Príncipe Ernesto de Hanoover vendeu o castelo da família por um euro

O príncipe Ernesto Augusto de Hannover entregou o Castelo de Marienburg, residência oficial da Casa de Guelfo, pelo preço simbólico de um euro ao Estado da Baixa Saxónia, no norte da Alemanha.

Depois de se tornar chefe de uma das dinastias europeias mais distintas em 2004, Ernesto passou os últimos sete anos em negociações para vender o edifício de maneira a não gastar mais dinheiro na sua conservação.

Isto porque, a partir de 2020, as dispendiosas obras de renovação do castelo começarão – são mais de 27 milhões de euros para evitar a queda do monumento histórico da realeza alemã. “Não podemos garantir que o montante seja suficiente”, reconheceu o ministro regional da Cultura, Björn Thümler, admitindo um aumento do orçamento no decorrer da renovação, de acordo com o El Español.

Em 1857, Jorge V de Hannover levou Maria de Saxe-Altemburgo ao topo de uma colina com 135 metros de altura, em Pattensen, anunciando que ali iria construir um castelo em sua honra e a seu gosto, em homenagem aos 14 anos de casamento e aos três filhos em comum.

As obras começaram no ano seguinte. O castelo era constituído por 140 quartos distribuídos por cinco andares. No entanto, Jorge V nunca chegou a ver o castelo devido à cegueira e Maria viveu apenas alguns anos na residência antes de acompanhar o rei para um exílio em 1867, depois do exército prussiano ter ocupado Hannover. Ao todo, o custo das obras seriam de 50 milhões de euros atualmente.

“Foi uma decisão de grande importância para a minha família”, admitiu o príncipe Ernesto Augusto quando deu a conhecer a venda do palácio. “Encontrámos uma boa solução que permitirá que o palácio e o seu inventário possam conservar-se para o público.” O edifício alberga diversas obras de artes e mais de 1.700 peças de interesse histórico. É possível que o castelo se converta num museu ou hotel.

O jovem de 35 anos iniciou o processo de venda às autoridades de Hannover em 2011 mas os problemas financeiros foram herdados pelo seu pai, o príncipe Ernesto Augusto. Em 2005, o chefe da Casa de Guelfo já tinha sido obrigado a vender tesouros artísticos do palácio, que geraram uma receita de 44 milhões de euros. Com o dinheiro, o príncipe renovou uma torre do Castelo de Marienburg que estava a cair aos pedaços.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Pescador encontra destroços de navio que terá naufragado há mais de 200 anos

Arqueólogos mexicanos localizaram os destroços de um navio na costa do estado de Quintana Roo, no México, e acreditam que o mesmo terá naufragado há mais de 200 anos. De acordo com a BBC, o naufrágio …

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …