Porto fora dos favoritos para acolher Agência Europeia do Medicamento

Roberto Saltori / Flickr

Ponte D.Luís sobre o Rio Douro, no Porto, ao por do sol

Bratislava, na Eslováquia, e Milão, em Itália, são as cidades que reúnem maior consenso dentro da União Europeia para acolher a Agência Europeia do Medicamento (EMA).

De acordo com o Financial Times, que falou com “diplomatas seniores” da União Europeia, o Porto está fora da corrida para acolher a Agência Europeia do Medicamento (EMA), que neste momento se encontra em Londres e será deslocalizada por causa do Brexit.

Segundo o jornal britânico, citado pelo Diário de Notícias, entre as 19 cidades candidatas, as que reúnem maior consenso para ser a “nova casa” da EMA são Bratislava, na Eslováquia, e Milão, em Itália.

Além dessas, o FT refere ainda as cidades de Amesterdão, na Holanda, e Copenhaga, na Dinamarca, como candidatas com boas hipóteses.

Esta notícia vem assim no sentido inverso do relatório apresentado, em outubro, pela consultora Ernst & Young, a pedido da Associação Comercial do Porto (ACP), que colocava a cidade do Porto entre as cinco favoritas.

A cidade escolhida para acolher a EMA será anunciada a 20 de novembro. No mesmo dia, ficará também a saber-se qual será a vencedora pela nova sede da Autoridade Bancária Europeia (EBA).

O Conselho da União Europeia recebeu 19 propostas: Amesterdão, Atenas, Barcelona, Bona, Bratislava, Bruxelas, Bucareste, Copenhaga, Dublin, Estocolmo, Helsínquia, Lille, Malta, Milão, Porto, Sofia, Varsóvia, Viena e Zagreb – e oito para a nova sede da EBA – Bruxelas, Dublin, Frankfurt, Luxemburgo, Paris, Praga, Varsóvia e Viena.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. quem tudo quer tudo perde, até a água do douro eles hão-de perder. pior que tudo o que perdem é o que não deixam outros comer. garganeiros.

    • Mas estás a gozar ou quê? De que falas? Quererás dizer que o Porto (cidade) açambarca tudo? Lisboa come tudo quanto há ao Porto e tu ainda acusas o Porto de ser “garganeiro” (seja lá o que isso fôr)? Andas a injetar alface nas veias, andas…

  2. Bratislava, uma AM com o tamanho da AM Braga, é favorita a receber a agência. Claramente, não tem tanto a ver com a dimensão ou condições da Invicta, mas sim com outros factores. Pesa muito o facto de que Portugal já tem duas agências europeias, e o empenho do governo nas negocições para trazer para cá uma agência fora da cidade coqueluche é no mínimo dúbio.

    Mas parecem existir dois tiers para receber a AEM, um de metrópoles grandes, cosmopolitas e no meio de polos de farmacêutica, e aí dificilmente alguma cidade portuguesa competiria com Milão, até porque o maior polo de farmacêutica está mesmo a Norte.

    No entanto, talvez apostar no tier de metrópole intermédia, e no critério da descentralização que na Europa é mesmo levado a sério ao invés de cá, tivesse sido a melhor alternativa. Já na altura defendi que Braga teria a capacidade de surpreender, tal como Salvador Sobral o fez. Braga teria a capacidade de competir com Bratislava, não é por acaso que há agências em Alicante e em Bilbau, lá fora quando se fala em descentralização, é mesmo a sério. Em retrospectiva, talvez Braga pudesse ter surpreendido.

    Defendo ainda que o país não perdeu nada, pois contra a hipótese remota da AEM vir para cá, pesa o facto de que se deu uma lição enorme a Lisboa, e que no futuro não terão o atrevimento de voltar a fazer um processo de selecção sujo, sectário, bairrista, bacoco e corrupto com elementos da Câmara de Lisboa na própria comissão de selecção de cidades. Uma lição de que o país está pronto para falar a uma só voz, e quem defendeu o Porto, amanhã defenderá Braga, e na próxima semana Coimbra, Aveiro, Vila Real e Viana, Viseu, Leiria, e todos os que se quiserem fazer ouvir, contra o choro com toque a mofo de quem apelida de “provinciano” o indivíduo que defende os seus interesses. E cada pessoa tem o direito de defender os seus interesses bem como entender.

