Governo francês indignado com salário de 14 mil euros por dia de Carlos Tavares

LeWeb13 / wikimedia

O português Carlos Tavares assumiu a liderança do grupo PSA (Peugeot-Citroën) em 2014.

O português Carlos Tavares assumiu a liderança do grupo PSA (Peugeot-Citroën) em 2014.

Carlos Tavares está a gerar uma onda de indignação em França, depois de ter visto o seu salário como presidente da PSA Peugeot Citroën aumentar para a marca dos 5,24 milhões de euros. Valor considerado obsceno, mas “pequeno” face a outros patrões.

Governo e Sindicato franceses unem-se a uma só voz contra o aumento do salário de Carlos Tavares como presidente da PSA Peugeot Citroën, depois de este quase ter duplicado os seus rendimentos, em 2015, para 5,24 milhões de euros.

Quando assumiu a direcção da empresa francesa em 2014, o ex-número dois da Renault tinha um salário de 3,23 milhões de euros, mais dois milhões de euros em acções que só pode movimentar em 2019.

Um aumento que dá qualquer coisa como 14.500 euros por dia, com sábados e domingos incluídos.

O elevado aumento é justificado pelos bons resultados da PSA, que estava em situação moribunda em 2014, altura em que o português chegou à liderança.

O Estado francês, que tem 14% das acções da PSA, teve mesmo que injectar 800 milhões de euros na empresa e opõe-se agora a este aumento salarial de Carlos Tavares.

Do lado do Conselho de Supervisão da PSA, que decretou o aumento, salienta-se a “recuperação espectacular” conseguida pelo português com os objectivos atingidos a 99%, destaca o site LesEchos.fr.

Aquele órgão fala assim da “remuneração da recuperação”, depois de a PSA ter conseguido, em 2015, pela primeira vez em quatro anos, obter lucros após vários anos no “vermelho”.

Muito graças ao plano “Back in the race”, elaborado por Carlos Tavares para a recuperação da empresa, que surtiu efeitos benéficos muito mais rapidamente do que o esperado, destaca o presidente do Conselho de Supervisão da PSA, Louis Gallois, em declarações divulgadas pela Europe1.

No jornal Le Parisien, o responsável destaca que a remuneração de Carlos Tavares “não é nada desproporcionada”, tendo em conta os salários praticados no sector.

Na rival Renault – onde o Estado francês também é accionista com 19,7% das acções -, o presidente franco-brasileiro Carlos Ghosn amealhou 7,2 milhões de euros no ano passado, tendo visto o seu salário de 2,7 milhões de euros disparar em 170%, entre 2013 e 2014, numa altura em que a empresa procedeu à supressão de oito mil postos de trabalho.

Ghosn acumula as funções com a liderança da Nissan, onde ganhou mais oito milhões de euros em 2015.

Feitas as contas, trata-se de um dos patrões mais bem pagos do país, com um salário ao nível da estrela de futebol Zlatan Ibrahimovic no Paris-Saint Germain, destaca o Libération.

Apesar disso, é o “pequeno salário” de Carlos Tavares, conforme refere o Libération, que preocupa o governo francês, com o ministro da Economia, Emmanuel Macron, a notar, numa entrevista ao jornal Le Parisien, que “Carlos Tavares está errado em ignorar a sensibilidade dos franceses neste assunto”.

“A responsabilidade e a ética não se regulam pela lei, mas pelo exemplo que se dá”, disse ainda.

Do lado dos Sindicatos, lembra-se que os bons resultados são também mérito dos trabalhadores que foram aumentados em apenas oito euros líquidos por mês, em 2015.

Nem o facto de Carlos Tavares ter anunciado um prémio de dois mil euros (o salário mensal médio praticado na empresa) a todos os trabalhadores da PSA, a título de gratificação pelos bons resultados, os deixa mais satisfeitos.

SV, ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Este homem é realmente bom no que faz. Não querem pagar-lhe o que merece? Se calhar vão arrepender-se e no médio prazo perderão o seu melhor ativo. Outros estarão dispostos a pagar bem mais para o ter do seu lado.

    Custa a perceber que o mérito na área empresarial tem de ser valorizado. Mais facilmente se aceita que um CR7 ganhe o que ganhe a mandar uns pontapés numa bola e a pentear o cabelo do que alguém que cria e gere milhares de postos de trabalho em diferentes partes do mundo.

  2. Estranho que se peguem com o tuga da PSA e não com o brasuca da Renault.
    De resto, é imoral um tal salário, quer de um quer de outro, e de todos os que ganham tais montantes às custas de quem trabalha e recebe um aumento de uns trocos.

  3. Considero de um ponto de vista genérico que os vencimentos auferidos pelos CEO das grandes empresas são uma verdadeira obscenidade. De modo geral, para um operário ganhar o que um CEO tem de vencimento num mês, tem de trabalhar quase 4 anos.
    No entanto, face a este caso concreto pergunto. Será que se o Eng.º Carlos Tavares fosse alemão ou de outro país do centro ou do norte da Europa ou norte-americano se colocaria a mesma pergunta? Sempre a Xenofobia francesa face aos portugueses.
    Os senhores franceses (para além da lamentável demagogia e populismo deste ministro) já se deviam ter habituado ao facto de que os portugueses que trabalham em França já não são só pedreiros e porteiras (com todo o respeito!) e que que tem havido portugueses que apesar das dificuldades de mobilidade e ascensão social existentes na sociedade francesa, que conseguem lutar e pelas suas qualidades e competência integram as elites da gestão (é o caso do Eng.º Carlos Cunha).

