Plano estratégico da RTP chumbado

D.Reichardt / Flickr

-

O Conselho Geral Independente (CGI) anunciou esta segunda-feira o chumbo do plano estratégico da RTP e considera que a administração violou o princípio de lealdade com o órgão por não ter informado sobre os direitos da Liga de Campeões.

“O CGI considera que o PE [Plano Estratégico] re-submetido pelo CA [Conselho de Administração], não obstante a sua aparente não desconformidade com o PDR [Plano de Desenvolvimento e Redimensionamento], revela insuficiência que o fere de qualquer eficácia”, adianta o órgão em comunicado.

“Esta insuficiência manifesta-se na débil natureza qualitativa e na ausência de especificação das suas propostas”, pelo que “o CGI declara o PE apresentado pelo CA não aprovado”.

Por outro lado, o órgão que supervisiona a administração da RTP considera que a proposta para a transmissão dos direitos televisivos da Liga dos Campões de futebol deveria ter sido comunicada ao CGI, não só por ser de natureza estratégica, mas “tanto mais quanto o CA se encontrava em posição de submeter, e logo de re-submeter, ao CGI o seu Plano Estratégico para o período final do mandato em Setembro de 2015”.

Este órgão lembra que “apenas tomou conhecimento desta proposta em 20 de novembro de 2014 pela imprensa, tendo a proposta final sido assinada pelo CA em 10 de novembro de 2014″.

Nesse sentido, “sem querer pronunciar-se sobre os méritos ou deméritos da proposta, o CGI considera que o dever de colaboração, e o princípio de lealdade institucional que lhe subjaz, foram violados pelo CA” liderado por Alberto da Ponte.

No comunicado, o CGI relembra que a administração da RTP submeteu a 3 de outubro o projeto estratégico, o qual o órgão “considerou inaceitável” por, entre outras razões, “conter contradições internas insanáveis” e “com frequência consistir na remissão para documentos ancilares externos, sem todavia os reconciliar”.

Outras das razões apontadas pelo CGI é o facto daquele projeto invocar, “depois de declarada a sua identidade com o Plano de Desenvolvimento e Redimensionamento, por razões exógenas supervenientes que impossibilitariam o cumprimento de diversas obrigações contidas quer no PDR, quer no contrato de concessão do serviço público de televisão que, apesar disso, o CA declarava estar em condições de assinar”.

O órgão liderado por António Feijó pediu à administração, numa reunião de 20 de outubro, que re-submetesse o projeto estratégico “num único documento internamente coerente”, o qual aconteceu a 17 de novembro.

“O PE re-submetido defende que em 2015 será o ano da ‘consecução convergente’ das seguintes ‘ambições estratégicas’: ‘a conclusão bem-sucedida do PDR; o cumprimento do novo Contrato de Concessão do Serviço Público de Rádio e Televisão (CCSP) e das suas exigentes obrigações'”, refere o CGI, que chumbou o projeto após “uma análise detalhada”.

Por outro lado, o órgão supervisor da administração da RTP considera ser necessário analisar atuações conjunturais recentes do CA.

Recordando o “intenso debate público” relativo à proposta vinculativa de compra de direitos de transmissão dos jogos da Liga dos Campeões para o período 2016-2018 apresentado à UEFA pela administração da RTP, o órgão aponta que “independentemente do que se possa pensar da adequação, ou não, dessas transmissões à noção de serviço público, a sua aquisição, quer no montante financeiro envolvido, quer pelas implicações que terá na grelha de programação, quer no alcance concorrencial da decisão, é de natureza estratégica“.

Por isso, “a operação deveria ter sido submetida ao CGI”, argumenta o órgão.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …