Primeiras vacinas já chegaram. Temido fala de “janela de esperança” num combate ainda muito difícil

José Coelho /Lusa

O primeiro lote das vacinas contra a covid-19 chegou este sábado a Portugal, ficando guardado numas instalações no concelho de Montemor-o-Velho, nos arredores de Coimbra. A ministra da Saúde, Marta Temido, fala numa “janela de esperança” no combate à pandemia, que será ainda muito difícil.

Escoltada por forças de segurança, a viatura que transposta as vacinas, duas caixas que no total pesam 41 quilogramas, entrou no perímetro da unidade de armazenamento cerca das 09:45. O processo de abertura da viatura, que estava selada, foi acompanhado no local por responsáveis do Governo, dirigidos pela ministra da Saúde, Marta Temido.

É um marco histórico para todos nós, um dia importante depois de um ano tão difícil. Foi difícil lidar com a incerteza e em que foram pedidos tantos sacrifícios”, começou por dizer a governante a partir do armazém onde está guardado o primeiro lote da vacina.

“Abre-se agora uma janela de esperança, sem que esqueçamos que há um combate muito difícil para fazer”, recordou a ministra da Saúde, acrescentando: “Agora cabe a cada sistema de saúde fazer o seu trabalho e garantir a sua administração”.

Este lote “simbólico” de 9.750 doses, como chegou a catalogar o primeiro-ministro foi, todavia, reforçado na quarta-feira com o anúncio pela ministra da Saúde, Marta Temido, da antecipação da entrega de mais 70.200 doses, que têm chegada prevista para segunda-feira, elevando o total disponível até ao final do ano para 79.950 vacinas.

O alargamento do número de vacinas já neste arranque do plano de vacinação contra a covid-19 vai levar, segundo Marta Temido, ao alargamento do número de profissionais selecionados e de hospitais abrangidos, com a ministra a assumir a sua esperança numa cobertura total da rede hospitalar do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

“Até ao momento está tudo a decorrer como estava previsto pela task force. Está tudo a decorrer satisfatoriamente”, disse ainda a governante, não adiantando muitos detalhes sobre a distribuição da vacina pelo país.

“Não estamos livres de determinados movimentos”, alertou.

Portal dedicado à vacinação

Os portugueses têm disponível a partir deste sábado um portal dedicado ao processo de vacinação contra a covid-19, que visa esclarecer a população sobre “todos os detalhes” da campanha que arranca no domingo, anunciou o Governo.

O Ministério da Saúde adianta, em comunicado citado pela agência Lusa, que esta página disponibiliza toda a informação sobre a vacinação através de “uma linguagem simples e clara” respondendo às principais questões que têm vindo a ser levantadas desde o anúncio da chegada da vacina a Portugal.

“A vacina é eficaz?”, “a vacina é segura?”, “quais os diferentes tipos de vacina que serão administradas em Portugal; “quais os grupos prioritários?” são alguns exemplos das perguntas colocadas e que os portugueses podem ver agora respondida no portal.

“Além da resposta a estas perguntas mais gerais existe ainda uma área nesta nova página – FAQ’s – onde se podem encontrar esclarecimentos quanto a aspetos mais específicos como os efeitos secundários das vacinas ou o que fazer após estar vacinado”, refere.

Entre os principais destaques da página, encontra-se uma simulação que o utilizador pode preencher para ficar a saber em que altura será chamado pelo SNS. Além desta ferramenta, são ainda disponibilizados os contactos e linhas de apoio que devem ser utilizados pelos cidadãos que queiram saber mais sobre o processo de vacinação.

A nova página, que já tinha sido anunciada pelo coordenador da ‘task-force’ responsável pela elaboração do Plano de Vacinação contra a Covid-19, Francisco Ramos, está disponível no ‘site’ da Direção-Geral da Saúde e no portal do Governo “Estamos On”.

Costa enaltece “extraordinário esforço” da Ciência

O primeiro-ministro saudou a chegada hoje a Portugal do primeiro lote de vacinas contra a covid-19, enaltecendo o “extraordinário esforço” da Ciência e a “coordenação exemplar” da União Europeia, mas ressalvou que ainda é cedo para baixar a guarda.

