Polícias que trocavam passes por dinheiro tentam apagar rasto da fraude

-

Os agentes da polícia envolvidos no esquema fraudulento de troca de passes de transporte por dinheiro estarão a tentar apagar as provas que os incriminam.

Segundo noticia o Público na sua edição de hoje, na base deste caso está um esquema que envolve dezenas de polícias dos concelhos de Setúbal, Almada e Seixal, mas também do Porto, que, durante vários anos, terão trocado os passes de transporte pagos pela PSP por dinheiro.

Segundo o mesmo jornal, depois de o Ministério Público ter aberto um inquérito ao caso, a Inspecção-Geral da Administração Interna também estará atenta à situação, de acordo com o mesmo diário.

A fraude permitia aos agentes “um complemento salarial“. Estes agentes tinham a colaboração de funcionários das empresas transportadoras, nomeadamente da Transportes Sul do Tejo (TST), que recebiam uma comissão sobre os valores em causa. “Por um passe de 109 euros, por exemplo, pagavam 89, guardando 20 para si”, revela o jornal.

Face à abertura do inquérito em torno destes dados, os polícias implicados estarão a tentar apagar pistas “pedindo segundas vias destes títulos de transporte”.

Os agentes estão a tentar “dissimular o facto de há muito tempo não usarem os passes” e alguns estarão a alegar que perderam o título de transporte, enquanto “outros estão a pedir o passe Lisboa Viva pela primeira vez”.

Mas estes procedimentos poderão, no fim de contas, acabar por incriminar ainda mais os polícias implicados, já que “os carregamentos dos passes ficam registados nas respectivas operadoras, e não apenas no chip do cartão do passageiro”, refere o jornal, concluindo que será fácil às autoridades detectarem a fraude.

Mas para o Sindicato Unificado de Polícia, a situação não constitui uma infração.

Não há nenhuma fraude, nem nenhuma ilegalidade. É o mesmo que ir às compras com a senha de refeição: o Estado não é lesado”, considera o líder da estrutura sindical, Peixoto Rodrigues, citado pelo Público.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não há nenhuma fraude, nem nenhuma ilegalidade. É o mesmo que ir às compras com a senha de refeição: o Estado não é lesado”, considera o líder da estrutura sindical, Peixoto Rodrigues, citado pelo Público.

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

  2. Se calhar podiam pagar salários mais altos aos agentes da PSP e deixarem-se de subsídios de alimentação e de transporte. Porque é que a PSP há de dar dinheiro para comida e dinheiro para transporte, quando podia apenas dar dinheiro, e pronto cada agente que administre o seu ordenado.

RESPONDER

"Em Casa d’Amália": RTP comemora cententário da fadista

A Fundação Amália Rodrigues junta-se à RTP para assinalar o centenário da fadista. O programa Em Casa d’Amália tem estreia marcada para a próxima sexta-feira (10) e reúne várias figuras da música portuguesa da atualidade. O …

Desapareceram 21 milhões de números de telefone na China. Mas o mistério foi resolvido

O porta-voz de uma das três maiores operadoras chinesas confirmou o desaparecimento dos utilizadores, mas deu uma explicação para este mistério. Nos últimos dias, surgiram vários relatos de notícias que davam conta de que, entre janeiro …

Mercadona doa 20 mil quilos de chocolate aos profissionais de saúde e aos mais carenciados

A Mercadona anunciou, esta quarta-feira, a doação de 20 mil quilos de chocolate ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. O objetivo é proporcionar uma Páscoa mais doce aos mais carenciados e aos que …

"Paciente 1" em Itália recupera (e dá as boas-vindas a Giulia, a sua filha recém-nascida)

Giulia, a filha recém-nascida do "paciente 1" de Itália, veio para trazer alguma esperança ao país, em plena pandemia de covid-19. Mattia, de 38 anos, foi internado no dia 20 de fevereiro no hospital de Codogno, …

Investigadores transformaram o coronavírus em música (e já o podemos ouvir)

Uma equipa de investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) conseguiu transformar em som a estrutura da proteína spike, que permite que o novo coronavírus adira às células para infetá-las. Até agora, já pudemos ver …

Autoeuropa quer recorrer ao lay-off (e retomar produção a 20 de abril)

A administração da Autoeuropa quer promover um regresso gradual ao trabalho a partir de 20 de abril, pretendendo recorrer ao lay-off simplificado para os trabalhadores que não regressem ao trabalho nessa data. “O regresso ao trabalho …

Ex-mulher de astronauta acusada de mentir sobre o "primeiro crime espacial"

A ex-mulher da astronauta da NASA Anne McClain, Summer Worden, foi acusada formalmente de mentir sobre o "crime espacial" que McClain terá cometido. Em agosto de 2019, o jornal norte-americano The New York Times noticiou que …

Em Singapura, os parques de estacionamento são agora quintas urbanas

A pandemia de covid-19 está a obrigar alguns países a adaptarem-se. É o caso de Singapura, que está a transformar os parques de estacionamento em quintas urbanas para aumentar a produção alimentar. Só 1% do território …

O empresário mais odiado do mundo quer sair da prisão (para desenvolver um medicamento para a covid-19)

Martin Shkreli, o empresário mais odiado do mundo, quer sair brevemente da prisão para ajudar a desenvolver um tratamento para a covid-19. Num artigo publicado no site da empresa de Shkreli, Prospero Pharmaceuticals, juntamente com outros …

Ceferin acusado de ganância. "Manter a Liga dos Campeões foi um ato criminoso irresponsável"

O primeiro-ministro da Eslovénia, Janz Jansa, teceu duras críticas à forma como a UEFA e o seu presidente, Aleksander Ceferin, lidaram com a fase inicial da pandemia de covid-19. "Manter a Liga dos Campeões foi um …