos meses apresentado esta segunda-feira pela rainha Isabel II no parlamento, o qual inclui a implementação de um eventual …

Conservadores polacos vencem legislativas com maioria absoluta

Os conservadores nacionalistas no poder na Polónia venceram as eleições legislativas com 45,16% dos votos, de acordo com os resultados oficiais que se referem à contagem de 82,79% das circunscrições. O partido conservador eurocético Lei e …

Ambulâncias rejeitadas no Hospital de Setúbal por sobrelotação das urgências

Ambulâncias que chegavam ao Hospital de São Bernardo, em Setúbal, durante a tarde de domingo, foram encaminhadas para outros hospitais. As urgências do centro hospitalar estavam sobrelotadas. Entre as 12h e as 16h30 deste domingo, o …

Professores regressam à greve ao trabalho extraordinário

A paralisação poderá comprometer as avaliações intercalares dos alunos, alertam os sindicatos que pedem o cumprimento do horário de 35 horas semanais. A greve dos professores ao trabalho extraordinário regressa esta segunda-feira às escolas, sem data …

Caos na Síria. Bombardeamentos turcos levam à fuga de centenas de militantes do Daesh presos

Cerca de 800 militantes do Daesh fugiram neste domingo da prisão de Ain Issa, de acordo com a administração autónoma curda, que acusa a Turquia de ter dado “cobertura aérea” para que a fuga fosse …

Supremo Tribunal espanhol reativa mandado de detenção europeu contra Puigdemont

Um juiz do Supremo Tribunal de Justiça espanhol, Pablo Llarena, aceitou o pedido do Ministério Público e reativou o mandado de detenção europeu para a extradição de Carles Puigdemont. O ex-Presidente do governo regional da Catalunha …

A partir de agora, os saldos têm mesmo que ser saldos

Já estão em vigor as alterações à lei relativa aos saldos e promoções. As novas normas definem que um produto vendido em saldo ou promoção não pode ter um preço mais alto do que o …

Marcelo Rebelo de Sousa critica "instrumentalização do medo" pelo poder

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse hoje haver demasiados poderes com medo que o medo acabe, considerando a "instrumentalização do medo" para acorrentar os outros como um problema na ordem do dia. “Há …