Presidente do Banif garante que o banco não fecha (mas os clientes não acreditam)

Barcex / Wikimedia

O presidente do Banif negou a possibilidade do banco vir a fechar e pediu a todos os clientes da instituição para que fiquem tranquilos.

Em entrevista à RTP Madeira, o presidente executivo do Banif, Jorge Tomé, defendeu que a informação avançada pelos meios de comunicação “não é fundada” e é “tendenciosa”.

“Veio perturbar todo um processo estruturado que está em curso, em que a posição do Estado está a ser vendida”, afirma.

Estas declarações surgem depois de a TVI ter avançado que o banco estaria pronto para fechar e ser sujeito a uma intervenção semelhante à do BES.

O responsável garante que o banco mantém um caráter sólido e que este é um “disparate perfeito” que só veio “abalar a confiança na instituição”.

Esta é uma situação que está já a verificar-se não só no mercado de ações, depois de a cotação ter fechado em oito centésimas de cêntimo, mas também na confiança dos próprios contribuintes.

No final da tarde, a sede do Banif, no Funchal, foi atacada por uma enchente de clientes preocupados com os seus depósitos e que procuravam saber mais sobre a veracidade das últimas notícias.

“Consegui levantar cinco mil euros, mas foi noutra dependência. Não me deram mais, não tinham mais dinheiro”, contou um desses casos ao jornal Expresso, “agora, a minha mulher está lá dentro e eu já levantei 300 euros na caixa. Eu quero tirar os 30 mil que tenho aí“.

Perante esta situação de incerteza, o presidente quis também passar uma “mensagem de serenidade e tranquilidade para todos os clientes do banco”.

“Os depositantes e contribuintes podem estar descansados“, assegurou.

Jorge Tomé garantiu ainda que a negociação para a venda da instituição está a “correr muito bem”, avançando que há seis investidores internacionais a analisar a situação do banco e que conta ter propostas ainda esta semana.

Também o Banco de Portugal reagiu às últimas notícias, comunicando que está, juntamente com o Ministério das Finanças, “a acompanhar a situação do Banif”, numa tentativa de garantir “a estabilidade do sistema financeiro, bem como a segurança dos depósitos”.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Pois é o mal é que já ninguém acredita na banca ainda para mais depois do sucedido no BES QUE TODOS GARANTIAM O MESMO DESDE BANQUEIROS A GOVERNANTES E FOI O QUE FOI.
    BANCO DE PORTUGAL NEM SE FALA POIS FOI O PIOR DE TODOS E ACTUALMENTE O QUE AINDA DÁ MENOS GARANTIAS POIS OS REGULADORES PARECEM NEM EXISTIR, MAS ENFIM ESPERO QUE CORRA PELO MELHOR.

  2. Só falta o Sr. Aníbal vir dizer que o Banco está de saúde ou o Alberto João.
    A Madeira parece um queijo Suíço. Só há milhões para o fogo de artificio.

  3. Usam e abusam do dinheiro das pessoas e depois dá nisto.
    Se todos nós quiséssemos levantar TODO o nosso dinheiro do banco, é IMPOSSÍVEL, pois nenhum banco tem esse dinheiro físico nos seus cofres, mas deveriam ter. Dinheiro electrónico permite milhentas falcatruas! Pensem nisso!

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE (mas é o 3.º que menos recicla)

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE, mas é o 3.º que menos recicla, revelaram dados recentes da organização internacional. Em 2017, cada português produzir quase 500 quilogramas de lixo, valor inferior …

Novas demissões na Agência de Informações Financeiras do Vaticano

Um membro da entidade de regulação financeira do Estado do Vaticano, Marc Odendall, demitiu-se na sequência de buscas realizadas pela polícia e que originaram na suspensão do organismo do sistema de comunicações global. Marc Odendall, banqueiro …

Governo e Liga de clubes discutem redução do IVA para espetáculos desportivos

Secretário de Estado do Desporto afirma querer ouvir as reivindicações do organismo, mas sem se comprometer. O secretário de Estado da Juventude e do Desporto anunciou ontem que vai reunir-se com representantes da Liga Portuguesa de …

Tufão obriga a retirada de cerca de cinco mil pessoas do norte das Filipinas

Cerca de cinco mil pessoas foram retiradas do norte das Filipinas devido à aproximação do tufão Kalamaegi, que deverá tocar terra na província de Cagayan nas próximas horas, disseram esta terça-feira as autoridades locais. "Estamos preparados …

Acabaram-se as trotinetas no Algarve. Duraram 10 meses

A vereadora considera, no entanto, que a experiência foi “positiva”, já que permitiu recolher dados de mobilidade, nomeadamente, da utilização destas soluções em pequenos trajetos, ao mesmo tempo que colocou a questão na agenda pública. Sophie …

EasyJet diz que será a primeira a alcançar a neutralidade carbónica na aviação

A companhia aérea britânica easyJet afirmou esta terça-feira que será a primeira no mundo a alcançar a neutralidade carbónica através das compensações. Num comunicado publicado no seu site oficial, a companhia low cost anuncia ainda um …

Número de pré-avisos de greve até outubro é o mais alto dos últimos quatro anos

O número de pré-avisos de greve até outubro foi o mais alto dos últimos quatro anos, totalizando 781, segundo dados da Direção Geral do Emprego e das Relações do Trabalho (DGERT). Entre janeiro e outubro deste …

Na Índia, já há "bares de oxigénio" para quem quiser respirar ar puro

A Índia é um dos países mais contaminado do mundo. Desde o final de outubro, a poluição alcançou um nível crítico devido à queimada de restolhos nos campos. Agora, há uma solução arrojada para que os …

Depois do Papão Harrison, o novo exame foi "duro" (e muitos jovens médicos já pensam em emigrar)

Foram quatro horas de exame, com 150 perguntas, na temida Prova Nacional de Acesso para a Formação Especializada em Medicina e muitos dos jovens médicos não conseguiram concluí-la. Os que temem não conseguir aceder à …

Situação trágica. "Veneza está a desaparecer"

A situação em Veneza é trágica, com 85% da cidade italiana inundada depois das piores cheias dos últimos anos. Mas estas inundações são apenas um alerta para o que pode vir a seguir, já que …