Portugal pede transferência de criança internada no Dubai

Marcello Casal Jr. / ABr

-

O Estado português enviou hoje às autoridades do Dubai o pedido de transferência para um hospital público da filha de um casal português, nascida prematuramente naquele país árabe, informou a Secretaria de Estado das Comunidades.

Margarida, filha de Gonçalo e Genny Queiroz, nasceu a 28 de Outubro, num hospital privado do Dubai, com 25 semanas e apenas 410 gramas. No dia seguinte, a SIC noticiou o caso e referiu que o casal de emigrantes não tinha dinheiro para cobrir as despesas hospitalares.

A Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, em conjunto com a embaixada de Portugal no Dubai, está a acompanhar o caso e, depois de, hoje de manhã, ter tido acesso ao relatório médico sobre o estado clínico da criança, pediu a sua transferência para um hospital público do Dubai.

Em declarações à Lusa, José Cesário, secretário de Estado das Comunidades, disse que ainda não obteve uma resposta do Ministério da Saúde do Dubai.

Porém, na opinião do governante, a melhor solução seria trazer a menina para Portugal, mal o seu estado clínico o permita. “É a solução que eu prefiro, não escondo isso”, admite, reconhecendo, porém, que, “clinicamente, ainda não é aconselhável” que a criança saia do hospital onde se encontra.

“Mas é uma hipótese que se mantém de pé e que eu não escondo que, para mim, seria a solução mais adequada, a partir do momento em que a criancinha tenha condições para fazer a viagem”, sublinhou, garantindo que os serviços de saúde portugueses estão preparados para tratar a menina e que o Estado assegurará o necessário transporte da família.

Essa seria a solução ideal, até porque os custos de um hospital público no Dubai “também são elevados”, realçou, especificando que os dois mil euros por dia cobrados na unidade privada onde a criança está actualmente internada serão reduzidos para pouco menos de metade.

“Continuamos a falar de uma solução cara. Estamos a ver se há alguma forma de os custos não serem tão elevados”, frisou o secretário de Estado, adiantando que “estão a ser feitas diligências” nesse sentido, quer no Dubai, junto do Ministério da Saúde, quer em Portugal, junto da embaixada do país árabe em Lisboa.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Tantos milhões esbanjados em betão (e ordenados de milhares) e depois não há segurança social/cuidados de saúde?!
    Pois… se calhar esqueceram-se de referir esse “pequeno pormenor” a muitos emigrantes europeus que foram para lá trabalhar (e, só quando se necessita, é que se dá valor)!!
    Espero que corra tudo bem com esta família, principalmente com a criança!

RESPONDER

Pentágono escolheu Microsoft para guardar os dados. Amazon contesta o contrato de 10 mil milhões de dólares

A Amazon anunciou esta sexta-feira que vai contestar a atribuição por parte do Pentágono de um contrato de armazenamento de dados 'online' (nuvem) no valor de 10 mil milhões de dólares à Microsoft. "Muitos aspetos do …

Queriam definir cidade à francesa, mas Marcelo não concordou e fez-se ouvir na Academia

A Academia Francesa apresentou, esta quinta-feira, ao Presidente português a nova definição da palavra cidade, mas Marcelo não esteve inteiramente de acordo, causando, segundo o próprio, um dos debates mais intensos dos mais de 350 …

Bolsonaro vai criar um partido "pobre, sem dinheiro, sem televisão". Quem for para lá, vai por amor

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou na quinta-feira que os parlamentares que o acompanharem na mudança para o Aliança pelo Brasil, o seu novo partido, apenas o farão por amor, já que terá poucos recursos …

"Solução razoável". Marcelo promulga já aumento do salário mínimo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai promulgar já esta sexta-feira o diploma que estabelece um aumento do salário mínimo nacional para 635 euros em 2020, que considera "uma solução razoável, a pensar …

Filósofo francês diz aos homens para violarem mulheres. "Eu violo a minha todas as noites"

O filósofo e escritor francês Alain Finkielkraut afimrou na quarta-feira, durante um programa da TF1 sobre casos de violação divulgados pelos media, que diz aos homens para violarem as suas mulheres. "Eu violo a minha …

Ex-administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da SATA

O antigo administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da transportadora aérea açoriana SATA, informou hoje o executivo regional. "O presidente do Governo [Regional], Vasco Cordeiro, comunicou à Assembleia Legislativa o nome de Luís …

Mãe que deixou recém-nascido no caixote do lixo não quis abortar

A jovem cabo-verdiana, em prisão preventiva por suspeitas de ter abandonado o seu filho recém-nascido no lixo, teve a oportunidade de abortar, mas não quis. O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou, esta quinta-feira, o pedido de …

Face Oculta. MP pede 12 anos e 10 meses para Manuel Godinho

O Ministério Público (MP) defendeu esta sexta-feira a aplicação de uma pena única de 12 anos e 10 meses de prisão para o sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, durante a audiência …

Maioria acredita que Governo vai durar quatro anos

Uma sondagem da Aximage revela que a maioria das pessoas entrevistadas acredita que António Costa vai concluir a sua legislatura, mesmo com um Governo que consideram de "estrutura exagerada". Uma sondagem da Aximage para o Jornal …

Tecnologia usada em Marte ajuda a detectar fugas de água em Gaia

Um sistema "pioneiro em Portugal" que recorre a tecnologia usada em Marte, para detectar água, está a ser utilizada pela empresa municipal Águas de Gaia, em Vila Nova de Gaia, para detectar fugas no sistema …