Há uma “grande probabilidade” de variante de Manaus se tornar dominante em Portugal, diz Sociedade Brasileira de Virologia

Mário Oliveira / SEMCOM

A variante do SARS-CoV-2 detetada em dezembro em Manaus, no Brasil, pode vir a tornar-se dominante em Portugal, disse o presidente da Sociedade Brasileira de Virologia, Flávio Guimarães da Fonseca, apesar de no momento ainda ser a variante britânica a dominar os novos casos.

“Esse cenário é absolutamente possível”, disse o responsável pela sociedade Brasileira de Virologia, na terça-feira à Rádio Observador.

“Atualmente, 80% dos casos de covid-19 na cidade de Manaus são causados pela variante brasileira P1. Todos os vírus, quando se multiplicam, geram vários mutantes, e quando estes têm vantagem em relação às amostras originais, acabam por predominar em pouco tempo. Isso aconteceu em Manaus, no Reino Unido (em relação à variante britânica), e infelizmente pode acontecer também em países que acabam por receber essas novas variantes com este elevado grau de infeciosidade”, acrescentou.

A possibilidade de que a variante brasileira se espalhe em Portugal é real, “se não forem tomadas medidas de contenção, como o distanciamento social e mesmo a vacinação, que possa conter a expansão dessa nova variante”, continuou o especialista. No domingo, foram confirmados os primeiros sete casos da variante brasileira em território nacional.

O virologista disse que a variante brasileira contém mutações detetadas na variante do Reino Unido e outras na variante sul-africana, particularmente uma “que permite ao vírus escapar da ação de anticorpos gerada por uma infeção prévia” ou “pela vacinação”.

Foi ainda detetada a “P2”, que predomina no Brasil, originalmente detetada no Rio de Janeiro. Um estudo realizado da Fundação Oswaldo Cruz, de final de janeiro, mostrou que esta já estava presente em 91% dos casos analisados do Amazonas, cuja capital é Manaus.

Flávio Guimarães da Fonseca defendeu que a pandemia no Brasil “está longe de estar controlada”, devido à pouca percentagem de pessoas vacinadas e ao número escasso de doses adquiridas, “por causa do fracasso da política do governo brasileiro em adquirir doses suficientes para realizar uma vacinação em massa”.

“Perante este cenário, o resultado é uma população pouco complacente em relação às medidas de combate à pandemia, a ausência de vacinas e a existência de variantes muito infeciosas. Este é um cocktail bastante explosivo, e, por isso, há muita preocupação entre as autoridades de saúde pública e a população em geral, relativamente à ampla disseminação das novas variantes brasileiras”, considerou.

O virologista apontou para “um pico de infeções, mortes e sobrecarga dos hospitais logo no meio do mês de janeiro, depois das festas de fim de ano” e para um “descuido muito grande da população de uma forma geral”, que levou a um “pico nos casos de covid-19”, que entretanto já começaram a baixar.

Flávio Guimarães da Fonseca sublinhou a fraca adesão da população às medidas de combate à pandemia e o ritmo muito lento de vacinação no país.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

"Estamos do seu lado", garante Boris Johnson à opositora bielorrussa

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse esta terça-feira à líder da oposição bielorrussa no exílio, Svetlana Tikhanovskaya, que está “do seu lado” e do da Bielorrússia. Johnson manifestou “o seu forte apoio” a Tikhanovskaya “e ao …

Grupos negativos com "reservas muito em baixo". Federação apela para dádiva de sangue antes das férias

Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) apelou esta terça-feira à dádiva de sangue antes de férias e sublinhou a necessidade de sangue dos grupos O-, A- e B -, que têm as reservas …

Multas nas praias. Falta de máscaras e ajuntamentos são as ações mais observadas pela polícia

A época balnear voltou a iniciar-se de uma forma diferente dos outro anos, com regras para os banhistas e donos de concessões. Quem não cumprir está sujeito a multas - o que tem sido uma …

EUA. Pelo menos dois feridos em tiroteio junto ao Pentágono. Edifício está encerrado

Um tiroteio esta terça-feira numa paragem de autocarros e metro junto ao Pentágono, em Arlington, Virgínia, nos Estados Unidos (EUA), causou pelo menos dois feridos. Segundo avançou o Correio da Manhã, imagens do local mostram os …

Ibiza planeia ter "detetives" estrangeiros infiltrados em festas ilegais

Medida tem como objetivo controlar as festas ilegais, promovidas com frequência nas redes sociais e que atraem locais, turistas e trabalhadores sazonais. Perante o número de casos crescente — a incidência está acima dos 1.800 casos …

Jogos Olímpicos: "Não temos naturalizados, não somos o Qatar"

Selecionador da seleção de andebol do Bahrein, que afastou Portugal dos quartos-de-final, lembra que muitos dos jogadores apurados são amadores. Portugal com dois pontos, Bahrein com dois pontos, Japão com dois pontos. Na diferença entre golos …

"Não acredito neste tempo! Não pode ser! Não pode ser!" - recorde mundial incrível em Tóquio

Adam Gemili protagonizou o momento mais dramático da manhã em Tóquio, mas o destaque vai para o incrível recorde mundial nos 400 metros barreiras. "Bem, não acredito neste tempo! Não é possível! 45.94! Não pode ser! …

PR promulga alterações à Lei da Defesa Nacional e Lei de Bases das Forças Armadas

O Presidente da República promulgou esta terça-feira os diplomas que alteram as leis da Defesa Nacional e da Orgânica de Bases da Organização das Forças Armadas, destacando que a versão final atenuou "uma ou outra …

Comprar casa. Guarda é a cidade onde os preços de venda são mais em conta

De acordo com dados divulgados pelo portal imobiliário Idealista, Lisboa é o município onde é mais caro comprar casa. Guarda é a cidade onde o preço por metro quadrado é mais baixo. Nos últimos anos, os …

Novo Presidente do Irão promete tentar levantar as sanções económicas

O ultraconservador iraniano Ebrahium Raissi, que tomou posse hoje como Presidente, disse que vai tentar o levantamento das sanções impostas pelos Estados Unidos, mas não espera o apoio "dos estrangeiros" para melhorar a situação económica …