Portugueses pagam em comissões bancárias mais do dobro dos espanhóis

Os clientes bancários em Portugal pagam, em média, 78 euros anuais de comissões por serviços bancários, mais do dobro do que em Espanha, ainda que abaixo da média dos sete países analisados.

Os dados são de um estudo realizado pela consultora Deloitte para a Associação Espanhola de Banca e Confederação de Caixas de Aforro, que analisa a prestação de 120 serviços bancários simples e para clientes da banca digital em sete países europeus – Espanha, Portugal, França, Reino Unido, Holanda, Alemanha e Itália.

As conclusões indicam que o Reino Unido é o país europeu mais barato na prestação de serviços bancários básicos – abertura e gestão de conta, cartões de pagamento, levantamento de dinheiro, mudança de morada, descoberto não autorizado -, com um preço anual médio de 20 euros, seguido de Espanha com uma média anual para os serviços analisados de 38 euros.

Já em Portugal, em média, o cliente paga 78 euros por ano pelos mesmos serviços, mais do dobro do que pagaria em Espanha. Portugal tem estes serviços mais caros do que Reino Unido e Espanha, mas também do que a Holanda, que regista com uma média anual de 67 euros.

Em contrapartida, os valores cobrados em Portugal ficam abaixo de Itália (119 euros), França (135 euros) e Alemanha (181 euros), que é o país com serviços bancários mais caros, e ainda abaixo da média dos sete países analisados (91 euros).

O Jornal de Notícias aponta mesmo, na sua edição impressa desta quarta-feira, que, além dos preços praticados, Portugal apresenta os piores serviços de banca a nível europeu.

O número de serviços disponibilizados pelos bancos em Portugal também é inferior ao dos restantes países analisados. Espanha e Itália lideram a lista na qualidade de serviços oferecidos aos seus clientes. Entre os sete países analisados no estudo, Portugal apresenta também o menor número de serviços gratuitos prestados pelos bancos.

Nuno Rico, economista da Deco Proteste, não se mostrou surpreendido com o resultado do estudo. “Estamos a ter cada vez menos Banca em Portugal e cada vez mais cara”, disse  o economista em declarações ao JN.

Quanto à oferta digital, em Portugal esta oferta permite ao cliente português trabalhar com o seu banco por 61 euros por ano, numa poupança de 28% face à via tradicional, mas acima da média europeia (60 euros).

Já em Espanha, os mesmos serviços em banca digital custam apenas 20 euros, quase metade do que custam na via tradicional (38 euros) e um terço da média europeia (60 euros).

Em Portugal, foram analisados Novo Banco, Millennium BCP, Santander Totta e Activo Bank (que pertence ao BCP, analisado enquanto banco nativo digital).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pagam porque querem!!
    Eu não pago e NUNCA paguei comissões!!
    Há alternativas grátis/mais baratas!..
    É só procurar um pouco e nao ficar a à espera que “caia tudo do ceu”!

RESPONDER

PSP já apanhou mais de três mil pessoas a conduzir sem carta este ano

O número de pessoas detetadas a conduzir sem carta aumentou 22% nos sete primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. "De 1 de janeiro a 31 de julho de 2020, …

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …