Parlamento cria “polícia” dos rendimentos dos políticos

Mário Cruz / Lusa

O Bloco de Esquerda sugeriu e o Parlamento acolheu a criação de um organismo que funcionará como uma polícia dos rendimentos e interesses de políticos e detentores de altos cargos públicos.

A ideia partiu do Bloco de Esquerda: a iniciativa da criação da polícia de rendimentos e interesses de políticos e detentores de altos cargos públicos decorre no âmbito da comissão eventual para o reforço da transparência no exercício de funções públicas (CERTEFP).

De acordo com o Diário de Notícias, há maioria, pelo menos à esquerda, para assegurar a viabilidade da proposta do partido de Catarina Martins.

O organismo vai receber o nome de Entidade da Transparência e vai receber e processar as declarações de rendimentos e interesses de todos os políticos, desde o Presidente da República, ao presidente da junta de Mosteiro, nos Açores, a mais pequena junta de freguesia de Portugal, com apenas 30 eleitores.

Além disso, a Entidade da Transparência fica ainda encarregue de fiscalizar a veracidade das declarações entregues e, em caso de serem detetadas irregularidades, designadamente que levem à perda de mandatos, compete àquela Entidade acionar o organismo responsável pela sanção, por exemplo, o Parlamento, caso o sancionado seja um deputado.

Encontra-se também em preparação uma medida que visa reduzir a apenas uma declaração as obrigações de transparência nos rendimentos e nos interesses.

Atualmente, deputados e membros do Governo têm de preencher duas declarações: uma dos seus rendimentos, que é entregue no Tribunal Constitucional, e outra com o registo de interesses, a ser entregue no Parlamento. Todos os outros abrangidos pela lei só têm de preencher a declaração de rendimentos.

Esta segunda medida pretende, por isso, acabar com a disparidade e por todos os visados a preencher uma única declaração. À Entidade da Transparência caberá gerir também como publicitará as declarações e que dados poderão ser públicos.

A nova Entidade da Transparência deverá ser criada na órbita do Tribunal Constitucional e os seus três dirigentes serão nomeados pelos juízes deste Tribunal.

O Bloco pretende com esta proposta criar uma “maior eficácia e resposta ao controlo de incompatibilidades e riqueza dos titulares de cargos políticos e altos cargos públicos, até face à sua integral dedicação a esta matéria, ao contrário do que acontecia até aqui com as entidades competentes para o efeito, que possuem uma vasta gama de competências para além destas matérias”.

Além disso, os bloquistas relembram que “o regime legal do exercício de funções, das declarações de interesses e do controlo de riqueza de titulares de cargos políticos encontra-se disperso em dois diplomas com mais de 20 anos de vigência, pese embora terem sofrido diversas alterações, e implica uma multiplicidade de declarações e entidades de fiscalização e funcionamento”.

De acordo com o Eco, também estão previstas mudanças para os procuradores do Ministério Público e para os magistrados judiciais. Aquele jornal escreve que estas duas classes deverão também passar a preencher as declarações de rendimentos e de interesses.

No entanto, ao contrário dos documentos dos parlamentares e membros do Executivo, as declarações de procuradores e magistrados não serão entregues na Entidade da Transparência, mas sim nos respetivos conselhos superiores.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. para que servem as finanças?
    se as finanças podem fiscalizar e punir os contribuinte, porque nao fazem o mesmo com os politicos?
    isto parece ser mais uns tachos para os amigos
    é como a autoridade da concorrencia. para que queremos um organismo desses se nao ha concorrencia (principalmente nas gasolineiras)?

      • Ele não disse foi nada e vocemecê ainda menos. Ora se já se sabe que as finanças até têm apagões quando o dinheiro vai para as offshores, quem são as finanças para fiscalizar os redimentos dos Donos Disto Tudo (DDT) e dos políticos corruptos que os apoiam?

        O mínimo que se pode exigir é uma entidade fiscalizadora mais independente da máfia de colarinho branco. Vamos lá ver é se mais uma vez, os suspeitos do costume (arco da corrupção + DDT) não metem lá os deles nos lugares de decisão da nova “polícia”. É que normalmente isto é tudo uma brutal mise en scéne, só para baixar a percepção da corrupção e não a corrupção em si mesma.

RESPONDER

Psyche, o planeta fracassado, pode ser o único asteróide inteiramente feito de ferro e níquel

Um estudo da cientista planetária Tracy Becker, do Southwest Research Institute, analisou as primeiras observações ultravioleta do trilionário asteróide metálico Psyche. Com aproximadamente 200 quilómetros de diâmetro, Psyche é um dos objetos mais massivos do cinturão de …

Cientistas criam tinta ultra-branca que ajuda a arrefecer as superfícies

Cientistas criaram uma nova tinta ultra-branca que pode refletir 95,5% da luz solar que chega à sua superfície. De acordo com o site IFLScience, esta propriedade permite que algo revestido com esta tinta ultra-branca, como, por …

Morreu Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos

O empresário Sindika Dokolo faleceu, nesta quinta-feira, no Dubai, aos 48 anos de idade, durante a prática de mergulho. A morte do empresário de origem congolesa já foi confirmada à Lusa por uma fonte ligada à …

Lagostins autoclonados invadiram (e conquistaram) um cemitério na Bélgica

Um cemitério na Bélgica foi completamente invadido por lagostins marmoreado. De acordo com o Instituto Flamengo para Pesquisa da Natureza e da Floresta (INBO), a espécie representa uma grande ameaça para a biodiversidade local. Segundo o …

Benfica 3-0 Standard Liège | “Águia” voa de forma imperial

A noite foi de festa no Estádio da Luz para os cerca de 4875 espectadores – 7,5% por cento da lotação – que se deslocaram ao reduto dos “encarnados” esta quinta-feira. O Benfica venceu por 3-0 …

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …