Polícia alemã prende “avó nazi” que estava foragida

ursula-haverbeck.info

Ursula Haverbeck

A polícia alemã localizou e prendeu esta segunda-feira Ursula Haverbeck, figura do negacionismo alemão, de 88 anos de idade, conhecida como a “avó nazi”.

Segundo a agência AFP, a famosa “avó nazi”, Ursula Haverbeck, foi detida esta segunda-feira depois depois de não se ter apresentado para cumprir a pena de prisão de 2 anos a que tinha sido sentenciada.

A condenada não compareceu, no fim do prazo legal para iniciar a sua pena de prisão, pelo que o gabinete do procurador de Verden emitiu um mandado de prisão, no dia 4 de maio”, tinha a Procuradoria adiantado em comunicado antes do anúncio da prisão.

Segundo a agência de notícias DPA, a idosa foi localizada esta segunda-feira na sua residência em Vlotho, tendo sido detida e levada imediatamente para a prisão. Haverbeck, condenada oito vezes por declarações negacionistas, deverá cumprir uma pena total de dois anos de prisão. Deveria ter-se apresentado para ser presa no dia 23 de abril.

A última sentença Haverbeck, de seis meses de prisão, foi pronunciada em outubro passado, após ter sido punida por ter declarado em janeiro de 2016 que “o genocídio de judeus pelos nazis não existiu” e que “nunca houve câmaras de gás em Auschwitz“.

Ursula Haverbeck, que não passou até agora um único dia detida, foi também condenada em 2015 por ter dito que “o Holocausto foi a maior mentira da história“. No seu site oficial, apresenta-se como “representante do revisionismo histórico” e orgulha-se de ser uma “intrépida combatente pela verdade”.

A “avó nazi” foi casada com Werner Georg Haverbeck, militante de extrema-direita que morreu em 1999, com o qual terá fundado um estabelecimento de ensino conhecido como um “covil de negacionistas”, que foi banido em 2008.

Cerca de 1,1 milhões de pessoas, entre os quais um milhão de judeus, morreram entre 1940 e 1945 no campo de concentração de Auschwitz-Birkenau. No total, seis milhões de judeus foram exterminados pelos nazis durante a II Guerra Mundial.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Venho apresentar um comentário, uma questão de pormenor. Já não é a primeira vez que leio aqui no ZAP a palavra “nazista”. Nas primeiras vezes julguei tratar-se de alguém brasileiro que redigia as notícias ou elas eram compradas a algum órgão noticioso brasileiro e expostas aqui tal qual foram redigidas. Mesmo assim, seja essa a realidade ou outra, alerto para a inexistência desse termo em Português europeu. A palavra correcta é Nazi, a exemplo: actividades nazis, exterminados pelos nazis, política nazi, ideologias nazis, etc. Fica o reparo para futuras edições e referências, já basta o atropelo feito pela maioria das disposições do Acordo ortográfico, onde esta palavra por acaso se mantém como sempre foi.

Responder a ZAP Cancelar resposta

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …