Porta-voz da Casa Branca expulsa de restaurante por trabalhar para Trump

Shawn Thew / EPA

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, revelou este sábado que lhe foi pedido que saísse de um restaurante no estado da Virgínia, nos EUA, por trabalhar com o Presidente norte-americano, Donald Trump.

“Na noite passada, a proprietária do Red Hen em Lexington, Virgínia, pediu-me que fosse embora porque trabalho com o Presidente dos EUA, e eu saí educadamente. As ações da proprietária dizem mais sobre ela do que sobre mim. Eu dou sempre o meu melhor para tratar as pessoas de forma educada, incluindo aqueles que discordam de mim, respeitosamente, e vou continuar a fazê-lo”, disse numa publicação no Twitter.

Ao Washington Post, Stephanie Wilkinson, proprietária do restaurante confirmou o ocorrido. “Absolutamente“, disse quando questionada se tinha pedido à porta-voz da Casa Branca para se retirar do estabelecimento.

Wilkinson considerou a atual Administração como “desumana e sem ética” e, apesar de não ser fã da “confrontação”, não conseguiu ficar sem fazer nada. “Tenho um negócio, e quero que esse negócio prospere. Mas isto parece-me ser um momento na nossa democracia onde as pessoas têm avançar para ações e decisões desconfortáveis para manter os seus princípios”.

“Eu expliquei que o restaurante tem certos princípios que eu sinto que têm de ser respeitados, tal como a honestidade, a compaixão e cooperação”, explicou. Sanders terá respondido imediatamente: “Tudo bem, eu saio”.

A cidade de Lexington, na Virgínia, tem uma população de 7.000 pessoas e votou de forma esmagadora contra Trump, num condado que votou no entanto, também de forma esmagadora, a favor do executivo de Trump.

Já na terça-feira passada, a secretária do Departamento de Segurança Interna, Kirstjen Nielsen, tinha recebido manifestações de desagrado enquanto jantava num restaurante mexicano em Washington, tendo também acabado por interromper a refeição, deixando o restaurante.

O executivo de Trump tem recebido fortes críticas devido à política de “Tolerância Zero“, medida que tem separado centenas de crianças dos seus pais migrantes na fronteira com o México.

Depois das reações negativas – algumas provenientes do próprio Partido Republicano – Trump assinou uma Ordem Executiva que permite resolver temporariamente o problema das famílias migrantes, ressalvando que a política de migração é para continuar.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Já o teu comentário, além de intolerância, revela ignorância!!
      Mas qual esquerda (ou direita)?!
      Que mania estúpida/básica de ver tudo como se fosse uma religião!…
      Foi apenas uma dona de um restaurante que convidou a PressSec a sair de um local onde não era bem-vinda!

      • Oh Eu!, estás mesmo desfasado da realidade. Enfim…
        Aliás, a senhora do restaurante até disse : ““Eu expliquei que o restaurante tem certos princípios que eu sinto que têm de ser respeitados, tal como a honestidade, a compaixão e cooperação”, explicou.” – ela foi a primeira a quebrar aquilo a que se comprometera. Independentemente das suas preferências quer seja de partido político, religião e raça, ninguém deve ser descriminado por algum desses motivos.

        • E qual é essa tua “realidade”?!
          Em lado nenhum vi qualquer referência a partidos (religiões ou raças); foi apenas uma questão de princípios (atitude e coragem)!
          A PressSec aceitou os argumentos e saiu!
          Não foi “expulsa”, como está no título da noticia!…

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …