Portal de investigação diz que Sérgio Moro se opôs a investigar ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso

O portal de investigação jornalística Intercept revelou que o ex-juíz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, terá procurado descredibilizar as investigações ao ex-Presidente brasileiro Fernando Henrique Cardoso por não querer “melindrar alguém cujo apoio é importante”.

Na mais recente divulgação do portal de investigação jornalística, são mostradas supostas mensagens trocadas entre Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, em 13 de abril de 2017, um dia depois de a imprensa brasileira ter divulgado suspeitas de corrupção contra o ex-chefe de Estado, alegadamente envolvido no processo Lava Jato, avançou o Sapo 24 esta quarta-feira, citando a agência Lusa.

No diálogo, efetuado através da aplicação Telegram, Sérgio Moro afirmou que os indícios de irregularidades envolvendo Fernando Henrique Cardoso lhe pareciam “muito fracos”, sugerindo que o suposto crime já estaria “mais do que prescrito”.

O atual ministro da Justiça classificou ainda de “questionável” o envio da investigação do Ministério Público (MP) de Brasília para o Ministério Público de São Paulo sem se considerar a prescrição dos acontecimentos.

“Acho questionável pois melindra alguém cujo apoio é importante”, escreveu.

Por sua vez, Deltan Dallagnol respondeu que acreditava que o envio das investigações para São Paulo, sem uma prévia análise de prescrição, teria sido propositado, com o intuito de transmitir uma perceção pública de “imparcialidade”.

“Suponho que de propósito. Talvez para passar um recado de imparcialidade”, justificou o procurador, que voltaria a usar o termo “imparcialidade” em outros diálogos com agentes da Justiça brasileira.

Em causa estavam investigações de “caixa dois”, ou seja, recursos financeiros não contabilizados e não declarados por Fernando Henrique Cardoso aos órgãos de fiscalização competentes do Poder Executivo.

Senado Federal / Flickr

O ex-Presidente da República Fernando Henrique Cardoso

De acordo o Intercept, o empresário brasileiro Emílio Odebrecht relatou, no final de 2016, o pagamento de recursos não contabilizados, no âmbito das campanhas eleitorais de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República, das quais saiu vitorioso em 1994 e 1998. Na época em que foi citado na delação, o último disse que não tinha “nada a temer” e defendeu a operação Lava Jato.

“O Brasil precisa de transparência. A Lava Jato está colaborando no sentido de colocar as cartas na mesa”, afirmou.

O Intercept afirma que Fernando Henrique Cardoso foi citado na Operação Lava Jato pelo menos nove vezes, acrescentando que, caso fossem investigados e comprovados, nem todos os possíveis crimes cometidos pelo ex-mandatário estariam prescritos.

Segundo o portal de investigação jornalística, os procuradores da Lava Jato ponderaram investigar alegadas doações por parte do gigante brasileiro da construção Odebrecht à “Fundação Fernando Henrique Cardoso”, feitas em 2014, que poderiam ser suborno, e que não teriam sido investigadas. Nas conversas divulgadas, os procuradores debateram se haveria indícios suficientes para uma investigação e se seria conveniente.

Após a divulgação desta nova reportagem por parte do portal de investigação jornalística, o Ministério da Justiça brasileiro emitiu um comunicado afirmando que Sérgio Moro “não reconhece a autenticidade das supostas mensagens”.

“Sérgio Moro não reconhece a autenticidade de supostas mensagens obtidas por meios criminosos, que podem ter sido editadas e manipuladas, e que teriam sido transmitidas há dois ou três anos. Nunca houve interferência no suposto caso envolvendo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que foi remetido diretamente pelo Supremo Tribunal Federal a outro Juízo, tendo este reconhecido a prescrição”, disse a pasta da Justiça, acrescentando que as reportagens do Intercept são “mero sensacionalismo”.

O Intercept é um portal de jornalismo de investigação liderado por Glenn Greenwald, jornalista a quem o ex-analista norte-americano Edward Snowden revelou os programas de espionagem da Agência de Segurança Nacional norte-americana (NSA, na sigla em inglês).

Este portal iniciou no passado dia 09 de junho uma série de reportagens sobre a operação Lava Jato, publicando textos com mensagens e conversas privadas entre promotores e juízes brasileiros na aplicação Telegram, que foram denunciadas de forma anónima.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Índia lança missão lunar Chandrayaan-2

A Organização de Investigação Espacial da Índia (ISRO) lançou hoje a nave não tripulada 'Chandrayaan-2', que deverá alunar a 6 ou 7 de setembro, depois de permanecer na órbita da Lua. A 'Chandrayaan-2' "permanecerá em órbita …

Nova baixa no Governo britânico em protesto contra Boris Johnson como líder

O Secretário de Estado para a Europa e Américas britânico, Alan Duncan, demitiu-se esta segunda-feira em protesto pela possível vitória de Boris Johnson na corrida para a liderança do Partido Conservador e Governo Britânico. A notícia …

PS já vale o dobro do PSD. Se as legislativas fossem hoje, venceria com 43% dos votos

O PS com 43,2% dos votos obteria o dobro dos do PSD, 21,6%, caso as eleições legislativas fossem agora, de acordo com uma sondagem da Pitagórica para o Jornal de Notícias e a TSF publicada …

Encontrada em Israel cidade com dez mil anos da Idade da Pedra

Uma enorme metrópole que remonta à Idade da Pedra foi descoberta perto de Jerusalém, em Israel. Os investigadores dizem que não é apenas a maior deste tipo já encontrada no país, mas uma das mais …

Frentes de Vila de Rei e Mação estão dominadas a 90%. Teme-se "reacendimentos graves"

Pedro Nunes, comandante do Agrupamento Distrital do Centro Norte da Proteção Civil, fez esta manhã o ponto da situação a partir da Sertã. O "incêndio está estabilizado", os meios foram redistribuídos e "90% do …

Fisco proibido de usar inspeções para incriminar contribuintes. Centenas de processos podem cair por terra

O Tribunal Constitucional (TC) considerou inconstitucionais as normas que permitem às autoridades avançar ou concluir processos-crime com declarações fiscais obtidas voluntariamente pelo contribuinte ou arguido, conforme o caso. Esta prática, de acordo com o TC, viola …

Os Australopitecos eram amamentados até aos 12 meses

As crias dos australopitecos, uma espécie humana extinta que viveu em África, foram amamentadas até ao primeiro ano de vida, segundo um estudo publicado esta segunda-feira na revista científica Nature. Na investigação da faculdade de medicina …

Tempestade no norte da Índia fez pelo menos 33 mortos

Pelo menos 33 pessoas e outras 13 ficaram feridas na sequência de uma tempestade que atingiu no domingo o estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia, informaram esta segunda-feira as autoridades. De acordo com Sandhya, …

"Neve artificial" poderia salvar lençol de gelo da Antártida

O lençol de gelo da Antártida pode deslizar para o oceano e inundar as cidades costeiras. No entanto, esta catástrofe pode ser evitada se os Governos investirem num projeto de engenharia para cobrir a superfície …

Constante de Hubble recalculada. E o mistério da expansão do Universo adensa-se

Uma equipa de cientistas da Universidade de Chicago, nos EUA, voltou a medir a constante de Hubble, usada para medir a taxa de expansão do Universo. O novo estudo, liderado pela especialista Wendy Freedman e …