Processo de Oscar Pistorius vai ser reavaliado

Futebol 365

Oscar Pistorius

A decisão foi tomada pela juíza Thokozile Masipa e consiste em permitir que os magistrados do Supremo Tribunal sul-africano verifiquem se a sua sentença foi correta e aplicada de acordo com a lei.

Oscar Pistorius foi condenado a prisão efetiva pelo homicídio involuntário – e não pelo assassinato – da sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp, que foi atingida por quatro balas de grande calibre disparadas através da porta da casa de banho.

“O nosso argumento é que [o atleta] devia ser acusado de assassinato e condenado a uma pena mínima de 15 anos, e é isso que pedimos”, explicou à agência francesa de notícias AFP o porta-voz do Ministério Público sul-africano, Deanna Ncube, admitindo estar satisfeito com a decisão tomada pela juíza.

A questão centra-se em saber se o atleta paralímpico, vencedor de seis medalhas de ouro, tinha alguma intenção de matar e se agiu com malícia ou negligência.

O Ministério Público considera que Oscar Pistorius não deve ser preso com base nas suas afirmações de que não tinha intenção de matar ninguém. Isso cria um precedente perigoso para a jurisprudência sul-africana até porque o país regista uma criminalidade elevada, argumentou o procurador Gerrie Nel, criticando a decisão de hoje do tribunal.

O atleta sul-africano, de 27 anos, foi declarado culpado, a 12 de setembro passado, pelo homicídio involuntário da sua namorada, de 29 anos, abatida a tiro a 14 de fevereiro de 2013.

A juíza Thokozile Masipa ilibou o atleta da acusação de homicídio premeditado – como era solicitado pelo Ministério Público -, tendo considerado provado que Pistorius disparou intencionalmente através da porta da casa de banho da sua habitação em Pretória, mas sem a intenção de matar a pessoa que se encontrava no local.

O atleta foi condenado a cinco anos de pena de prisão efetiva pelo crime de homicídio involuntário, mas também a três anos de pena suspensa por uso de arma de fogo.

Nessa altura, um tio de Oscar Pistorius afirmou que a família do atleta sul-africano aceitava o veredito do tribunal. Também a família da modelo sul-africana Reeva Steenkamp afirmou na altura estar satisfeita com a sentença.

O julgamento de Oscar Pistorius durou mais de sete meses. O atleta sul-africano tornou-se, em 2012, no primeiro corredor com as duas pernas amputadas a disputar uns Jogos Olímpicos (em Londres), tendo conseguido chegar às meias-finais da prova de 400 metros.

ZAP / Futebol365 / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Queremos justiça", exigem famílias de vítimas do ataque em Cabul. CIA alertou para a presença de civis

A família das 10 vítimas mortais do ataque com drone dos EUA a um veículo em Cabul exigem que os operadores sejam julgados em tribunal. A CIA terá alertado para a presença de civis segundos …

Rio abre o jogo sobre o futuro do PSD. Não se recandidata se fizer "igual, pior ou muito pouquinho melhor"

Líder social-democrata deu a conhecer o que é, para o próprio, um bom resultado nas próximas autárquicas, recusou-se a falar sobre as movimentações internas no PSD, expôs o papel do partido na votação do OE …

Corpo encontrado em parque natural será de Gabby Petito

Este domingo foi encontrado um corpo no parque nacional de Wyoming, nos Estados Unidos, que corresponde ao da jovem Gabrielle Petito, que se encontrava desaparecida, anunciou a polícia federal norte-americana (FBI). "No início do dia de …

Nuno Espírito Santo admite que "muita coisa correu mal", mas não escapa às críticas

O Tottenham saiu derrotado por 3-0 do embate com o Chelsea. Nuno Espírito Santo reconheceu os problemas na equipa, que foi duramente criticada por Roy Keane. O Chelsea manteve-se no comboio dos líderes da Liga inglesa, …

Críticas às novas tabelas da ADSE em várias áreas da Saúde

A nova tabela da ADSE, que entrou em vigor a 01 de setembro, tem enfrentado críticas de vários setores da Saúde, desde dentistas a nutricionistas, principalmente pelos valores atribuídos a alguns atos, exclusões e restrições. A …

Cuba é o primeiro país a vacinar crianças a partir dos dois anos

Depois de um drástico aumento de casos e mortes em crianças, a estratégia de vacinação em Cuba mudou. Com o objetivo de ter mais de 90% dos 11 milhões de habitantes imunizados até Dezembro, as autoridades …

Penálti que deu vitória ao Sporting devia ter sido repetido

Um penálti convertido por Pedro Porro deu a vitória, este domingo, ao Sporting. Especialistas entendem que a grande penalidade devia ter sido repetida. O Sporting CP conquistou uma vitória sofrida, este domingo, após derrotar o Estoril …

Marques Mendes: Governo vai abrir discotecas e acabar com limite à lotação no comércio e restaurantes

Marques Mendes considera também que a task force para a vacinação deve ser extinta em Outubro e que em Dezembro deve ser decidida uma terceira dose para os cidadãos acima de 65 anos. No seu habitual …

OE2022: Governo negocia englobamento obrigatório de rendimentos no IRS

O englobamento obrigatório de rendimentos no IRS é uma medida que está incluída no programa do Governo e é um dos temas de grande interesse no núcleo comunista. O assunto está a ser negociado no …

Falcao marcou mas o protagonista foi o árbitro: "Já nem sei quem viu amarelo"

Falhas na comunicação com os outros árbitros e confusão numa suposta expulsão, após 13 cartões amarelos: um jogo que Cordero Vega não vai esquecer. Radamel Falcao estreou-se neste sábado pelo Rayo Vallecano e já terá reunido …