PGR confirma investigação à cedência de espaços do Mosteiro dos Jerónimos

Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian / Flickr

Mosteiro dos Jerónimos

Mosteiro dos Jerónimos

A Procuradoria-Geral da República (PGR) revelou hoje que se encontra em curso uma investigação à cedência de espaços no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, na sequência dos resultados de uma auditoria enviados pelo Ministério da Cultura.

Contactada pela agência Lusa, fonte do gabinete de comunicação da PGR confirmou a receção do relatório da auditoria, “o qual deu origem a um inquérito” do Ministério Público.

De acordo com a mesma fonte, o relatório da auditoria “encontra-se em investigação no DIAP, Departamento de Investigação e Ação Penal, de Lisboa, não tendo arguidos constituídos”.

Na sequência de uma auditoria interna realizada pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) a museus e monumentos, foram detetadas irregularidades, que motivaram o envio do respetivo relatório ao Ministério Público.

Depois de o Diário de Notícias ter avançado que alguns espaços do Mosteiro dos Jerónimos foram cedidos durante vários anos, sem realização de protocolo, a uma associação sem fins lucrativos, o Ministério da Cultura indicou que tinha havido uma auditoria e que o caso estava na competência do Ministério Público.

Logo a seguir, Os Verdes entregaram um requerimento na Assembleia da República a exigir explicações por parte do ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes.

De acordo com as notícias vindas a público, a suposta cedência de alguns espaços do monumento nacional, classificado como Património da Humanidade pela UNESCO, a DGPC não terá recebido “quaisquer quantias pela utilização”, afirmam os ecologistas.

No requerimento, Os Verdes apresentaram várias questões, nomeadamente se o Governo tinha conhecimento das situações referidas, e se considera que existiu uma situação de conflito de interesses, “uma vez que a ex-diretora do Mosteiro dos Jerónimos é também fundadora da World Monuments Fund (WMF), entidade que chegou a receber pagamentos pela realização de eventos no Mosteiro do Jerónimos”.

Pretendem ainda saber, desde 2014, ano em que entrou em vigor o despacho nº 8356/2014 (que aprova o Regulamento de Utilização de Espaços nos Serviços Dependentes e nos imóveis afetos à DGPC), quantas situações irregulares de cedência de espaços no Mosteiro dos Jerónimos se verificaram.

O partido ecologista fundamenta as suas questões em notícias publicadas em “vários órgãos de comunicação social”, segundo as quais, “pelo menos uma associação sem fins lucrativos terá explorado alguns espaços do Mosteiro dos Jerónimos, durante vários anos, sem que a DGPC tivesse recebido quaisquer quantias pela utilização dos espaços”.

Foi também noticiado, referem Os Verdes, que “algumas das entidades que utilizaram os espaços do Mosteiro dos Jerónimos para promover eventos terão pago mais à WMF, organização internacional sem fins lucrativos dedicada à recuperação de edifícios históricos, do que à DGPC”.

A ex-diretora do Mosteiro dos Jerónimos, Isabel Cruz de Almeida, que exerceu funções até ao início deste ano, é vice-presidente da WMF.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

NASA gravou acidentalmente a explosão de um cometa a aproximar-se do Sol

Astrónomos usaram dados do telescópio espacial TESS para estudar a explosão de um cometa durante a sua aproximação ao Sol. A investigação resultou num artigo publicado em novembro na revista científica Astrophysical Journal Letters. Foi a …

Objeto de Hoag é uma galáxia dentro de uma galáxia (que está dentro de outra galáxia)

Se observar atentamente a Constelação da Serpente poderá ver uma galáxia dentro de uma galáxia que, por sua vez, está dentro de outra galáxia. Este grande mistério do Universo é conhecido como Objeto de Hoag. Descoberto …

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …