Se nada mudar, em 2030 haverá um défice de 40% de água no planeta

rach2k / Flickr

-

A Terra terá um défice de água de 40% em 2030 se não alterar os atuais padrões de consumo, conclui um estudo publicado esta sexta-feira pela UNESCO, que pede uma melhor gestão dos recursos hídricos.

O estudo, elaborado por 31 organismos das Nações Unidas e coordenado pela agência para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), adianta que, nos últimos anos, se registaram avanços no acesso à água e saneamento, mas tensões em torno deste recurso persistem e serão mais evidentes com o aumento demográfico.

Por isso, considera a UNESCO, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para o período de 2016-2030, que irão substituir os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (2001-2015), têm de ser mais ambiciosos na proteção dos recursos hídricos.

Na atualidade, o plano da ONU acentua sobretudo a importância do acesso à água e ao saneamento.

A agência das Nações Unidas pede, por isso, que se incluam nos próximos objetivos a gestão dos recursos hídricos, a qualidade da água, a gestão das águas residuais e a prevenção de catástrofes naturais.

A água é uma fonte de desenvolvimento económico, mas este precisa frequentemente de grandes quantidades de água, para regadios agrícolas ou para produção energética, o que justifica “um equilíbrio”, explicou o principal autor do estudo, Richard Connor.

Em todo o mundo continua a haver 748 milhões de pessoas sem acesso a água potável, que são na sua maioria pobres, marginalizados e mulheres, segundo o estudo.

Os autores assinalam ainda que o setor agrícola, o que mais recursos hídricos consome, terá de aumentar a sua produção em 60% até 2050, o que provocará maior tensão no acesso à água.

Crescerá também a procura de produtos manufaturados e o estudo assinala que as necessidades de água deste setor aumentarão 400% durante esse período.

A este aumento da procura soma-se a má gestão, que faz com que persistam os regadios intensivos e com que muitos lençóis de água continuem a ser contaminados pelo uso de pesticidas e produtos químicos.

Cerca de 20% das águas subterrâneas do planeta estão a ser exploradas de forma abusiva, indica o estudo.

Os recursos hídricos também sofrem com o aquecimento global, que provoca maior evaporação devido ao aumento da temperatura, e com a subida do nível do mar, que afeta os aquíferos de água doce.

Todas estas pressões “podem desencadear uma competição pela água entre diferentes setores económicos, regiões ou países”.

O estudo aponta ainda a existência de “uma gestão deficiente” da água que leva a que, “com frequência, se pague um preço inferior ao seu valor real” e que “não se tenha em conta na hora de tomar decisões no setor energético ou industrial”.

“Os esforços levados a cabo por alguns países indicam que é possível conseguir uma melhor gestão e uma utilização mais escrupulosa dos recursos hídricos, incluindo nos países em vias de desenvolvimento”, assinala o texto.

Um dos fatores de poupança de água apontado é o fomento das energias renováveis em detrimento das centrais elétricas, grandes consumidoras de água e que atualmente produzem mais de 80% da eletricidade em todo o mundo.

Para este tipo de decisões, consideram os autores do estudo, é preciso que “os poderes públicos possam influenciar as decisões estratégicas que têm repercussões determinantes na perdurabilidade dos recursos hídricos”.

Outro dos métodos de poupança pode resultar da introdução na agricultura de sistemas de regadio eficientes.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O problema da falta de água deve-se fundamentalmente às plantações de eucaliptos que ressecam o solo e causam estragos nas linhas e cursos de água. É urgente acordarmos para o problema da falta de água que alguem está a causar pondo em causa as gerações actuais e vindouras. Agua é vida, sem água não há vida. Muitas plantações de eucaliptos foram efectuadas por culpa deste governo, tanto abaixo assinado, petições e recomendações mas o governo não está a querer ouvir….. E va-se lá a saber o porquê…. Ministra da agricultura tudo tem feito para destruir agricultura e proteger eucaliptos, pondo em causa biodiversidade e terrenos ferteis em agricultura e fundamentalmente pondo em causa a escasses de água. Quantas plantações ilegais de eucaliptos já fizeram arrancar ?????? Para que serve o ICNF????? Para que serve este governo??????
    Alguem do governo pertence ou pertenceu às companhias interessadas no papel????

RESPONDER

Espiões podem estar a usar o LinkedIn para recrutar novos contactos

O LinkedIn é uma rede social de negócios, mas espiões podem estar a usá-la para encontrar novos contactos. Os espiões estarão a usar perfis falsos, gerados por inteligências artificial. Apesar de ser uma rede social bem …

Mercado de compras online pode não ser tão lucrativo quanto se pensa (e pode estar perto do fim)

Muitas pessoas provavelmente presumem que as lojas online estão a fazer uma fortuna, mas a realidade é bem diferente. Muitas atividades de comércio eletrónico são, na verdade, não lucrativas. Se as pessoas tivessem que pagar o …

Canábis já era fumada há pelo menos 2.500 anos

Uma descoberta nos túmulos do cemitério Jirzankal, no oeste da China, mostra que os povos que viviam nessa zona montanhosa já queimavam canábis com elevados níveis de THC. Uma equipa de arqueólogos encontrou pequenos artefactos de madeira …

Estado angolano exige 25 milhões de euros ao general Dino

O Estado angolano exige ao general Leopoldino Fragoso do Nascimento, mais conhecido por Dino e um dos homens de confiança do ex-presidente José Eduardo dos Santos, o pagamento de 29 milhões de dólares (25 milhões …

Procuradora dos "Cinco de Central Park" deixa de lecionar Direito após série da Netflix

Elizabeth Lederer, a procuradora principal do caso dos "Cinco de Central Park", que resultou na condenação injusta de jovens negros e latinos por violação, disse que vai deixar de lecionar Direito na Universidade de Columbia, …

A água da torneira de uma cidade americana ficou repentinamente cor-de-rosa

Os residentes de Coal Grove, no Ohio, foram surpreendidos por água cor-de-rosa a sair das torneiras das suas casas. O problema esteve relacionado com uma avaria na bomba da estação de tratamento da água. Nenhum habitante de …

Hospital Pulido Valente sem anestesistas na escala este fim de semana

Médicos do Hospital Pulido Valente, em Lisboa, foram este sábado surpreendidos com a falta de anestesistas na escala deste fim de semana e manifestam preocupação com o impacto da decisão nos doentes internados. O coordenador da …

Na Suécia, há quem tenha "vergonha" de andar de avião

Viajar de avião ou usar outro meio de transporte? Para muitos, essa pergunta vem de um dilema ético, de pessoas preocupadas com o impacto da aviação nas mudanças climáticas. Nenhum país, contudo, levou esse dilema tão …

EUA. Governo separa famílias de imigrantes ilegais e envia as crianças para antiga base militar

O internamento de nipo-americanos durante a Segunda Guerra Mundial sempre permaneceu uma mancha terrível nos livros de história dos Estados Unidos (EUA). Cerca 120 mil pessoas foram mantidas à força em várias dessas instalações entre …

Morreu o cineasta italiano Franco Zeffirelli

O cineasta italiano Franco Zeffirelli morreu, na sua casa, em Roma, aos 96 anos, noticiou este sábado a imprensa italiana. “O desaparecimento ocorreu no final de uma longa doença. O mestre vai descansar no cemitério de …