Peugeot-Citroën vai pagar 2 mil milhões pela Opel

A compra da Opel pela PSA, um negócio avaliado em 2000 milhões de dólares, será fechado esta semana e anunciado oficialmente na quinta-feira, quando o grupo que controla a Peugeot e a Citroen apresentar os seus resultados anuais de 2016, avança a Bloomberg.

A PSA/Peugeot-Citroën vai pagar 1000 milhões de dólares em cash à General Motor, e assume igual montante de responsabilidades e dívidas. Este valor não inclui a Vauxhall, marca gémea da Opel no Reino Unido.

A PSA terá optado por acelerar as negociações com o governo alemão, de forma a avançar com a compra da Opel, a que se seguirão depois negociações no Reino Unido,relativas ao futuro da Vauxhall.

A fusão PSA-Opel está a ser bem vista pelos analistas, que salientam as sinergias industriais possíveis, com grandes poupanças nos custos de investigação e desenvolvimento, e a complementaridade geográfica, uma vez que a Opel tem posições fortes onde a PSA não tem, e vice-versa.

Opel é a solução elétrica da PSA

A General Motors irá ceder à PSA acesso à sua tecnologia de veículos elétricos, utilizada no novo Opel Ampera-e, no âmbito da compra da Opel pelo grupo francês, revela a Bloomberg, citando a revista de negócios alemã Manager Magazin.

A revista adianta que o CEO da Opel, Karl-Thomas Neumann, estava a preparar um plano estratégico que previa a transformação da Opel numa marca exclusiva de veículos elétricos, até 2030, e que é possível que a PSA coloque este projeto em prática.

Carlos Tavares, CEO da PSA, adiantou que irá manter a independência e autonomia da Opel, incluindo uma administração própria, indiciando que Neumann poderá continuar à frente dos destinos da empresa.

Karl-Thomas Neumann já afirmou entretanto, via Twitter, que a fusão da Opel com a PSA faz sentido e que ele fará tudo para que a Opel tenha um futuro sustentável.

PARTILHAR

RESPONDER

Governo dedica 20 milhões do Orçamento ao combate à violência doméstica

O orçamento total para combater a violência doméstica em 2020 é de 20,3 milhões de euros, adiantou na quinta-feira a ministra de Estado e da Presidência no Parlamento, Mariana Vieira da Silva, sublinhando o reforço orçamental …

Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha. O partido liderado …

"Não tenho o apoio de Assunção Cristas", diz João Almeida

O candidato à liderança do CDS-PP defende que o partido deve, no imediato, fortalecer-se e depois participar numa "plataforma à direita" de alternativa ao PS, com o PSD, mas sem o Chega. "A alternativa à governação …

Campanha internacional quer salvar leões subnutridos em parque no Sudão

Várias fotografias de leões subnutridos no zoo de Al-Qureshi, no Sudão, atraíram a atenção de milhares de pessoas, que tentam agora salvar os animais. O fotógrafo Ashraf Shazly encontrou cinco leões malnutridos, enjaulados e sem …

Joacine Katar Moreira defende mais direitos para deputados não inscritos em partidos

A deputada única do Livre, Joacine Katar Moreira, defendeu nesta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos, durante uma reunião do grupo de trabalho para racionalizar os votos objecto de …

Nova universidade internacional de Soros pretende combater populismo e alterações climáticas

O filantropo multimilionário George Soros vai investir mil milhões de dólares (cerca de 904 milhões de euros) numa universidade internacional que terá como foco a oposição a governos autoritários e às alterações climáticas. Segundo avançou o …

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …

Jorge Brito Pereira deixa de ser advogado de Isabel dos Santos

O advogado anunciou, esta sexta-feira, que saiu da sociedade de advogados Uría Menéndez Proença de Carvalho, suspendeu a atividade profissional e, como consequência, vai cessar "o patrocínio jurídico" à empresária angolana. "Face às informações publicadas nos …

621 milhões de euros. Ministra reconhece que redução do défice no SNS ficou aquém

A ministra da Saúde reconheceu, esta sexta-feira, que a redução do défice do SNS em 2019 para 621 milhões ficou aquém do que estava previsto, sublinhando o aumento dos custos com pessoal. A ministra da Saúde, …

Governo prevê descontos nas portagens no interior

A ministra da Coesão Territorial disse esta sexta-feira que o novo modelo de desconto das portagens para o interior do país prevê descontos para quem vive, para quem trabalha e para quem visita no …