Presidente do Brasil arguido por obstrução à Justiça e organização criminosa

Beto Barata / PR

Michel Temer

O presidente do Brasil, Michel Temer, foi constituído arguido no final da tarde de hoje acusado de praticar os crimes de obstrução à justiça e participação em organização criminosa.

A denúncia foi apresentada pelo procurador-geral do país, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal brasileiro.

De acordo com o procurador, Michel Temer e parlamentares do Partido Movimento Democrático Brasil (PMDB), participaram num suposto esquema de corrupção envolvendo membros da Câmara dos Deputados com o objetivo de obter vantagens indevidas em órgãos da administração pública.

Terão praticado ações ilícitas em troca de subornos por meio da utilização de diversos órgãos públicos, como a petrolífera Petrobras, a hidrolétrica de Furnas, o banco Caixa Económica, o Ministério da Integração Nacional e a câmara baixa.

A denúncia refere que o esquema desenvolvido permitiu que os denunciados recebessem pelo menos 156 milhões de euros em subornos. Michel Temer é acusado de ter atuado como líder desta suposta organização criminosa desde maio de 2016.

“Para Rodrigo Janot, em maio de 2016, com a reformulação do núcleo político da organização criminosa, os integrantes do “PMDB da Câmara”, especialmente Michel Temer, passaram a ocupar papel de destaque que antes tinha sido dos membros do PT, Partido dos Trabalhadores, em razão da concentração de poderes na Presidência da República”, diz a Procuradoria Geral da República em comunicado.

O mesmo órgão destacou que “há imputação do crime de obstrução à justiça por causa dos pagamentos indevidos para evitar que Lúcio Funaro assinasse delação premiada, um acordo para confessar crimes em troca da redução da pena”.

Michel Temer é acusado de instigar Joesley Batista, empresário e dono da empresa JBS, a pagar vantagens ilícitas para o agente financeiro Lúcio Funaro não concluir um acordo com a Justiça brasileira. “Temer, Joesley Batista e Ricardo Saud são denunciados por atrapalharem as investigações de infrações praticadas pela organização criminosa”, afirmou a PGR.

Apesar da tentativa, Lúcio Funaro assinou um acordo de delação premiada que foi homologado pelo Supremo Tribunal Federal e as informações prestadas constam nesta denúncia contra o Presidente brasileiro.

Joesley Batista e o executivo Ricardo Saud, também da JBS, foram incluídos na acusação de obstrução de justiça porque perderam hoje a imunidade penal porque omitiram informações durante o processo de assinatura do acordo de delação premiada.

Também são alvo desta denúncia os ex-deputados do PMDB Eduardo Cunha, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Rodrigo Loures e os ministros Eliseu Padilha, da Casa Civil, e Moreira Franco, da Secretaria-Geral da Presidência.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. janot e a quadrilha do pt na proc uradoria da republica lança o ultimo folego depois de ser descoberta a participaçao do vice procurador miller no embuste da delaçao de batista contra temer….
    janot e fachin fazem parte da mesma quadrilha de batista e lula e outros adeptos do pt e da ditadura do partido dos trabalhadores, que em 10 anos colocou o brasil entre os paises mais corruptos do mundo e mais desacreditados politicamente. temer podera ser um integrante da quadrilha….mas o que acontece e que como presidente da republica, nao pode ser investigado senao em atos praticados durante o mandato…coisa que a quadrilha de janot e fachin querem…. por isso instruiram batista para fazer uma gravaçao comprometedora….. enfim os tempos vao esclarecer tudo, é preciso e que miller e janot nao destruam as provas e fachin nao faça obstruçao a justiçacomo ate aqui.

Itália: Da crise pandémica à crise política. Conte tem agora o voto de confiança dos deputados

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, obteve ontem a confiança dos deputados para se manter no governo, depois da demissão de duas ministras do partido Itália Viva (IV) ter aberto uma crise política, deixando o governante …

"Risco de readmissão é grande". Quase um terço dos infetados voltou ao hospital (e um em cada oito morreu)

De acordo com um estudo recente realizado no Reino Unido, quase um terço das pessoas que tiveram alta de um internamento por problemas de saúde relacionados com a covid-19, em Inglaterra, regressaram ao hospital pela …

Fecho das escolas "seria a medida mais forte de saúde pública"

O encerramento das escolas "seria a medida mais forte de saúde pública a ser tomada", perante a existência de um "teto falso" na deteção de novos casos e o aparecimento da variante inglesa, defendeu esta …

"Ato ditatorial" e "humilhação cruel". Mourinho criticado por optar por Gedson em vez de Dele Alli

O ex-futebolista Stan Collymore chamou Mourinho de ditador e criticou o facto de ter deixado Dele Alli de fora dos convocados em detrimento de Gedson Fernandes. Stan Collymore, antigo jogador do Liverpool, criticou José Mourinho pela …

Preços das casas devem descer neste ano (e deixam a banca em risco)

Após se terem aguentado mais ou menos estáveis em 2020, apesar da pandemia de covid-19, os preços das casas devem começar a descer neste ano com o prolongar da crise sanitária. Uma situação que preocupa …

Sem promessas para 2022, Governo admite criar “escalões intermédios” na Função Pública

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, admitiu, em entrevista ao ECO, rever a tabela salarial da Função Pública e criar “escalões intermédios para as progressões intermédias”. Em entrevista ao jornal …

@AnaMartinsGomes. A gladiadora do Twitter é candidata a Belém

Se há arena onde a candidata socialista a Belém se sente confortável, é o Twitter. Palco de grandes partilhas e encruzilhadas, é inegável que essa rede social marca o caminho da diplomata. Ana Gomes é conhecida …

Rui Rio apela ao Governo por "confinamento a sério" e lembra que este "não existe para ser popular"

Rui Rio desafia o Governo a "impor um confinamento a sério em nome do interesse nacional". Na sua conta no Twitter, o líder do PSD escreve que "um Governo não existe para ser popular mas …

FC Porto ameaça não ir a jogo. Sporting acusa "dragões" de "pressão inaceitável"

O Sporting acusou segunda-feira o FC Porto de estar a "pressionar, de forma absolutamente inaceitável, as autoridades da Saúde e a Liga" para que Nuno Mendes e Sporar falhem hoje as meias-finais da Taça da …

Empresas de comércio e serviços propõem suspensão de alguns impostos

Com o novo confinamento geral, a maioria das empresas de comércio e serviços volta a fechar portas. Por isso, pedem-se mais apoios ao Governo, considerando que os já anunciados são insuficientes. Em declarações à rádio Renascença, …