PJ encontrou pistas contra Manuel Vicente no Google

U.S. Department of State / Wikimedia

Manuel Vicente, ex-vice-presidente de Angola

A investigação que implica Manuel Vicente, ex-vice-presidente de Angola na Operação Fizz, que decorre na justiça portuguesa, tem por base “pistas” encontradas no Google. A revelação foi feita por um dos inspectores da Polícia Judiciária que investigou o caso.

Em mais uma audiência do julgamento que tem como principal arguido Orlando Figueira, ex-magistrado do Ministério Público, um inspector da Polícia Judiciária (PJ) explicou como o Google permitiu associar este suspeito a Manuel Vicente.

Após terem tido conhecimento de que Orlando Figueira recebeu valores da empresa angolana Primagest, os investigadores foram ao Google pesquisar e encontraram uma associação com a Sonangol, a petrolífera estatal de Angola que já foi presidida por Manuel Vicente, designadamente através de “notícias de jornais”, relata o Observador.

“O que fizemos foi googlar aqueles nomes e recolhemos uma série de informação que constava online“, explicou em tribunal o inspector Bruno Gomes, cita a dita publicação.

O elemento da PJ explicou, ainda, que os emails anexados ao processo foram “analisados por palavras-chave sugeridas pelo Ministério Público e pelos próprios investigadores”, atesta o mesmo jornal, concluindo que “não terão sido passados a pente fino”.

Orlando Figueira é suspeito de ter recebido “luvas” de Manuel Vicente para facilitar o arquivamento de processos judiciais que decorriam contra ele e contra outras figuras angolanas.

Além do ex-magistrado, são também arguidos no caso o advogado Paulo Blanco e o empresário Armindo Pires, como alegados intermediários no processo de corrupção.

As suspeitas em torno de Manuel Vicente foram extraídas para um processo à parte que, após uma “novela” legal e política, foi enviado para Angola, onde será julgado.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Não foi no Google, mas sim através do Google!!
    Não me parece nada estranho, até porque há muita informação oficial na Internet!

    • E por vezes a melhor informação até é oficiosa. E olhe que aqui pelos comentários até já vi muitos indícios relevantes para a abertura de vários processos.

  2. não sejam totós, hoje tudo está online, faz todo o sentido que se comece por aí e dps claro se vá vasculhando noutros lados.

  3. “As suspeitas em torno de Manuel Vicente foram extraídas para um processo à parte que, após uma “novela” legal e política, foi enviado para Angola, onde será julgado.”

    Se foi enviado para Angola para ser julgado é certo que se fará justiça ou não seja Angola um país de enorme justiça, imparcialidade e honestidade onde a corrupção não existe. Que o diga a menina Isabel dos Santos e restante família, tudo gente honesta, the best!

RESPONDER

Cientistas estão a atirar rochas vulcânicas para telhados (para provar que são perigosas)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Canterbury está a lançar rochas vulcânicas para telhados na Nova Zelândia na esperança de ajudar os habitantes de Auckland a entender os perigos vulcânicos. "Auckland localiza-se num campo vulcânico …

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve nos mapas durante um século

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve durante 100 anos em muito dos principais mapas do continente africano. Acabaria por ser um militar francês, que explorou o rio Níger, a acabar com este "fantasma da …

"Continua a pairar perigosamente". Relógio do Juízo final mantém-se a 100 segundos do Apocalipse

A Humanidade nunca esteve tão perto do Apocalipse, alertam os cientistas responsáveis pelo "Relógio do Juízo Final", que decidiram mantê-lo na mesma posição do ano passado, a 100 segundos da meia-noite. O relógio, que é uma …

A primeira bateria doméstica de hidrogénio armazena três vezes mais energia do que uma da Tesla

Para usar energia solar doméstica, é preciso gerar energia quando o Sol brilha e armazená-la quando não aparece. Para isto, as pessoas usam normalmente sistemas de bateria de lítio. Porém, a empresa australiana Lavo construiu …

Um oásis LGBTQ, Budapeste é posto à prova pelo populismo e pela pandemia

Budapeste é um oásis para a comunidade LGBTQ, mas a cena drag da capital húngara vê-se ameaçada pela pandemia de covid-19 e pelas políticas conservadoras e populistas de Viktor Orbán. Durante muitos anos, Budapeste desfrutou a …

Coreia do Sul "ressuscitou" voz de uma superestrela. Chovem preocupações éticas

Pela primeira vez em 25 anos, a distinta voz da superestrela sul-coreana Kim Kwang-seok será ouvida na televisão nacional. O famoso cantor folk morreu em 1996. De acordo com a CNN, a emissora nacional da Coreia …

Maioria dos países africanos só terá vacinação em massa a partir de 2023

A maioria dos países africanos só terá imunização em massa a partir de 2023, segundo previsão da The Economist Intelligence Unit, que admite que, com o evoluir da pandemia, muitos dos países mais frágeis possam …

Mulher que "morreu" com covid-19 aparece viva 10 dias após funeral

Uma mulher de 85 anos ficou infetada com covid-19 num lar na Galiza, em Espanha. A 13 de janeiro a família de Rogelia Blanco recebeu a informação do lar de que a mulher tinha falecido. …

Familiares de vítimas na China pressionadas a não falar com OMS

As autoridades chinesas estão a pressionar as famílias das primeiras vítimas da covid-19 para que não entrem em contacto com os investigadores da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Wuhan, segundo familiares dos falecidos. Mais de …

Falsas vacinas à venda na Internet são grande risco para a saúde

Embora milhões de pessoas tenham sido já vacinadas contra a covid-19 nos países ricos, proliferam as fraudes na Internet com fármacos falsos que representam um grande risco para a saúde, alertaram peritos das Nações Unidas. As …