Polícia antimotim dispersa manifestantes em Hong Kong com gás lacrimogéneo

Jerome Favre / EPA

A polícia antimotim de Hong Kong carregou hoje com gás lacrimogéneo sobre manifestantes que tinham erigido uma barricada no bairro de Kwun Tong, no Este da antiga colónia britânica.

Embora os protestos tenham decorrido de forma pacífica nos últimos 10 dias, a tensão aumentou hoje um pouco no popular distrito de Kwun Tong, na parte continental de Hong Kong.

Milhares de manifestantes, vestidos de preto e muitos com máscaras de gás e capacetes, ficaram bloqueados por dezenas de polícias, não muito longe da esquadra de Ngau Tau Kok.

Os manifestantes ergueram na rua uma barricada feita de barreiras plásticas usadas para o tráfego e hastes de bambu utilizadas nos andaimes da construção civil.

Depois de algumas horas a enfrentar-se cara a cara, com insultos, os protestantes começaram a atirar garrafas contra a polícia, que atacou com bombas de gás lacrimogéneo. Vários manifestantes foram detidos, de acordo com um jornalista da AFP no local.

Essa região semiautónoma do sul da China vive a sua mais profunda crise política desde junho de 1997, com retrocessos quase diários, denunciando o declínio das liberdades e a crescente interferência de Pequim.

Os protestos tiveram início em junho com a rejeição de um projeto de lei do executivo local, apoiado por Pequim, que permitiria a extradição penal para a China.

Desde então, o movimento ampliou consideravelmente as suas exigências, relacionadas com a denúncia de um declínio das liberdades e a crescente interferência da China na região.

Os manifestantes têm cinco exigências fundamentais, incluindo o abandono completo da lei de extradição, a renúncia da diretora executiva, Carrie Lam, e uma investigação sobre o uso da força pela polícia.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Helicóptero do INEM avariou durante missão. Vítima que ia socorrer acabou por morrer

Um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), localizado em Loulé, teve uma avaria a meio de uma missão de socorro, sendo obrigado a abortar a viagem que visava ajudar uma mulher de 22 …

Águas do Porto alerta para cobranças fraudulentas porta a porta

A empresa municipal Águas do Porto alertou, esta segunda-feira, para uma fraude que está a ser cometida em seu nome com falsos funcionários que tentam fazer cobranças à porta. De acordo com a Águas do Porto, …

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …

Nova Zelândia abre investigação. Erupção do Whakaari já fez pelo menos 13 mortos

Pelo menos cinco pessoas morreram e oito continuam desaparecidas, na sequência da erupção do vulcão Whakaari, na Nova Zelândia. As autoridades afirmam que há poucas chances de terem sobrevivido. "Diria com forte convicção de que ninguém …

Falhas no acesso a remédios não são exclusivo do SNS. No resto da Europa também há, diz ministra

A ministra da Saúde afirmou que as falhas no acesso a medicamentos não são "um exclusivo nacional", estando em discussão entre os Estados-membros uma "estratégia global para o acesso ao medicamento". A ministra da Saúde afirmou …