Portugal já tem a taxa de transmissão mais baixa da Europa (mas novas variantes preocupam)

Angelo Carconi / EPA

O índice de transmissão do vírus que provoca a covid-19, o chamado Rt, baixou para os 0,73 em Portugal, sendo o mais baixo da Europa. Mas, ainda assim, o país tem a maior incidência de novos casos per capita numa altura em que há novas variantes do vírus a aparecer que causam preocupações acrescidas.

O último relatório do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) aponta para a presença de várias estirpes do coronavírus em Portugal.

“A mais espalhada” ainda será a variante que teve origem em Espanha e que “foi detectada em 54,7% das 532 amostras sequenciadas na semana de 10 a 19 de Janeiro”, como nota o Diário de Notícias (DN) com base nos dados do INSA.

Já a chamada variante inglesa poderá “representar 43% dos novos casos no país”, segundo referiu António Costa numa conferência de imprensa recente. Estimava-se que, nesta semana, esta variante pudesse atingir 60% dos casos, mas o confinamento terá evitado essa expansão.

“Surpreendente” é o aparecimento de uma variante “prima” da que se espalhou pela Califórnia e que está a crescer, como destaca o responsável do INSA, João Paulo Gomes, citado pelo DN. Esta variante tem uma mutação que lhe permite ligar-se melhor às células humanas e que também lhe confere maior resistência a anticorpos neutralizantes.

A variante californiana estava presente em 6,8% das amostras de 10 a 19 de Janeiro.

Entretanto, a variante brasileira foi detectada em vários casos de infectados, como revelou o director-geral da Unilabs Portugal, Luís Menezes, em entrevista ao Jornal 2 da RTP. Menezes fala em “números baixos”, mas nota que é “normal que outros laboratórios comecem também a identificar mais casos”.

A variante sul-africana também já foi detectada em Portugal.

Estas diversas variantes colocam novos desafios porque apresentam mutações genéticas que podem tornar o vírus mais contagioso ou mais resistente.

A comunidade científica considera que “as variantes inglesa, brasileira e sul-africana” são as mais preocupantes, como nota ao DN a patologista clínica Daniela Fonseca e Silva, coordenadora responsável pelo laboratório de testagem de covid-19 no IPO do Porto.

“Essas três estirpes têm em comum a mutação na posição 501“, o que permite ao vírus ligar-se de forma mais eficiente às células humanas, destaca Daniela Fonseca e Silva.

País ainda está a pagar o pico de Janeiro

Apesar destas preocupações, o confinamento está a surtir o efeito desejado na contenção do vírus e Portugal tem agora o Rt mais baixo da Europa, com 0,73, segundo os dados do INSA relativos ao período entre 3 a 7 de Fevereiro.

É o Rt mais baixo de sempre em Portugal, desde o início da pandemia, como atesta a TSF.

A maioria dos países europeus tem um Rt próximo do 1. Em Portugal, apenas a Madeira tem um índice de transmissão superior a 1, com 1,15 de incidência.

É nos Açores que o RT é mais baixo (0,58), seguindo-se o Norte (0,68) e o Centro (0,70). O Algarve e a região de Lisboa e Vale do Tejo apresentam índices de 0,75 e o Alentejo de 0,77.

Apesar desta descida no índice de transmissão, Portugal continua a ser o país europeu com mais novos casos de infectados, surgindo ainda acima dos 960 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

A aparente contradição pode ser justificada pelo pico de casos atingido em Janeiro, quando os novos infectados andavam acima dos 1600 por 100 mil habitantes.

Hospitais mais aliviados

O que é certo é que a contenção do vírus já se sente nos hospitais, onde a pressão baixou depois de se terem vivido dias de grande aflição.

Agora, o maior problema prende-se com a falta de pessoas para acompanhar os milhares de inquéritos epidemiológicos que estão em atraso, como nota ao Público o presidente da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH).

“É urgente resolver o défice de pessoal”, alerta este responsável depois de o secretário de Estado da Saúde, Lacerda Sales, ter referido no Parlamento que havia 4 mil inquéritos pendentes.

A ministra da Saúde, Marta Temido, garantiu, na mesma audiência na Assembleia da República, que o número de pessoas encarregues destes inquéritos passou de menos de 500 em Dezembro passado para mais de 1100 a 4 de Fevereiro. Mas, ainda assim, não será suficiente.

 

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Governo sabia da partilha de dados de ativistas russos desde março

O Governo sabia do envio para a embaixada russa dos dados pessoais dos manifestantes anti-Putin desde março. A notícia foi avançada pela RTP. Os ativistas russos revelaram que a sua queixa sobre a atitude da Câmara …

Nome "Donald" atingiu um recorde de baixa popularidade nos EUA

Donald Trump parece ter garantido que será o "Donald" mais notável dos próximos anos, já que o nome do ex-presidente dos Estados Unidos atingiu o recorde de baixa popularidade, em 2020. Um novo relatório da Social …

Euro2020. Eriksen caiu inanimado no relvado, mas já está "estável"

O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do Grupo B do Euro2020, foi interrompido ao minuto 43 depois do médio Christian Eriksen ter caído inanimado do relvado. O jogador do Inter Milão, de 29 …

Hungria quer proibir conteúdos sobre homossexualidade a menores de 18

O Governo conservador húngaro preparou nova legislação que proíbe a exibição de material pornográfico de qualquer tipo e de quaisquer conteúdos que encorajem a mudança de género ou a homossexualidade a menores de 18 anos. O …

Boris "não hesitará" em suspender acordo por causa da Irlanda do Norte

O primeiro-ministro britânico afirmou, este sábado, que "não hesitará" em suspender o acordo do Brexit se a União Europeia (UE) não mostrar flexibilidade e aceitar aplicá-lo de forma "sensata". "Se o protocolo continua a ser aplicado …

País de Gales 1-1 Suíça | Desperdício helvético com preço alto

Dois golos nascidos em pontapés de canto ditaram, este sábado, um empate 1-1 entre um País de Gales aguerrido e uma Suíça penalizada pela ineficácia ofensiva, num embate da primeira jornada do grupo A do …

Sesimbra também não avança para a nova fase de desconfinamento

O concelho de Sesimbra não vai avançar para uma nova fase de desconfinamento, ao contrário do que estava previsto, devido ao aumento local de casos de covid-19, disse à agência Lusa o presidente da autarquia, …

Influente bispo alemão não vê "por que não" se pode abençoar casais homossexuais

"Se os homossexuais pedem alguma bênção, por que não?", disse, esta sexta-feira, um bispo alemão que foi recebido pelo papa Francisco no Vaticano, a propósito da delegação da Comissão Episcopal da União Europeia (Comece). Franz-Josef Overbeck, …

Mais 789 novos casos de covid-19 e uma morte em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais uma morte e 789 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 789 novos …

Organização dos Jogos Olímpicos estima cerca de sete casos diários

Os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 estimam que haverá cerca de sete casos de covid-19 por dia entre as pessoas envolvidas no evento, disse a emissora pública japonesa NHK. A estimativa foi …