O Presidente dos Estados Unidos vai atacar o Irão e começar uma guerra para ser reeleito (disse Trump)

Michael Reynolds / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Vários tweets de Donald Trump, no qual o Presidente norte-americano acusava o seu antecessor Barack Obama de desencadear uma guerra com o Irão para conseguir ser reeleito, foram agora recuperados depois do ataque ordenado pelos Estados Unidos para matar o general da elite do Irão Qassem Soleimani.

Na passada quinta-feira, Trump ordenou a morte do comandante da força de elite iraniana Al-Quds. “Por ordem do Presidente, as forças armadas dos Estados Unidos tomaram medidas defensivas decisivas para proteger o pessoal norte-americano no estrangeiro, matando Qassem Soleimani”, disse o Departamento de Defesa norte-americano.

O ataque aéreo, que matou mais sete pessoas incluindo o “número dois” da coligação de grupos paramilitares pró-iranianos no Iraque, Abu Mehdi al-Muhandis, levou vários utilizadores a recuperarem antigas publicações de Trump, datadas de 2011 e 2013.

No Twitter, Trump insinuou pelo menos 14 vezes que Barack Obama atacaria o Irão e iniciaria uma guerra para conseguir ser reeleito Presidente dos Estados Unidos.

“O nosso Presidente vai começar uma guerra com o Irão porque não tem absolutamente nenhuma capacidade de negociar. É fraco e ineficaz. Portanto, a única forma de que conseguiu encontrar para ser eleito (…) é começar uma guerra com o Irão”, disse Donald Trump em 16 de novembro de 2016, citado pelo portal Business Insider.

“Para ser eleito, Barack Obama vai começar uma guerra com o Irão”, voltou a escrever, pouco dias depois, a 29 de novembro de 2011. “Obama vai atacar o Irão para ser reeleito”, 17 de janeiro de 2012. “Agora que os números do Barack Obama não estão bem, esperem até fazer um ataque contra a Líbia ou o Irão. Está desesperado”, 9 de outubro de 2012.

Barack Obama acabou por ser reeleito Presidente dos Estados Unidos em novembro de 2012 para o segundo e último mandato, sendo empossado em janeiro de 2013.

Após a reeleição, as previsões e insinuações de Donald Trump continuaram no Twitter.

“Prevejo que o Presidente Obama vai, em algum momento, atacar o Irão para salvar a própria pele”, 16 de setembro de 2013. “Lembrem-se do que eu disse: um dia o Obama vai atacar o Irão para mostrar quão duro é”, voltou a insistir, a 25 de setembro de 2013.

Apesar de ter vaticinado que Obama atacaria o Irão, foi agora o próprio Trump a ordenar um ataque a um general iraniano pouco antes da realização de presidenciais nos Estados Unidos, cujo escrutínio está marcado para 3 de novembro de 2020.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, o Pentágono alegou que levou a cabo o ataque porque Soleimani estava “ativamente a desenvolver planos para atacar diplomatas e membros de serviço norte-americanos no Iraque e em toda a região”.

Por sua vez, o Irão, pela voz do seu líder supremo, prometeu vingar a morte do seu general. “O martírio é a recompensa pelo trabalho incansável durante todos estes anos. Se Deus quiser, o seu trabalho e o seu caminho não vão acabar aqui. Uma vingança implacável aguarda os criminosos que encheram as mãos com o seu sangue e o sangue de outros mártires”, afirmou Ali Khamenei, citado pela a agência France-Presse.

SA, ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Tão previsível.
    À beira de um processo de destituição e em ano de eleições, Trump quer espalhar o medo e exaltar a supremacia americana para se manter no poder; nem que para isso tenha de matar centenas de milhares de inocentes e pôr em causa a estabilidade mundial. É um fanático, um terrorista típico.
    Mais uma vez os EUA usam argumentos fingidos para levar a cabo os seus intentos políticos e pessoais do seu presidente. Já vimos este filme com George W. Bush. Vamos ver se desta vez a Europa é mais esperta.

  2. o que os governantes nao fazem para serem reeleitos
    uns dao aumento de ordenados, baixam o valor dos passes sociais, etc
    este abre uma guerra com os paises islamicos
    depois admiram-se se tiverem um segundo 11 de setembro.
    ja vimos que com estas ideias, quem vai sofrer (o povo). espero que o povo americano nao seja penalizado por ideias estupidas dos governantes.

  3. “O martírio é a recompensa pelo trabalho incansável” então se é assim, deviam agradecer em vez de ameaçar atacar!
    Os EUA fizeram-lhe uma vontade, agora é mártir!
    o Trampas já nós sabemos o que é… um monte de esterco!

  4. Basta ver o dia a dia dos gringos em que se matam uns aos outros com a paranoia das armas, o Trump é muito perigoso, o mundo vai sofrer com o gajo, e nós europeus comemos por tabela.

  5. querem saber sem ser politicamente correto,: que se fodam esses Faquires que tou farto deles desde que nasci e tenho 52 é só religião e guerra por tudo e por nada, arrebentem com eles Americanos, camón gringos hui uuu.

RESPONDER

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …

Apple e Google removem das suas lojas de aplicações um dos jogos mais populares do mundo

As gigantes tecnológicas Apple e Google removeram esta semana das suas lojas de aplicações, a App Store e a Google Play Store, respetivamente, o Fortnite, um dos jogos mais populares de todo o mundo. As …

Encontrado tesouro de artefactos nazis no "Covil do Lobo", o quartel-general ultrassecreto de Hitler

Quando os nazis se prepararam para invadir a União Soviética, em 1941, construíram um quartel-general militar secreto na floresta Masúria, na Polónia, ao qual chamaram "Wolfsschanze" ou "Covil do Lobo". Desde a sua descoberta após a …

Itália vai construir um túnel submarino para unir Sicília ao continente

Itália está a planear construir um túnel para ligar a região insular da Sicília ao continente italiano. O projeto de cinco mil milhões de euros vai ser pago com a parte do Fundo de Recuperação …

Point Roberts tinha um pé nos EUA e outro no Canadá (mas agora não "pertence" a nenhum)

Point Roberts, em Washington, está numa posição única. Localizada na ponta da Península de Tsawwassen, a cidade fica totalmente abaixo do paralelo 49, a linha que separa o Canadá dos Estados Unidos. Agora, a cidade …

Milhares de processadores quebraram um trilião de chaves para resgatar um Zip com bitcoins

Um misterioso homem perdeu o acesso a um ficheiro Zip onde estavam encriptadas as suas chaves privadas de bitcoins. Os 300 mil dólares foram resgatados por dois especialistas em criptografia — e por muitos milhares …

Reino Unido com mais de mil novas infeções pelo quarto dia consecutivo

O Reino Unido registou mais 11 mortos e 1.441 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico, que manteve restrições sobre a área metropolitana de Manchester e parte do norte …

Governo não pondera (para já) proibição de fumar ao ar livre

O Governo não está a ponderar, neste momento, proibir fumar ao ar livre como foi decretado em Espanha, mas há “muitos aspetos em aberto” que serão acompanhados, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta …

Lotação do Avante reduzida a um terço. Visitantes terão uma "área superior à que está estabelecida para as praias"

O PCP anunciou que vai limitar a entrada na sua anual Festa do "Avante!" a um terço da capacidade total, em virtude do contexto de pandemia de covid-19. O espaço de 30 hectares das Quinta da …