“Chegou hoje o primeiro lote da vacina anti #covid-19. Um extraordinário esforço da Ciência, uma coordenação exemplar da União Europeia, escreveu António Costa, numa mensagem publicada na sua conta oficial da rede social Twitter.

O primeiro-ministro lembra que o país ainda tem “pela frente vários meses de trabalho bem planeado”, mas, realçou, agora pode-se ter “a certeza de que há luz ao fundo do túnel”. “Mas ainda não saímos do túnel. Por isso ainda é cedo para baixar a guarda e relaxar nas medidas de proteção. Com determinação reforçada por este momento de esperança”, sublinha na mensagem António Costa, que está em isolamento profilático na residência oficial de São Bento, em Lisboa.

A campanha de vacinação contra a covid-19 arranca no domingo em Portugal, à semelhança de outros países da União Europeia, a vacina é facultativa, gratuita e universal, sendo assegurada pelo SNS. A próxima remessa de vacinas chegará na segunda-feira.

Na última segunda-feira, a Comissão Europeia autorizou a colocação no mercado da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Pfizer e BioNTech, horas após a Agência Europeia do Medicamento (EMA) ter dado o seu parecer científico favorável.

Nesse mesmo dia Marta Temido disse que os profissionais de saúde dos centros hospitalares universitários do Porto, São João, Coimbra, Lisboa Norte e Lisboa Central seriam os primeiros a ser vacinados contra a covid-19.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Deco avança para tribunal contra Apple por manipulação de desempenho dos iPhones 6

A Deco Proteste anunciou esta segunda-feira que avançou com uma ação judicial contra a Apple, acusando-a de práticas enganosas por ter manipulado os iPhones 6, 6 Plus, 6S e 6S Plus para se tornarem obsoletos …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: pouco Festival no FC Porto-Sporting

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/fc-porto-0-0-sporting-o-musical Está bem: Futebol Clube do Porto contra Sporting Clube de Portugal. Segundo classificado recebe o líder. Jogo que pode praticamente definir o novo campeão nacional de futebol. O encontro é naquele estádio junto ao centro …

Índia e Paquistão comprometem-se a respeitar cessar-fogo em Caxemira

Na quinta-feira, o Paquistão e a Índia alcançaram um acordo para fazer cumprir o cessar-fogo na região de Caxemira, reivindicada pelos dois países. A fronteira entre ambos é palco frequente de ataques que deixam soldados …

Governo quer rever norma da dádiva de sangue que exclui homossexuais

O Governo determinou, esta segunda-feira, a constituição de um grupo de trabalho para rever a norma que exclui dadores "por comportamento sexual". De acordo com o SAPO24, o Ministério da Saúde determinou a constituição de um …

Governador de Nova Iorque volta a ser acusado de assédio sexual

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, foi acusado por outra ex-assessora de assédio sexual, que foi sua assistente executiva e conselheira de políticas de saúde até novembro do ano passado. Segundo noticiou no sábado o New …

Francisco Assis alerta Governo para riscos das raspadinhas

O presidente do Conselho Económico e Social (CES), Francisco Assis, vai promover um estudo sobre o impacto social do vício da raspadinha e informar o Governo, na esperança de que este repondere o lançamento da …

Mais de 75% dos refugiados sírios podem sofrer de stress pós-traumático

Mais de três quartos dos refugiados sírios podem estar a sofrer de distúrbios mentais, como transtorno de stress pós-traumático (TEPT), dez anos após o início da guerra civil no país. De acordo com um artigo do …

AVC foi a principal causa das 112.334 mortes em 2019

As doenças circulatórias foram as principais causas das 112.334 mortes verificadas em Portugal em 2019, divulgou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística, assinalando que a mais mortífera foi o acidente vascular cerebral (AVC). Em 2019, …

Iémen irá enfrentar a pior fome já vista nas últimas décadas. Guterres implora por generosidade

De acordo com a ONU, a situação humanitária no Iémen é muito grave e o país irá enfrentar a pior fome à qual o mundo já assistiu. Esta situação pode ser revertida se os seus …

"Um erro histórico". Tratado assinado em Portugal incentiva aquecimento global

Um tratado assinado em Lisboa concede um grande poder às empresas de energia para processar os Estados caso se sintam prejudicadas por políticas climáticas. O Tratado da Carta da Energia (TCE) é um acordo internacional assinado …