Privados têm de assegurar aos utentes previsão de custos relacionados com tratamento

Alejandro Garcia / EPA

As unidades de saúde privadas têm de assegurar aos utentes uma previsão dos custos “sobre a totalidade dos aspetos financeiros” relacionados com o tratamento da covid-19 e cujo “pagamento lhes seja exigível”, sublinhou a Entidade Reguladora da Saúde (ERS).

De acordo com um comunicado divulgado na quinta-feira, a ERS esclareceu que as unidades de saúde do “setor privado, social e cooperativo” têm de “assegurar aos utentes uma previsão de custos correta sobre a totalidade dos aspetos financeiros relacionados com a prestação de cuidados de saúde e cujo pagamento lhes seja exigível”.

Esta regra, citou a agência Lusa, inclui “os valores associados a prestações e/ou consumos adicionais estimados em contexto” da pandemia da doença provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), “garantindo uma total liberdade de escolha do utente no momento da contratação” destes serviços.

A resposta da ERS surge na sequência de várias notícias de que os prestadores de cuidados de saúde privados estavam a cobrar os equipamentos de proteção individual utilizados para o tratamento da covid-19 aos utentes que se dirigiam a estas unidades.

A ERS explicitou que “qualquer utente que acede a uma entidade prestadora de cuidados de saúde tem direito a ser previamente informado sobre todos os elementos necessários ao seu completo e efetivo esclarecimento”.

Por essa razão, os preços “devidos pelos cuidados de saúde” devem “constar de uma tabela de preços” e que deve “estar sempre disponível” para consulta pública no “estabelecimento a que diz respeito”, prosseguiu a ERS.

Estas unidades de saúde podem estabelecer “os preços dos cuidados de saúde que prestam aos seus utentes, desde que sejam escrupulosamente cumpridas as obrigações decorrentes da lei a este respeito – em especial, as regras aplicáveis aos utentes que se dirijam aos seus estabelecimentos na qualidade de utentes beneficiários do Serviço Nacional de Saúde ou de subsistemas públicos de saúde”, alertou ainda.

A nível global, a pandemia já provocou cerca de 267 mil mortos e infetou mais de 3,8 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Cerca de 1,2 milhões de doentes foram considerados curados.

Portugal contabiliza 1.105 mortos em 26.715 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia. Das pessoas infetadas, 874 estão hospitalizadas, das quais 135 em unidades de cuidados intensivos, e o número de casos recuperados passou de 2.076 para 2.258.

Portugal entrou domingo em situação de calamidade, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março. Esta nova fase prevê o confinamento obrigatório para pessoas doentes e em vigilância ativa, o dever geral de recolhimento domiciliário e o uso obrigatório de máscaras ou viseiras em transportes públicos, serviços de atendimento ao público, escolas e estabelecimentos comerciais.

Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo tinha 90 milhões para apoiar criação de emprego (mas pedidos superaram os 487 milhões)

O programa do Governo para apoiar a criação de emprego, lançado em julho, tinha uma verba de 90 milhões de euros. Dois meses depois, a procura excedeu os 487,5 milhões. O jornal Público adiantou esta quinta-feira …

Metade dos portugueses acredita que Portugal está preparado para inverno (mas defende novo confinamento)

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias e TSF revela que 47% dos portugueses defendem um novo confinamento, apesar de 50% acreditar que o país está melhor preparado para o inverno. De acordo …

Corona o melhor, Pizzi a perder bolas: as curiosidades da Liga

A I Liga 2020/2021 começa nesta sexta-feira, ainda com muitas incertezas. Entretanto, voltámos a espreitar o relatório 'Futebol em números', publicado no final de agosto pela própria Liga Portugal. Desta vez deixámos aqui algumas curiosidades …

Investigadores escrevem carta na Science para pressionar o Governo a desistir do aeroporto do Montijo

Investigadores portugueses acusam o governo português de ir contra os objetivos do Pacto Ecológico Europeu ao persistir na construção do aeroporto no Montijo, apontando sobretudo o efeito destrutivo em centenas de milhares de aves no …

Aos 20 anos, Duplantis bate mítico recorde do mundo de salto com vara

O saltador com vara sueco Armand Duplantis continua a fazer história e esta quinta-feira, no decorrer do 'meeting' de Roma, da Liga Diamante, conseguiu o melhor salto de sempre ao ar livre, com 6,15 metros. O …

PSD vai votar contra propostas para legalizar o lobbying

O PSD vai votar contra a legalização do lobbying. Os sociais-democratas defendem que as regras criam um maior afastamento entre cidadãos e entidades públicas e políticas. CDS, PAN e PS querem discutir propostas para legalizar o …

Feitiço vira-se contra o feiticeiro. Flamengo é humilhado na Libertadores

O Flamengo sofreu a mais pesada derrota do clube na Taça Libertadores, após ter sido goleado por 5-0 pelos equatorianos do Independiente del Valle. Depois da eliminação do SL Benfica da Liga dos Campeões, às mãos …

Governo sabia do amianto em carruagens compradas à Renfe. É de fácil remoção, diz ministro

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, disse esta quinta-feira que o Governo sabia que carruagens compradas à espanhola Renfe contêm amianto, mas que é de fácil remoção e voltou a considerar …

PJ pediu ajuda à Doyen para identificar Rui Pinto. Aníbal Pinto diz-se "chocado"

Em mais uma sessão do julgamento de Rui Pinto, esta quinta-feira, o investigador da Polícia Judiciária (PJ) José Amador admitiu ter contactado um advogado da Doyen para que o fundo de investimento acelerasse uma investigação …

Gareth Bale está de regresso ao Tottenham

O extremo galês Gareth Bale regressa ao Tottenham num empréstimo válido por uma temporada. Os Spurs também compraram Sergio Reguillon ao Real Madrid. Gareth Bale despediu-se na quinta-feira dos companheiros do Real Madrid, avança a imprensa …