  3. Ó coiso! Mas isso são ciúmes de alguém que vive numa cidade que tira (quase) tudo ao Porto (e outras cidades)? Quer tudo? Não quer um Fantasporto aí? E já agora, um São João? Não queriam mais nada? O Porto tem tão pouco mas quando tem vêm logo os alfacinhas cheios de ciúmes! mas qual é o vosso problema? Já não têm que chegue? Têm o Rock in Rio Lisboa, já tiveram a Expo 98, têm o Centro Comercial de Belém… Que mais querem? A Torre do Clérigos? A Sé do Porto?… A francesinha!?

    Nota: a “prestigiadíssima capital do País”. Não sei se é assim tão prestigiada, mas que é bem conhecida é… Mas o Porto também é bem conhecido e prestigiado. Porque não no Porto? Porquê em Lisboa? Já agora… Porque não em Braga ou Coimbra? Que fixação é essa de Lisboa ter tudo que interessa e as sobras (que ninguém quer… quando há) ficam para os outros? Tenha juízo e respeite TODAS as cidades e regiões do país!!! TODAS!!! E comece pelo Porto. Estamos em Portugal e não em Lisbonal!!! Tenho dito.

    • Uma vez que os comentários inaceitavelmente ofensivos foram retirados, (e bem – muito bem ZAP!) era escusado publicar um comentário em “resposta” a este(s)… Um bocadinho de senso comum não faz mal a ninguém…

RESPONDER

Ninguém sabe do paradeiro dos Evangelhos Garima, um dos maiores tesouros do mundo cristão

Depois de terem sobrevivido a 1.500 anos de história num mosteiro remoto, os Evangelhos Garima enfrentam agora a sua ameaça mais grave. Um dos maiores tesouros do mundo cristão, guardado durante mais de 1.500 anos no …

"Estou preocupado". Ex-piloto da Marinha dos EUA diz que via OVNIs "todos os dias"

Um antigo piloto da Marinha dos Estados Unidos diz que, durante anos, viu Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) "todos os dias". Depois de anos a ignorar a questão, uma task force do Pentágono prepara-se para revelar …

Peru está a investigar se a lixívia pode curar a covid-19

O congresso do Peru votou para investigar se beber ou injetar uma lixívia industrial poderia curar a covid-19. A moção foi aprovada com 49 votos a favor e 39 votos contra. Está a ser criado um …

Há vestígios de ouro nesta imagem de satélite

As operações de mineração num dos maiores depósitos de ouro da Rússia, em Aldan, incluem um método que deixa rastos na paisagem. E são visíveis do Espaço. A imagem de satélite, tirada em setembro de 2019, …

Dezenas de corpos de vítimas de covid-19 encontrados nas margens do rio Ganges

Ciclone Tauktae faz pelo menos 33 mortos na Índia (e paralisa vacinação contra covid-19)

Pelo menos 33 pessoas morreram e quase cem estão desaparecidas na Índia, devido ao impacto do ciclone Tauktae, esta terça-feira. O país também registou o maior número de mortes diárias provocadas pela covid-19. Centenas de milhares …

Cientistas criam dispositivos de testagem que produzem resultados em tempo recorde

Cientistas criaram dispositivos que permitem detetar infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 num segundo ou em menos de 30 minutos, conforme a técnica usada, revelam dois estudos distintos divulgados esta terça-feira na imprensa da especialidade. Investigadores das …

CP está a vender bilhetes com 80% de desconto

A CP tem uma nova campanha, que entra em vigor esta terça-feira, através da qual disponibiliza cerca de 17.920 viagens com descontos até 80% nos comboios intercidades. De acordo com o jornal Público, os bilhetes abrangidos …

Mais de 40 pessoas, quase todas crianças, no hospital de Beja com vómitos

Um total de 35 crianças e seis adultos oriundos de diversas escolas do concelho de Beja deram esta terça-feira entrada no Hospital José Joaquim Fernandes, naquela cidade alentejana. A notícia foi avançada por fonte hospitalar, que …

Novo Banco. "Não era um banco bom, foi preciso fazer dele um bom banco", diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, afirmou esta terça-feira que o Novo Banco “não era um banco bom” e “foi preciso fazer dele um bom banco”, recordando o “legado do BES” que marca …

Ensino superior com vagas especiais para lusodescendentes

O Governo alargou o contingente especial de acesso ao ensino superior dirigido a emigrantes e seus familiares permitindo que, no próximo ano letivo, se possam candidatar todos os lusodescendentes, de nacionalidade portuguesa e residentes no …