Polícias viram costas e fazem “sinal do zero” em cerimónia presidida por Costa

Miguel A. Lopes / Lusa

Elementos do PSP e GNR integrantes do Movimento Zero manifestam-se durante a cerimónia do Dia da Polícia

Elementos do Movimento Zero vestiram camisolas brancas e voltaram-se de costas quando o diretor nacional da PSP começou a falar na cerimónia presidida pelo primeiro-ministro, António Costa, mantendo-se nesta posição até ao final do discurso.

Cerca de 20 elementos do Movimento Zero, criado através das redes sociais e do qual fazem parte agentes da PSP e militares da GNR, vestiram camisolas brancas e voltaram-se de costas quando o diretor nacional da PSP, Luis Farinha, começou a falar, mantendo-se nesta posição até ao final do discurso.

A cerimónia era presidida pelo primeiro-ministro, António Costa.

Quando o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, começou a discursar, os polícias abandonaram o local em silêncio e de forma ordeira, levantando os braços e fazendo o gesto do zero com os dedos. Quando já estavam a alguns metros do local da cerimónia bateram palmas.

Num outro local, na Praça do Império, junto do Museu Nacional de Arqueologia, cerca de 20 elementos do Corpo de Intervenção vestidos com camisolas pretas também mostraram a sua indignação através do silêncio e virados de costas para o diretor nacional da PSP, tendo posteriormente abandonado o local quando Eduardo cabrita começou a falar.

O Movimento Zero foi criado para protestar contra as condições de trabalho, baixos salários e recentes acontecimentos como o julgamento do caso da Cova da Moura, em que oito polícias foram condenados, e o caso que envolveu confrontos entre agentes e moradores do bairro da Jamaica, no Seixal.

Este movimento, que reúne atualmente mais de cinco mil polícias e militares da GNR troca mensagens na aplicação de telemóvel Telegram e diz que enviou uma carta ao Presidente da República, ao primeiro-ministro, ao ministro da Administração Interna e à direção nacional da PSP.

Na carta, divulgada em 31 de maio, os polícias referiam que desde 21 de maio estão a “desempenhar as funções com proatividade nula”, não efetuando “abordagens a viaturas ou cidadãos”, não intervindo em “situações de alteração de ordem pública sem que se encontrem totalmente reunidas as condições de segurança”.

Além disso, não levantam “autos contraordenacionais, salvo nas situações estritamente necessárias”. Os elementos da PSP e GNR pretenderam também alertar o poder político para a falta de condições dos polícias e para não se desvalorizar esta situação.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Composição dos planetas gasosos não é igual à das suas estrelas (e os cientistas não percebem porquê)

Os planetas e as estrelas formam-se a partir da mesma nuvem de gás e poeira.  Uma análise da composição dos exoplanetas gigantes gasosos e das suas estrelas hospedeiras mostra que não há uma forte correlação …

Nova espécie de titanossauro descoberta no Equador

Uma universidade equatoriana anunciou na sexta-feira a descoberta de uma espécie de dinossauro, que, segundo a instituição, não tinha sido ainda descrito, denominando-o de 'Yamanasaurus lojaensis'. O nome foi escolhido em referência a duas localidades: Yamana, …

As alterações climáticas estão a "asfixiar" os oceanos

Os efeitos da diminuição de oxigénio serão "dramáticos" para os habitats e as economias costeiras que dependem dos oceanos. O oxigénio dos oceanos diminuiu 2% entre 1960 e 2010, prevendo-se que no ano de 2100 essa …

Associação suspende adoções para evitar que animais sejam tratados como presentes de Natal

"Um animal quer-se no dia 24 de março, abril ou junho e não só a 24 de dezembro", disse uma responsável da Sociedade Protetora dos Animais do Porto. A Sociedade Protetora dos Animais do Porto anunciou, …

Já podemos ver o mundo pelos olhos dos animais

https://vimeo.com/378301135 Os humanos estão um passo mais próximos de ver o mundo como o veem os animais, graças a uma nova tecnologia desenvolvida por investigadores da Universidade de Queensland, na Austrália, e da Universidade de Exeter, …

Embaixador mexicano na Argentina apanhado a roubar um livro numa livraria

O diplomata será investigado por um comité de ética e, se ficar provado o roubo do livro, será demitido. "Haverá tolerância zero para a desonestidade." O embaixador mexicano na Argentina, Óscar Ricaro Valerio, recebeu ordem …

Presépio nos Estados Unidos colocou Jesus separado dos pais e preso numa jaula

Uma igreja da Califórnia, nos Estados Unidos, colocou em exibição um presépio de protesto no qual retrata a Família Sagrada como refugiados. Uma igreja na Califórnia, nos Estados Unidos, está a exibir um presépio com Jesus, …

Sul-africana de 26 anos é a Miss Universo 2019

Zozibini Tunzi, da África do Sul, venceu, este domingo, a competição Miss Universo 2019, tornando-se a primeira mulher negra a vencer desde 2011, quando Leila Lopes, de Angola, arrecadou o título. Zozibini Tunzi, de 26 anos, …

No Japão, há um café onde os empregados de mesa são robôs

Os robôs da Softbank, chamados de Pepper, estão agora a chegar a um novo mercado: os cafés. No Japão, hotéis, lojas de aeroporto, entre outros comércios, já contam com funcionários robóticos, que foram criados em …

João Oliveira "tem a certeza quase absoluta" de que não se coloca a questão de liderar o PCP

Há menos de dois meses, em entrevista ao Público e à Rádio Renascença, João Oliveira foi questionado sobre se se via no futuro como líder do PCP e respondeu que não. Esta segunda-feira, voltou a …