PJ pode ter sido impedida de investigar Dias Loureiro

José Sá Freire / YouTube

Já lá vão seis anos desde que Dias Loureiro foi constituído arguido no âmbito do caso BPN, mas, desde então, nunca mais foi interrogado e surgem agora suspeitas de que a Polícia Judiciária (PJ) poderá ter sido impedida de investigar o antigo ministro do governo de Cavaco Silva.

A notícia surge no Correio da Manhã, que assevera que contactou a antiga directora do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), Cândida Almeida, sobre o facto de o processo de Dias Loureiro nunca ter sido direccionado para a Polícia Judiciária. A ex-dirigente do DCIAP não soube – ou não quis – explicar, o que leva o diário a concluir que a investigação foi “abafada”.

O jornal repara que Cândida Almeida terá garantido à Polícia Judiciária, desde 2009, que o processo de Dias Loureiro seria enviado para se proceder à investigação. Contudo, o caso estará parado há seis anos.

A ex-directora do DCIAP terá dito, na altura, que era importante que a PJ se reforçasse na área de investigação dos crimes económicos, antes de receber o processo do ex-ministro. Mas, mesmo depois de esse reforço ter acontecido, a PJ ainda não recebeu o dossier de Dias Loureiro, segundo sustenta o Correio da Manhã, reparando que a esta força de investigação chegaram os processos de outros arguidos do caso BPN menos conhecidos.

Dias Loureiro foi constituído arguido no caso BPN em 2009 no âmbito do inquérito a negócios de Porto Rico e Marrocos.

ZAP

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Mas porque? O homem não fez nada…!!! ???? NADA….!!!!!!…….. OUVIRAM??? Estamos num País que já nem no primeiro ministro se confia??? Eéeee?….Julgam que ele é aldrabão??? Que não paga os seus impostos? Que não conhece o Dias Loureiro muito melhor do que nós ?….Palermas…. e ainda por cima querem ofender o Sr Presidente da Republica?
    Vocês nem sabem o que é docracia,….papalvos. Estão atrasados, a democracia passou de moda, OK?

  2. Quanto tempo falta para prescrever? Então os “opinion makers” vulgo “media” também não tocaram mais no assunto, porquê? teve que haver esta “gaffe” do 1º ministro para o assunto voltar à praça publica? Não há dúvida que a expressão que “a memória dos homens é curta” se aplica inteiramente neste caso e também não subsiste qualquer dúvida sobre o papel da comunicação dita social E DE QUEM A CONTROLA! E julgam-se os Srs. Jornalistas livres de censura! A linha editorial de qualquer órgão de informação é uma forma de CENSURA. Abram os olhos mas acima de tudo, abram a mente!

  3. É como diz o nosso amigo victor Hugo. Com tantos jornalistas de investigação, porque não investigam de onde parte a ordem de não investigar esse Sr.
    Para mim é óbvio de onde parte. Quem poderá ter o poder me mandar parar essa investigação? quantas ameaças não terão sido proferidas a quem transgredisse? E se , quem mandou parar essa investigação, não estiver no activo, o que não é provável, estará sempre em condições de exercer enorme influencia, sobre o caso.
    É claro, que isto só é possível num país, onde a corrupção abunda.
    Mas será que, A senhora PGR, pessoa séria não poderá mandar investigar, ou não lhe fornecem o processo?

  4. O Valentim Loureiro e então o Dias Loureiro? tambem é VIP? para se ser assim classificado têm que ser um grande vigarista e cá vamos cantando e rindo, uns pagam e os outros gozam mham! mham!

  5. Pois se homem é um exemplo a seguir, segundo o P. M., lá esta ele na sua casinha na Quinta do Patinho, guiando o seu carrão, todas as noites no Casino e nas casas de strip e meninas etc. EU CÁ TAMBEM QUERO! ESTA BOA VIDA! E OS URSOS A PAGAR
    VIVAM OS GATUNOS E QUEM LHES SEGUE O EXEMPLO

  6. Quando essa juiza no DCIAP Lisboa, muita coisa estranha aconteceu, agora não se lembra. Em relação a Dias Loureiro, esse é o tal empreendedor dado como exemplo aos jovens pelo ex 1ª Passos Coelho. Os processos enviados a Pj eram da arraia miúda, porque dos políticos são todos abafados. Ha um procurador preso em Évora, mas precisa da companhia de outros. Esta justiça envergonha os cidadãos cumpridores.

  7. Algo vai muito mal no reino das magistraturas. Quando a fiscalização está a cargo dos seus pares está tudo dito. Só quando as organizações de cidadãos puderem meter o bedelho é que as coisas poderão mudar. As magistraturas são orgão de poder quando se trata de receber benesses; São classe profissional quando se trata de lhes exigir responsabilidades.

RESPONDER

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …

380 baleias morreram encalhadas na Austrália. Este é o maior incidente registado no país

Morreram pelo menos 380 baleias-piloto presas numa baía remota da Tasmânia. Apesar dos intensos esforços para tentar salvá-las não foi possível evitar este cenário, informou hoje um responsável pelos serviços de socorro. "Temos um número mais …

Ansu vale 400 milhões e é "sucessor" de Lopetegui

A figura mais recente do Barcelona e do futebol espanhol entrou oficialmente na equipa principal e, por isso, a cláusula de rescisão "disparou". Em Barcelona continua-se a falar muito sobre Luis Suárez. Depois de Lionel Messi, …

Deputados chumbam divulgação imediata e integral da auditoria ao Novo Banco

Os deputados da Comissão de Orçamento e Finanças (COF) rejeitaram, esta quarta-feira, o requerimento do Bloco de Esquerda (BE) para divulgação pública imediata e integral do relatório de auditoria especial ao Novo Banco enviado pelo …

Bélgica recoloca Lisboa e região Centro no "vermelho"

As autoridades belgas aliviaram ligeiramente as medidas restritivas no quadro da pandemia da covid-19, apesar do aumento do número de casos, esta quarta-feira, e recolocaram a área metropolitana de Lisboa e a região centro de …

"É bastante provável que já se esteja a formar a covid-21"

Tudo "o que não sabemos" sobre o coronavírus - e é muita coisa! - é o que mais preocupa o especialista de Saúde Global do Conselho de Relações Externas dos EUA, Yanzhong Huang, que alerta …

Bruxelas propõe novo pacto para as migrações e pede compromisso a todos os Estados-membros

A Comissão Europeia propôs, esta quarta-feira, um novo Pacto para as Migrações e Asilo, à luz do qual "todos os Estados-membros, sem exceção", devem assumir as suas responsabilidades. Assumindo que "o sistema atual não funciona" e …