Portugueses contaminados com herbicida potencialmente cancerígeno

chafermachinery / Flickr

Aplicação de glifosfato num terreno agrícola

Uma investigação realizada com um grupo de cidadãos portugueses detectou a presença de um herbicida cancerígeno, o glifosato, em quantidades vinte vezes superiores à que é encontrada em outros europeus.

Os dados são divulgados pela RTP1 no âmbito de uma reportagem que o canal público emite este sábado, e que dá conta dos resultados de um estudo promovido pela Plataforma Transgénicos Fora, com 26 voluntários portugueses das regiões Norte e Centro do País.

Amostras de urina feitas a estes participantes foram analisadas por uma Universidade norte-americana e revelaram a presença de glifosato em todos os casos avaliados.

A concentração média detectada por pessoa foi de 26,2 mg/l, o que é cerca de “vinte vezes superior” ao nível que se encontra em cidadãos suíços e alemães.

O glifosato é o herbicida mais vendido em Portugal, e considerado “potencialmente cancerígeno”.

“É um herbicida total, não selectivo – o que quer dizer que mata qualquer tipo de planta”, explica a RTP, sendo sobretudo usado na agricultura, mas também nos passeios das cidades, por exemplo, para matar as ervas daninhas.

A contaminação com glifosato pode ocorrer por ingestão de água e alimentos ou inalação.

Os alimentos geneticamente modificados são o principal problema. por serem resistentes ao glifosato – “o que quer dizer que uma plantação transgénica pode ser pulverizada com herbicidas sem que a cultura morra, só as ervas”, explica a reportagem da RTP.

A produção de transgénicos é, para já, proibida na Europa, com excepção do milho MON 181 que é também cultivado em Portugal.

Mas os alimentos geneticamente modificados podem encontrar-se em óleos alimentares, farinha de milho, maionese e outros produtos à venda nos supermercados.

As fábricas de rações portuguesas também recebem todos os dias toneladas de milho e soja geneticamente modificados e “mais de 90% da alimentação animal é feita de transgénicos resistentes ao glifosato”, sublinha a RTP.

Rações estas que acabam, de algum modo, no prato dos portugueses – quando consomem a carne de animais alimentados com elas.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Pelo queentendi, não é o transgênico que é cancerígeno, mas sim, o herbicida glifosato, usado na agricultura transgênica. Mas também usada nas calçadas urbanas para matar ervas daninhas.
    Será que também somos ervas daninhas?

  2. Um Error grande:
    ”A produção de transgénicos é, para já, proibida na Europa, com excepção do milho MON 181 que é também cultivado em Portugal.”
    Sim e feito um tipo de OGM na Europa (MON 810!!), mas não e um variedade que e tolerante ao glifosato!!! Os milhos OGM europeus nao podem ter um nivel alto de glifosato, porque morrem quando aplicado……

RESPONDER

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …

Especialistas alemães consideram que país já está a ter uma segunda vaga

Especialistas alemães consideram que o país já está a passar por uma segunda vaga de covid-19, ainda que não seja comparável à primeira. De acordo com o sindicato dos médicos Marburger Bund, o país já está …

Governo garante que julho foi o mês com mais testes à covid-19

O mês de julho registou o maior número de testes à covid-19, totalizando 431.178 rastreios e uma média diária de 13.909, revelou, esta quarta-feira, a secretária de Estado da Saúde. Na conferência de imprensa para fazer …

Imprensa chinesa acusa EUA de "abuso de poder" para roubar TikTok

Um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC) acusou esta quarta-feira os Estados Unidos (EUA) de "abusarem do seu poder" para "roubarem" o TikTok, ao forçarem a venda da aplicação de vídeos detida pela empresa …

"Poder militar supremo". Duas semanas de estado de emergência em Beirute

O Governo libanês decretou, esta quarta-feira, o estado de emergência por duas semanas em Beirute, na sequência das explosões no porto da capital. O último balanço feito pelo Governo aponta para 135 mortos. Pelo menos 135 …

43% dos restaurantes pondera avançar para insolvência

Cerca de 43% das empresas de restauração e bebidas e de 17% do alojamento turístico ponderam avançar para insolvência, informa o mais recente inquérito mensal da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP). "No …

António Mexia investe 25 mil euros no aumento de capital da EDP

O presidente do Conselho de Administração Executivo da EDP, que se encontra com funções suspensas, subscreveu 7738 ações, num investimento de 24.535 euros, no aumento de capital de mais de mil milhões de euros do …