O porta-aviões Carl Vinson atrasou-se e só chega à Coreia no fim do mês

Andrew K. Haller, U.S. Navy / Wikimedia

O porta-aviões classe Nimitz USS Carl Vinson (e) e o navio de reabastecimento INS Shakti (d), da marinah indiana, em exercícios conjuntos

O porta-aviões classe Nimitz USS Carl Vinson (e) e o navio de reabastecimento INS Shakti (d), da marinha indiana, em exercícios conjuntos

O porta-aviões nuclear que Washington anunciou há dez dias ter enviado para a península coreana, em resposta às ameaças de Pyongyang, começou agora a deslocar-se para a península coreana, onde, segundo uma fonte militar sul-coreana, deverá chegar no fim do mês de abril.

O super-porta-aviões nuclear USS Carl Vinson e a sua frota de ataque, que Washington  anunciou no dia 9 ter enviado de regresso à Coreia, dirige-se agora efectivamente para a região, depois de concluir manobras conjuntas com a Austrália em águas do Oceano Índico, explicou a fonte militar citada à agência “Yonhap”.

Seul e Washington poderão estar agora a ponderar a possibilidade de realizar exercícios navais conjuntos, com a participação do USS Carl Vinson, um super-porta-aviões de propulsão nuclear da classe Nimitz – o maior navio militar do mundo – entre os dias 25 e 28 de abril.

Contudo, um porta-voz do Ministério de Defesa sul-coreano consultado pela Agência Efe disse não lhe ser possível de momento confirmar tal informação.

O Comando Norte-Americano do Pacífico, PACOM, revelou no início do mês que o Carl Vinson, que estava previsto que participasse em exercícios conjuntos com a Marinha da Austrália, tinha sido mobilizado para a Coreia, onde já tinha estado destacado há 2 meses, em resposta ao lançamento de um míssil balístico por parte da Coreia do Norte.

No entanto, segundo fotos publicadas pela Marinha americana, o porta-aviões acabou por não se deslocar imediatamente para o Mar do Japão, tendo continuado até agora a sua rota em direcção a águas do Índico, como estava previsto.

Entretanto, segundo os jornais The Sun e Daily Mail , que citam a agência sul-coreana Yonhap, Donald Trump terá já dado ordens para que mais dois super-porta-aviões classe Nimitz sejam mobilizados para a península coreana.

Segundo os jornais britânicos, o USS Ronald Reagan e o próprio USS Nimitz, o supercarrier nuclear que deu o nome à sua classe, terão já recebido ordens para se juntar ao USS Carl Vinson.

Estas notícias poderão no entanto carecer de fundamento. Segundo o Breitbart, site noticioso conservador próximo da equipa de Trump, “é extremamente improvável que a Marinha norte-americana venha a juntar 3 dos seus 10 supercarriers na mesma frota de ataque”.

Além disso, diz o site, “dois porta-aviões não se põem a caminho da Coreia assim de repente como se fossem lanchas de recreio”.

// EFE

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Grandes tretas!
    Coisa a sério começaria com submarinos nucleares e unidades móveis de misseis e esses não publicam avisos!
    Só depois de reduzidos á inutilidade os meios de alcance longo e médio do inimigo teriamos os porta – aviões em actuação ao largo das costas.

    • Excelente.
      Finalmente um compatriota com alguma luz sobre o assunto.
      O resto são tretas.
      Só não sabemos se já há ou não submarinos por aquelas bandas.
      Mas, pela própria definição stealth, só o saberemos se porventura atacarem.

  2. Ok! Obrigado. fiquei a saber que também o amigo percebe que dizem por aí muita idiotice!
    Agora que o circo se está a armar não tenho dúvidas. Basta um erro de cálculo de um tolo para sérias consequências!

RESPONDER

Lisboa pode receber a final deste ano da Liga dos Campeões

Istambul não está agradada com a ideia de receber a final da Liga dos Campeões sem adeptos no estádio. Por isso, outras hipóteses estão a ser consideradas, nomeadamente Lisboa. A final da Liga dos Campeões está …

Há mesmo algo de reconfortante quando dizemos palavrões

Um novo estudo sugere que, nas circunstâncias certas, dizer palavrões em voz alta parece fazer as pessoas sentirem menos dor. Exatamente como e porque é que o ato de dizer asneiras consegue fazer com que as …

"Paraministro" de Costa. Gestor independente chamado para negociar plano económico de retoma

O primeiro-ministro, António Costa, convidou o diretor executivo da petrolífera Partex, António Costa Silva, para estudar o plano de recuperação económica. De acordo com o semanário Expresso, que avança a notícia na sua edição deste …

Termina o dever cívico de confinamento

O Conselho de Ministros aprovou esta sexta-feira o fim do “dever cívico de recolhimento”, que entrará em vigor na próxima segunda-feira, prevê a resolução que prolongou a situação de calamidade até 14 de junho. A situação …

"Ratos" de musgo espalham-se pelos glaciares do Ártico (e intrigam cientistas)

A presença de estranhas bolas de musgos nos ecossistemas de glaciares tem atraído a atenção da comunidade científica. Estas estranhas criatura proliferam no Ártico, mas também em regiões da Islândia e América do Sul. Especialistas de …

Há 29 países que podem visitar a Grécia a partir de 15 de junho. Portugal ficou de fora

A partir de 15 de junho, cidadãos oriundos de 29 países poderão visitar a Grécia, revelou esta sexta-feira o Governo helénico, dando conta que a lista elaborada teve em conta a situação epidemiológica de cada …

Portugal Continental não vai ter quarentena para turistas

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu esta sexta-feira que Portugal continental não vai aplicar normas de quarentena para quem vier de fora do país. No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se …

Jovem de 19 anos morre atingido por disparos durante protesto pela morte de George Floyd

Um jovem de 19 anos morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd, indicou uma porta-voz da polícia de …

O campo magnético da Terra está a enfraquecer misteriosamente

Novos dados de satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) mostram que o campo magnético da Terra está a enfraquecer entre África e a América do Sul. O enfraquecimento do campo magnético da Terra está relacionado com …

Morreram os primeiros dois capacetes azuis vítimas da covid-19

Dois militares da força de manutenção da paz das Nações Unidas no Mali morreram devido à covid-19, os primeiros entre cerca de 100.000 soldados e polícias destacados em 15 missões no mundo. "Infelizmente, ontem [quinta-feira] e …