Portugal entre os melhores países do mundo para se ser rapariga

A organização não-governamental de defesa das crianças Save the Children anunciou esta terça-feira, Dia Internacional da Rapariga, que Portugal é o oitavo país que oferece melhores oportunidades para as raparigas.

No Índice de ‘Oportunidades para Raparigas’, Portugal ficou à frente de países como Suíça, Itália, Espanha, Alemanha, Reino Unido, França e até dos Estados Unidos.

A organização teve em conta cinco indicadores ao elaborar o índice de 144 países onde é melhor ser rapariga: casamento infantil, gravidez na adolescência, mortalidade maternal, mulheres no Parlamento e conclusão do ensino secundário.

À frente de Portugal, aparece apenas a Suécia, Finlândia, Noruega, Holanda, Bélgica, Dinamarca e Eslovénia.

Tal como a maioria dos países analisados, Portugal apresenta problemas, sobretudo, na representação feminina no Parlamento – apesar de, segundo o Diário de Notícias, um terço dos deputados na Assembleia ser do sexo feminino.

Os autores do estudo destacaram que nem todos os países ricos estão em posições favoráveis no índice da ONG.

Segundo os especialistas, a Austrália surge apenas em 21º lugar devido ao elevado registo de gravidez na adolescência – fatores que também prejudicaram a classificação do Reino Unido (15º) e do Canadá (19º).

O 32º lugar na lista é ocupado pelos Estados Unidos, devido à fraca representação de mulheres no Parlamento, ao aumento da gravidez na adolescência e à elevada percentagem da mortalidade durante a gravidez.

Em 2015, 14 em cada 100 mil mulheres morreram ao dar à luz nos EUA, enquanto que Portugal apresenta uma menor taxa de mortalidade materna – de 6 mortes no parto em cada 100 mil mulheres.

Para Lisa Wise, diretora de desenvolvimento inclusivo da Save the Children e uma das autoras do relatório, a questão da igualdade entre os sexos não é apenas preocupante nos países em desenvolvimento.

“Nos países desenvolvidos, as oportunidades também são negadas às raparigas, ao contrário dos rapazes”, afirmou Wise.

O Brasil surge mais abaixo na lista, no 102º lugar, perto da 105ª posição do Haiti, devido ao elevado número de casamentos infantis e gravidez na adolescência.

Os países de baixos rendimentos são os piores

De acordo com o estudo, os piores países para as raparigas são os mais pobres – Níger, Chade, República Centro-Africana, Mali e Somália.

“Os 20 países na parte inferior do índice são todos países de baixos rendimentos na África Subsariana. Estes países têm taxas extremamente altas de privação em todos os indicadores selecionados”, explica o documento.

O Níger, na África Ocidental, tem a mais alta percentagem de casamento infantil de todo o mundo – 76% das mulheres casam antes dos 18 anos.

A advogada da Save the Children, Kitty Arie, explicou à TSF que os casamentos prematuros têm efeitos devastadores.

“O casamento infantil dá inicio a um ciclo de desvantagens que estamos a tentar quebrar porque sabemos que ao acabar com estes casamentos aumentamos a escolaridade destas raparigas, o potencial para trabalharem e contribuírem para a sociedade”, destacou.

A Save the Children alertou que a mortalidade materna é a segunda maior causa de morte entre raparigas entre os 15 e os 19 anos (depois do suicídio), morrendo cerca de 70 mil a cada ano.

A organização já se comprometeu a acabar com o casamento infantil até 2030 – mas se nada for feito o número poderá aumentar dos 700 milhões atuais para 950 milhões nos próximos 14 anos.

BZR, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Com bens arrestados e a filha a pagar contas, é quase impossível cobrar multa de 3,7 milhões a Ricardo Salgado

O Tribunal Constitucional confirmou a multa de 3,7 milhões de euros que foi aplicada pelo Banco de Portugal ao banqueiro Ricardo Salgado, mas é quase impossível cobrar esse valor. O ex-presidente do BES tem os …

França suspende tratamentos com hidroxicloroquina

O Governo francês decidiu esta quarta-feira suspender os tratamentos à base de hidroxicloroquina para pacientes infetados com a covid-19. O Executivo revogou o decreto de 11 de maio que autorizava a prescrição e a administração …

Decisão unânime. Deputados vão pedir para ver contrato de venda do Novo Banco (e para ouvir Carlos Costa)

Os deputados da comissão de orçamento e Finanças aprovaram esta quarta-feira por unanimidade o requerimento do Bloco de Esquerda para que seja entregue ao parlamento o contrato de venda do Novo Banco ao Lone Star. Segundo …

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de Bruxelas. 15,5 mil milhões a fundo perdido

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de euros em subvenções e empréstimos no âmbito do Fundo de Recuperação da União Europeia (UE), após a crise da covid-19, que ascende a um total de 750 mil …

"Taxa covid" cobrada por clínicas e hospitais privados não é ilegal (e pode alastar ao comércio)

Aumentaram, nos últimos dias, as queixas à DECO, a Associação de Defesa do Consumidor, relacionadas com o pagamento de taxas adicionais no acesso a hospitais e clínicas privadas. Taxas que se destinam a pagar os …

O Banif deixou de ser um banco em 2015, mas continua sem haver relatório obrigatório por lei

Os credores aguardam há quatro anos e meio que seja divulgado o relatório que diga qual a percentagem de recuperação a que têm direito por lei. A 20 de dezembro, completaram-se quatro anos desde que o …

FC Porto revela tempo mínimo de paragem de Marcano

O futebolista Iván Marcano, que sofreu uma uma rotura do ligamento cruzado, vai ficar afastado dos revelados pelo menos durante três meses. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o FC Porto …

Num voo histórico, Space X lança esta quarta-feira astronautas da NASA para o Espaço

A Space X vai lançar esta quarta-feira dois astronautas da NASA para o Espaço. Este voo tripulado será certamente histórico, assinalando momentos importantes quer para a agência espacial norte-americana quer para a empresa de Elon …

Crise no PSG. Mbappé e Di Maria dispensam 70% do salário, Neymar não abdica de um euro

Visando minimizar os impactos financeiros da covid-19, o PSG reuniu com a equipa para discutir uma redução salarial. De acordo com o francês Le Figaro, não houve consenso: Mbappé e Di Maria estão dispostos a …

Bruxelas propõe Fundo de Recuperação de 750 mil milhões de euros

A Comissão Europeia vai propor um Fundo de Recuperação de 750 mil milhões de euros para a Europa superar a crise provocada pela pandemia da covid-19. "A Comissão propõe um Fundo de Recuperação de 750 mil …