/

Portugal vai receber mais 70 mil doses da vacina ainda este ano

3

Rodrigo Antunes / Lusa

Portugal vai receber até final do ano mais 70.200 doses de vacinas contra a covid-19, mais um lote do que o inicialmente previsto para este ano, perfazendo 79.950 doses, anunciou a ministra da Saúde, Marta Temido.

O anúncio foi feito na noite desta quarta-feira, numa declaração aos jornalistas sem direito a perguntas, na qual Marta Temido explicou que um primeiro lote de vacinas chegará a Portugal no próximo dia 26, sábado, e que dois dias depois chegará outro lote.

Marta Temido precisou que a farmacêutica que desenvolveu a vacina que Portugal vai administrar antecipou a entrega do segundo lote. Assim, às 9.750 vacinas que estavam previstas juntam-se mais 70.200 doses que chegam a Portugal ainda este ano.

“Espera-nos um Natal de muito trabalho, de intenso trabalho. A primeira entrega [de vacinas] está prevista para dia 26 de dezembro. A segunda entrega prevista para dia 29 de dezembro”, explicou a ministra da Saúde.

A governante precisou que em causa está uma antecipação no calendário, não havendo alterações no número total de vacinas que serão administradas no primeiro trimestre.

A antecipação da entrega permitirá, contudo, alocar mais vacinas para a região autónoma da Madeira e dos Açores e expandir a vacinação.

“É muito importante porque daqui decorrerá a possibilidade de alocar já 9.750 vacinas também à região autónoma da Madeira e dos Açores, por um lado, e, por outro lado, continuar a expandir a vacinação dos profissionais de saúde e prestadores de cuidados diretos de pessoas suspeitas ou de doentes covid, de acordo com uma proporção que temos considerado constante e que permitirá vacinar 60% dos profissionais que foram identificados já neste momento”, explicou.

Com a antecipação, a ministra diz ainda que o Governo espera que todos os hospitais do Serviço Nacional de Saúde fiquem abrangidos na primeira fase de vacinação.

É um facto muito significativo e muito encorajador, que nos permite alargar o universo de profissionais a vacinar, concretamente os hospitais abrangidos, esperando nós atingir todos os hospitais do SNS com esta primeira entrega de vacinas”.

“Espera-nos um Natal e uns dias a seguir ao Natal de muito trabalho, mas também de grande satisfação por esta oportunidade que se abre depois de um ano tão difícil onde os portugueses foram obrigados a prescindir de tanta coisa”, diz ainda.

As vacinas contra a covid-19 começam a ser administradas no dia 27.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.718.209 mortos resultantes de mais de 77,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. Em Portugal, morreram 6.343 pessoas dos 383.258 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

  ZAP // Lusa

3 Comments

    • Caro leitor,
      A maravilhosa fonte desta maravilhosa notícia, como poderia ter percebido se tivesse tido a maravilhosa ideia de a ler toda, é a Agência Lusa. 🙂

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE