/

Praias podem receber mais banhistas este verão

1

Smart City Sensor

Torniquete Virtual com Semáforo Luminoso Acesso às Praias em Tempo Real da Smart City Sensor

Apesar de o semáforo de lotação das praias se manter nesta época balnear, a percentagem de ocupação sobe para os 90%. Quem não respeitar as regras estará sujeito a coimas.

As limitações à lotação, introduzidas no ano passado, serão aliviadas este verão. O governo irá manter o semáforo de lotação, mas permite maior ocupação dos areais, avança esta sexta-feira o Jornal de Notícias.

Assim, o semáforo terá novas regras: a cor verde, de ocupação baixa e que correspondia até um terço de ocupação em 2020, passará a corresponder até aos 60% da capacidade do areal; a cor amarela será usada para uma ocupação entre 60% e 90% e o acesso ainda será permitido; a cor vermelha, que indica que a zona balnear está com lotação plena, vai surgir apenas quando esta atingir os 90% da ocupação total.

As normas, já aprovadas em Conselho de Ministros, explicitam que, ao aceder a uma praia com semáforo vermelho, os banhistas incorrem numa multa entre os 50 e 100 euros.

De acordo com a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, a existência de multas será a maior mudança nas regras fruição das praias. No ano passado, a função da Polícia Marítima foi apenas a de alertar os infratores para o cumprimento das normas.

Os banhistas que não usem máscara nos acessos às praias, nos restaurantes, nos balneários e nos paredões podem ser multados entre 50 e 100 euros.

Para os concessionários, as coimas serão de 500 a 1000 euros, caso falhem na higienização ou não afixem em local visível as normas.

Cascais é o primeiro concelho do país a abrir a época balnear, já este sábado, mas a falta de polícia para fiscalizar as regras preocupa a Câmara. O presidente Carlos Carreira alerta para a falta de efetivos da Polícia Marítima, 17 em toda a extensão de costa, e considera que “não cabe à Polícia Municipal autuar”, escreve o JN.

O semáforo, que regula o acesso às praias, pode ser consultado através da aplicação InfoPraia.

  ZAP //

1 Comment

  1. Este ano, vale tudo. Só se vê gente na rua. Quis ir ao Chiado, e até estacionei o meu Ferrari no Bairro Alto ( 😉 )… estes governantes só querem dinheiro no cofre, mais nada. A saúde não é uma prioridade.
    Ainda vamos voltar ao confinamento, mas parece que o nosso “presidente” está contra isso. Enfim… quanto mais enchentes se verificarem, pior será para nós, contudo, melhor para o Covid, que já não se sente tão “ALONE”.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE