Portugal esteve 4 dias seguidos a consumir apenas energia renovável

tresemes / Flickr

-

Portugal conseguiu funcionar quatro dias consecutivos apenas com energia elétrica gerada a partir de fontes de energia renováveis.

Entre 7 e 11 de maio, durante 107 horas seguidas, a eletricidade consumida no território português foi gerada 100% a partir de fontes eólicas, hídricas e solares.

A ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável, em colaboração com a Associação Portuguesa de Energias Renováveis (APREN), analisou os dados das Redes Energéticas Nacionais (REN) e concluiu que entre as 6h45 do dia 7 (sábado) e as 17h45 horas de dia 11 (quarta-feira), não foi necessário recorrer a eletricidade produzida a partir de fontes de energia não renováveis, como centrais térmicas a carvão ou gás natural.

Segundo a ZERO, as “fontes de produção de eletricidade renovável e a capacidade de gestão da rede elétrica portuguesa ultrapassaram uma difícil prova num contexto de diminutas interligações, principalmente entre Espanha e França, conseguindo que as necessidades do consumo do país tivessem sido asseguradas a 100% a partir de fontes de produção de origem renovável”.

Além de garantir todo o consumo do território nacional, Portugal conseguiu ainda “exportar uma percentagem significativa de eletricidade, quer de origem exclusivamente renovável, quer complementada nalguns casos por fontes não renováveis”, lê-se no relatório da ZERO, que atribui estes recordes na primavera à chuva e vento.

James Watson, CEO da SolarPower Europe, afirmou ao Guardian que “esta é uma conquista significativa para um país europeu, mas o que parece hoje extraordinário será um lugar comum na Europa em apenas alguns anos. O processo de transição energética está a ganhar impulso e recordes como este continuarão a ser alcançados e quebrados em toda a Europa”.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Ora tirando os euros que entraram da UE para financiar a construção das eólicas e dos painéis solares foram então 4 dias com lucro de 100 % para a EDP e congéneres. Vão baixar o preço da electricidade…? Não se calhar irão mas é aumentar os 14 milhões ao Mexia.
    Antes do mercado livre da electricidade blá blá blá quem não mudar até ao fim do ano irá ver a factura aumentada afinal mudou de ano a aumentou para todos regulado, livre e…Mexia.
    Como diziam os outros “já estão mexendo no meu bolso” / “e o burro sou eu?” e eu digo: -continuam mexendo no meu bolso / e o burro continuo a ser eu, somos todos.
    E que tal uma petição para baixar drasticamente o preço da electricidade e acabar com a taxa de radiodifusão

  2. Em vez da EDP investir nos EUA com energia eolica,deveria investir em Portugal e baixar o custo da energia para os portugueses mas como os lucros nao ficam cá, nao o fazem,deveriam mudar o nome para EDX empresa distribuidora chineza.

  3. Sempre a mesma coisa veem falar destes assuntos sobre coisas bem sucedidas para ficar mos todos contentes mas na realidade o povo nao ganha nada com isto porque se trata de resultados de investimentos feitos muitos deles com algum dinheiro dos nossos impostos, equem lucra são os chineses e alguns previlegiados portugueses com a energia que resulta do aproveitamento de elementos naturais que deveriam estar ao dispor para beneficiar todos. Como se nao bastasse essas empresas sao coniventes com outras organizaçoes que nos administram, em operaçoes para sacar mais do pouco dinheiro que este povo ainda tem. Estamos a viver coisas do apocalipse que as pessoas acreditem na biblia quer não .Que Deus nos guarde e proteja destes males………Amen

RESPONDER

Jovem morre esfaqueado em rixa de amigos na Baixa do Porto

Um estudante de 21 anos morreu esfaqueado, durante a madrugada desta quarta-feira, na rua Fernandes Tomás, na Baixa do Porto. De acordo com o Jornal de Notícias, uma amiga da vítima encontrou o jovem de 21 …

“Os Maias” vão deixar de ser de leitura obrigatória no Secundário

Já a partir de setembro, os "Maias" e "A Ilustre Casa de Ramires", obras de Eça de Queirós, deixam de ser leituras obrigatórias no Ensino Secundário. Agora, cabe aos alunos em conjunto com os seus …

23 ex-gestores do BPN recebem carros topo de gama do Estado

A Parvalorem atribuiu a um grupo de altos quadros da empresa, ex-responsáveis do antigo BPN, 23 "viaturas familiares" topo de gama e várias regalias associadas como o pagamento do combustível até 300 euros por mês. O …

Preços praticados pela Airbnb não cumprem lei europeia

A plataforma Airbnb tem até ao final do mês de agosto para explicar os preços que pratica, dado que violam a legislação da União Europeia. A plataforma online de reserva de alojamento tem agora até ao …

Sarcófago negro encontrado no Egito pode pertencer a Alexandre, o Grande

O maior sarcófago já descoberto na cidade de Alexandria, no Egito, vai ser aberto nos próximos dias, depois de permanecer totalmente intacto mais de dois milénios. Os especialistas têm esperanças que o artefacto negro encontrado …

Vagas no Superior com aumento residual em ano de cortes em Lisboa e Porto

O concurso nacional de acesso ao Ensino Superior volta a registar um aumento de vagas, pelo terceiro ano consecutivo, ainda que residual e em ano de corte de vagas em Lisboa e Porto, por determinação …

A primavera chegou a Marte. E com ela, as misteriosas "aranhas marcianas"

A NASA publicou fotografias de um fenómeno peculiar avistado na superfície de Marte, que se assemelha com "aranhas". As imagens foram capturas na semana passada pela câmara HiRISE, instalada a bordo da nave espacial Mars …

As pessoas estão a ficar doentes após comerem salada do McDonald's

Mais de 100 pessoas apresentaram sintomas de contaminação pelo protozoário Cyclospora cayetanensis depois de comerem a salada do McDonald's, nos Estados Unidos. Mesmo que seja com a melhor das intenções, pedir uma salada no McDonald's pode …

Descobertas 12 novas luas em torno de Júpiter

Cientistas nos Estados Unidos descobriram mais 12 luas em torno do planeta Júpiter, conjeturando que as suas órbitas opostas resultam de colisões entre outros corpos celestes maiores. Com a descoberta das luas, que foram vistas pela …

Há 3.500 anos, os egípcios já faziam cosméticos

Cientistas sintetizaram tintas e cosméticos com cerca de 3.500 anos, uma descoberta feita graças ao facto de a equipa ter desenvolvido uma nova técnica de datação de compostos carbonatados inorgânicos. Uma equipa de cientistas internacional sintetizou …