  4. A mim também me indigna!!!
    Estes e todos os demais…
    Matraquilhos da bola incluídos… (vulgo estrelas de futebol…)

  5. Se este senhor pegou na empresa moribunda e a levantou e ganha este salário, se amanhã a empresa nas suas mãos for ao fundo será que ele irá reembolsá-la? Não está certo tal salário mas os funcionários que lá trabalham e muitos deles talvez com o salário mínimo também dão o seu melhor para que a empresa consiga vencer, também se se trata-se de um jogador de futebol ninguém estaria aqui a contestar o salário.

  6. Indignado, porquê?, se me dessem um salário desses eu também aceitava, nem se quer piscava os olhos, nos dias de hoje tudo o que cair na rede é peixe, mas este é dos bons, não sei por que se admiram tanto, quando temos reformados a receber todos os meses fortunas em Portugal e pouco ou nada fizeram pelo País, para além daqueles que o povo desconhece que recebem cheques chorudos mensais de 50,000€, é que Portugal cada vez está mais rico para andar a encher os bolsos de quem nem sequer é Português, não me importava de ser Xanana, cumprimentos

  7. ele foi p la fazer o trabalho dele. não fez mais que isso e o salario que foi contratado é o que lhe devem pagar. estranho é aqueles que levam as empresas a falência saírem ainda mais ricos. mas esse estilo e estratégia de gestão é mais do tipo portuguesa…

RESPONDER

Pessoas a explorar o mapa 3D mais detalhado do Universo com realidade virtual

Google Earth do Espaço. Já é possível navegar pelo mapa mais detalhado do Universo

Investigadores da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, lançaram este mês um software de código aberto que permite visitas virtuais ao Espaço. O Virtual Reality Universe Project (VIRUP) utiliza o maior conjunto de dados do …

Otamendi e Vertonghen disputam a bola com Lewandowski

Benfica 0-4 Bayern | Primeiro a ilusão, depois o rolo bávaro

A ilusão durou 70 minutos. Ao longo de toda a partida, o Bayern foi melhor, criou inúmeros lances de golo, viu dois anulados, acertou no ferro, Vlachodimos fez defesas importantes, mas o Benfica deu luta, …

China quer punir pais de crianças mal-educadas

O regime chinês está a analisar um projeto de lei que prevê que os pais possam ser punidos se os seus filhos exibirem um mau comportamento ou cometerem crimes. De acordo com a agência Reuters, o …

Rui Moreira com Francisco Rodrigues dos Santos e Carlos Moedas

Rui Moreira promete manter a "identidade do Porto" e concluir os projetos que a pandemia atrasou

O presidente da Câmara Municipal do Porto tomou posse, esta quarta-feira, e comprometeu-se a "tudo fazer" para manter a identidade do Porto e a concluir os projetos que a pandemia atrasou. "Quero concluir os projetos que …

Já há um medicamento para tratar a covid-19 em casa (e vários países assinaram acordos de compra)

Países asiáticos já estão na luta pelo novo comprimido antiviral, cujo uso ainda nem sequer foi autorizado, contra a covid-19. Países da região asiática estão já a fazer encomendas da mais recente arma contra a covid-19: …

A Facebook vai implementar uma nova estratégia e o nome vai ser das primeiras coisas a mudar

As últimas semanas têm sido tumultuosas para a empresa de Mark Zuckerberg, que se viu confrontada com os testemunhos de antigos trabalhadores no Senado norte-americano. As notícias da última semana que resultaram do testemunho, no Senado …

Cadetes da Escola Naval investigados por alegados comportamentos abusivos

A Marinha está a investigar uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos entre cadetes da Escola Naval. "A Marinha informa que hoje, 19 de outubro, teve conhecimento de uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos praticados entre cadetes …

Índia. "Montanha de lixo" que garante sobrevivência de pobres será substituída por estação de tratamento

As "montanhas de lixo" das cidades da Índia em breve serão substituídas por estações de tratamento de detritos. A maior de todas — equivalente a um prédio de 18 andares — garante a sobrevivência de …

Candidatura de Nuno Melo acusa direção de não facultar cadernos eleitorais e de sanear senadores

A candidatura de Nuno Melo à liderança do CDS-PP acusou, esta quarta-feira, os opositores de não facultarem os cadernos eleitorais nem possibilitarem a fiscalização da eleição de delegados ao congresso, apontando também a substituição de …

Bolsonaro acusado de nove crimes pela comissão de inquérito sobre gestão da pandemia

O relatório apresentado, esta quarta-feira, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado brasileiro pede o indiciamento do Presidente por nove crimes durante a pandemia de covid-19. No texto, com mais de 1200 páginas, pede-se que …